ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PERNAMBUCO

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

CARUARU - CREA-PE REALIZA EVENTO REGIONAL COM PALESTRAS DE ESPECIALISTA SOBRE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E ÁGUA


O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) realizará nos dias 29 e 30 de janeiro, no Caruaru Park Hotel, 201 – Distrito Industrial da BR – 232, no Km 128, o 2º Encontro de Lideranças Regionais. O evento, que discute assuntos de interesse dos profissionais que compõem o Sistema Confea/Crea e Mútua, também se propõe a tratar de questões mais amplas de interesse social, a exemplo das palestras que serão ministradas pelo engenheiro químico Celso Giampá, sobre os temas: “Projeto Fênix” e “Água a próxima guerra”.

Integrante do Sistema Confea/Crea e Mútua, o paulista da cidade de Lorena, engenheiro químico Celso Giampá, participou, juntamente com o presidente do Crea-PE, Evandro Alencar, na época conselheiro federal, do Grupo de Trabalho Municípios Sustentáveis, formado em 2014 pelo Confea. Na oportunidade, o profissional já tratava com o grupo, entre outros assuntos, da busca por uma solução definitiva para a questão dos resíduos sólidos urbanos, com proposta de 100% de reaproveitamento de todo o lixo produzido pelos municípios brasileiros. De acordo com o idealizado do “Projeto Fênix”, o “objetivo da iniciativa visa acabar com os aterros e lixões nos centros urbanos e gerar inclusão social às pessoas que vivem de vasculhar o lixo em busca de sua sobrevivência, com geração de empregos diretos com as garantias previstas em lei para esta população atualmente marginalizada pela sociedade”, diz Giampá.

Sobre a segunda palestra, Celso Giampá disse, em evento que participou na 72ª Semana Oficial da Engenharia (Soea), realizada em setembro de 2015, em Fortaleza (CE) que “a seca se apresenta por problemas naturais, que são previsíveis e passíveis de planejamento e, daqueles causados pelo homem que são imprevisíveis e necessitam da visão dos profissionais da área tecnológica e de ações governamentais. A perda média no processo de captação e distribuição de água é de 40%, mas temos cidades que chegam até 65% de desperdício” informou, Giampá.

O palestrante falou ainda da questão do esgoto, principal responsável pela contaminação dos mananciais, informando que 80% da água do abastecimento vai direto para a rede de esgoto sem nenhum tipo de tratamento. “Água que poderia ser tratada e reutilizada, como na maioria dos países desenvolvidos, no Brasil não é reutilizada uma gota sequer e ainda se estraga a água potável com o esgoto. São fatores que poderiam minimizar a atual crise”.

A Palestra Magna de abertura do encontro será feita pelo presidente do Crea-PE, Evandro Alencar, e tratará do “Crea-PE hoje”. Ainda na programação, discussão para conselheiros sobre temas como: Ética Profissional; Sistemas de Gestão, Atribuições das Câmaras Especializadas; Procedimentos Administrativos, entre outros.

ASCOM/ CREA-PE

Nenhum comentário: