ARARIPINA

ARARIPINA

BANNER PMA

BANNER PMA

sábado, 31 de agosto de 2019

ANEEL - CONTA DE LUZ TERÁ BANDEIRA VERMELHA EM SETEMBRO

As contas de luz terão bandeira tarifária patamar 1 em setembro, mesmo nível vigente em agosto, o que representa um custo adicional de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos, informou a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) ontem sexta-feira (30). 

Segundo a Aneel, a bandeira vermelha deve-se à permanência do quadro de estiagem na previsão hidrológica para o mês, com vazões abaixo da média histórica, o que impacta a geração de energia no país, que vem predominantemente de hidrelétricas.

Leia também:



Com isso, é exigido um maior uso do parque de termelétricas, cuja produção é mais cara, o que leva ao acionamento do mecanismo das bandeiras tarifárias. As bandeiras geram cobranças adicionais junto aos consumidores quando saem do verde para o patamar amarelo ou vermelho, o que acontece quando há redução da oferta de energia. A bandeira vermelha voltou a ser aplicada em agosto após dez meses.

Fonte - Folhapress

ESTRADAS BRASILEIRAS - CAMINHONEIROS AMEAÇAM PARALISAÇÃO

No vácuo da retirada da pauta de votação do Supremo Tribunal Federal (STF) das Ações Direta de Inconstitucionalidade (ADIs)que tratam do tabelamento do frete, caminhoneiros autônomos ameaçam uma nova paralisação geral. O ato paredista está marcado para acontecer na próxima quarta, dia em que deveria ser julgado pela corte suprema as ADIs. Entidades que representam oficialmente a categoria, no entanto, negam o movimento.

“Não precisamos de aval de sindicato, uma vez que poucos são os caminhoneiros autônomos que são sindicalizados, embora alguns sindicatos apoiem a nossa paralisação na quarta. Vamos fechar todas as vias de acesso ao estado”, garante Marconi França, que tem liderado de forma independente o movimento. Segundo ele afirma, a mobilização será geral. “Posso garantir que motoristas dos 26 estados mais o Distrito Federal vão aderir à parada”, diz França. De acordo com ele, a motivação da parada não diz respeito à suspensão do julgamento, mas ao não cumprimento da promessa feita no dia 23 de julho pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas. “O ministro prometeu que no prazo máximo de 30 dias seria implantado o Ciot (Código Identificador da Operação de Transporte) para todos, mas até agora, nada”, revela o caminhoneiro.

Leia também:




A reportagem entrou em contato com o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas do Estado de Pernambuco (Sintracape), Wilton Neri, que não confirma a paralisação. “Até o momento, a nossa confederação não se manifestou. Se existir alguma parada na quarta, deverá ser pontual, nada articulado”, garante o sindicalista. De acordo com Confederação Nacional dos Caminhoneiros Autônomos (CNTA), a decisão de uma paralisação legal deve ser tomada por decisão exclusiva da categoria em suas bases sindicais, por meio das entidades constituídas para representá-los mediante à convocação de uma assembleia geral.

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), que representa os interesses de, aproximadamente, 600 mil caminhoneiros autônomos em todo o país, diz estar acompanhado de perto as discussões vigentes nos órgãos superiores. “Reconhecemos a importância de discutir a tabela de frete buscando soluções viáveis a todos, contudo não nos posicionaremos por ora. Estamos nos empenhando em criar soluções práticas para a categoria, de forma que facilite o contato entre embarcadores e caminhoneiros, aumentado a oferta de fretes. Não mediremos esforços para garantir melhores condições de trabalho para a categoria, seja com a criação de novas políticas ou renovação das já existentes” finaliza nota enviada pela associação.

Procurados pela reportagem, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e o ministério da Infraestrutura não se posicionaram sobre o assunto até o fechamento desta edição.

Fonte - Folha de Pernambuco

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

ECONOMIA - GERAÇÃO DE ENERGIA SOLAR ATINGE 1º GIGAWATT NO BRASIL

Um dos maiores países do mundo com recurso solar existente, ou seja, nível de radiação para gerar a energia fotovoltaica, o Brasil impulsionou sua eficiência econômica. De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o preço dos módulos fotovoltaicos caiu em torno de 80% nos últimos dez anos. E, neste mês de agosto, o Brasil completou seu 1º Gigawatt (GW) de capacidade instalada de sistema fotovoltaico de geração distribuída. Esse representa um grande marco para o País, pois essa geração é responsável pela energia solar em implantações nos telhados, fachadas e pequenos terrenos.

Atualmente, o Brasil se configura na 11ª posição mundial dos países que mais investiram em energia solar fotovoltaica no ano passado, alcançando 2,4 GW de capacidade instalada acumulada – esse dado inclui a geração distribuída e a geração centralizada, essa última são as grandes usinas que se integram ao Sistema Interligado Nacional (SIN). A China é o primeiro país desse levantamento, com 45 GW, seguido da Índia, com 10,8 GW. Segundo a Absolar, o mercado tem ficado cada vez mais atrativo devido a dois fatores, principalmente.

“Um deles é que houve queda no preço para instalação do sistema fotovoltaico no Brasil. O preço do módulo fotovoltaico caiu em torno de 80% nos últimos dez anos. E o segundo fator é a alta tarifária, ou seja, da conta de energia, que ocorre desde 2012”, explicou a vice-presidente de geração distribuída da Absolar e CEO da Bright Strategies, Bárbara Rubim, ao complementar que o retorno do investimento na fonte também tem ficado melhor. “Em 2012, o consumidor tinha retorno do módulo instalado depois de uns 10 a 12 anos. Atualmente, esse retorno chega em cinco a seis anos. E esse sistema pode durar mais de 20 anos”, disse Bárbara.

Leia também:



Esse cenário de instalação fotovoltaica no Brasil foi possível a partir de 2012, quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) publicou uma norma estabelecendo a possibilidade do consumidor poder gerar sua própria energia e obter descontos na sua conta. “O valor de 1 GW alcançado pelo Brasil ainda parece baixo, mas essa revolução no País começou há pouco tempo. Temos muito a crescer. O sistema fotovoltaico não é tão caro hoje. É mais uma percepção cultural de investimento, ou seja, o consumidor criar o hábito de investimento”, comentou Bárbara.

E, hoje, o consumidor encontra opções de financiamento atrativas, a maioria delas, segundo a Absolar, através de instituições bancárias. Por meio do seu programa FNE Sol, o Banco do Nordeste (BNB) oferece linha de financiamento para pessoas físicas e pessoas jurídicas. “Baseado no projeto que o cliente apresenta, nós apoiamos a sustentabilidade desses investimentos. Geralmente, a média do valor máximo para cada projeto é em torno de R$ 350 milhões”, explicou o superintendente estadual do Banco do Nordeste em Pernambuco, Ernesto Lima Cruz.

Na geração distribuída, o BNB oferece, para pessoa física, financiamento com pagamento da operação em até oito anos, com seis meses de carência. Para pessoa jurídica, o pagamento pode ser em até 12 anos, incluindo seis meses de carência. A taxa de juros, em média, é de 4,5% ao ano, a depender do local e porte do projeto.

Apoiador também de projetos fotovoltaicos, o BNDES, através do seu programa Direto 10, oferece possibilidades aos clientes de geração distribuída. “Nosso foco é para micro e pequenas empresas e pessoas jurídicas. Geralmente, são projetos de R$ 1 milhão a R$ 10 milhões, com até dez anos para pagamento e 12 meses de carência. A taxa de juros varia de 3,8% a 6,6% ao ano”, informou Marcos Romar, contador na Área de Energia do BNDES.

O banco ainda oferece duas possibilidades para operações com intermédio de agentes financeiros: Fundo Clima e BNDES Finame Energia Renovável. “Pelo Fundo Clima, por exemplo, o financiamento para pessoas físicas tem crescido. Em 2018 foram R$ 15 milhões em operações. Este ano já está em R$ 65 milhões”, disse Felipe Lobo, gerente na Área de Operações e Canais Digitais do BNDES.

Economia na conta chega a 95%

Ao observar uma solução para economia de energia, muitos consumidores estão optando para instalar as placas fotovoltaicas em residências e grandes empreendimentos. No ranking de estados do Brasil, Pernambuco se encontra na 11ª posição de potência instalada na geração distribuída, com 28,3 Megawatts (MW) – o que representa 2,8% do Brasil. O primeiro estado é Minas Gerais, com 196,7 MW, equivalente a 19,7% do total do País.

A execução da geração distribuída requer cuidado para que o projeto apresente eficiência econômica para o consumidor. Desde a concepção do projeto, para estudar sua viabilidade, a taxa de retorno para o cliente, passando pela instalação, até a aprovação da concessionária para a troca do medidor, que, em Pernambuco, é feita pela Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). E, por fim, ter atenção com o pós-venda, para manutenção preventiva (lavagem das placas) e monitoramento do sistema.

A Bomtempo Engenharia é uma das empresas que montam esse projeto, com soluções energéticas personalizadas, desde a concepção até o pós-venda. “Do final de 2018 até julho de 2019, crescemos mais de 30% com projetos fechados na empresa, o que representa aumento da demanda pela energia renovável. E o cliente pode ter uma economia de até 95% na sua conta de energia”, explicou o sócio-diretor da empresa, Renato Bomtempo.

Um dos consumidores que instalaram com a Bomtempo em sua residência foi o professor de enfermagem, Edson Acioli. Com investimento total de R$ 40 mil, foram 24 placas fotovoltaicas. “Observei um aumento de consumo de energia e queria ter uma autonomia para gastar menos. Eu pagava uma conta de R$ 600 e agora vou só pagar a taxa mínima da Celpe para ter um sistema que dura mais de 25 anos”, explicou Acioli.

Em sua fazenda de produção leiteira, localizada em São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, o empresário da Bom Leite, Stênio Galvão, instalou 336 placas solares em uma área de 1.165 metros quadrados (m²), através da Insole, empresa de geração distribuída de energia solar. “Coloquei na agropecuária, que é a área onde acontece a produção do leite. Vi que era necessário porque eu preciso gerar energia mais de 12 horas por dia”, explicou Galvão, que já fez solicitação para instalação na área da indústria da Bom Leite.

Fonte - Folha de Pernambuco

2020 - GOVERNO PROPÕE SALÁRIO MÍNIMO DE R$ 1.039,00

O governo revisou para R$ 1.039,00, a projeção para o valor do salário mínimo em 2020. Em abril, quando enviou o projeto de LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), a equipe do presidente Jair Bolsonaro estimava um salário mínimo de R$ 1.040,00. A redução de R$ 1 se deve a uma expectativa menor de inflação.

Para 2020, o governo espera uma inflação de 4,02%, medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). No projeto de LDO, a estimativa era de 4,19%.

Isso provocou a ligeira revisão na estimativa de salário mínimo. Ainda assim, é a primeira vez que o piso salarial ultrapassa a barreira de R$ 1.000. Atualmente, o salário mínimo é de R$ 998.

Bolsonaro prevê um salário mínimo corrigido em 2020 apenas pela inflação. Na prática, o governo interrompe uma política pública que permitiu 25 anos de ganhos reais aos trabalhadores. Ou seja, com aumentos que consideravam a inflação mais o crescimento da economia.

O ganho real do salário mínimo foi implementado informalmente em 1994, por Fernando Henrique Cardoso (PSDB), logo após a adoção do Plano Real. As gestões petistas oficializaram a medida.

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estabeleceu a fórmula de reajuste pela inflação medida pelo INPC mais a variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes. Dilma Rousseff (PT) transformou a regra em lei.

Michel Temer (MDB), que governou durante a recessão, não mudou a legislação.

Até o fim deste ano, o governo apresentará um projeto de lei definindo qual será a nova política de reajuste.

O secretário especial da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, fez questão de ressaltar que a fórmula de correção do salário mínimo ainda não está definida, apesar da previsão de aumento apenas pela inflação em 2020.

"Esse número não é a nossa política de salário mínimo. Temos até dezembro deste ano para estabelecer a política de salário mínimo", disse, durante a apresentação do Orçamento do próximo ano.

Cabe ao Congresso aprovar o projeto que prevê as receitas e despesas de 2020. Os parlamentares, portanto, podem fazer alterações no valor do salário mínimo. Isso, contudo, tem impacto nas contas públicas.

Em abril, o governo projetou um salário mínimo de R$ 1.082,0 em 2021, e de R$ 1.123,0, para 2022.

Fonte - Folha Press

ARTIGO - VISÃO GEOANTROPOCÊNTRICA DO PENSAMENTO - PAIVA NETTO

De minha obra Jesus e a Cidadania do Espírito, destaco um tema que é muito apropriado a este nosso estudo. Nele, afirmo — e não se espantem: O conhecimento humano não deve escravizar as Almas.

Alguns pensadores, embora tenham abandonado a perspectiva que Ptolomeu (90-168) possuía a respeito da Terra e do Sol — a de que tudo girava ao redor de nosso planeta (geocentrismo) —, lá no fundo, ainda assim academicamente raciocinam. Cultivam uma visão geoantropocêntrica em suas observações, submetendo os próprios juízos à distorcida imagem de uma ciência que, apesar de percorrer longuíssimas distâncias, no bojo de bólidos*1 e mais bólidos de ultravelocidade, ideologicamente orbita em torno do globo terrestre; de uma filosofia cujo eixo gravitacional é o orbe que habitamos; de uma limitada espiritualidade geoestacionária etc. Não creem, hoje em dia, no errôneo sistema astronômico do pensador grego, mas agem, falam, escrevem como se tudo estivesse restrito à nossa área ou à visão material do Universo.

Escrevi na Folha de S.Paulo, na década de 1980, que isso nada mais constitui do que um sistema egocêntrico: o ser humano a pretender que tudo evolua em torno do seu ego. Quanta presunção!

Porém, já há muitos que se referem a novos universos, por meio do estudo da mecânica quântica e relativística. E mais: pelo menos alguns, por exemplo, já têm intuído a existência de outros Cosmos, os espirituais, revelados pela Ciência além da ciência.

Precisamos ter a compreensão de que, mesmo estando na Terra, vivemos a Vida Eterna. Aonde você vai, meu Irmão, minha Irmã, meu jovem, minha jovem, durante o sono? Há regiões sublimes ainda não alcançáveis a Espíritos de poucas luzes. Quando chegar a hora, as portas lhes serão abertas. Ninguém jamais deve forçar a sua entrada pelo aparente, porém desastroso, “atalho” do suicídio, pois as consequências são gravíssimas: conduz a Alma a territórios espirituais asfixiantes, umbralinos, trevosos. A Lei de Deus tem que ser respeitada.

Muitas vezes, o indivíduo, quando infringe as leis humanas, fica aparentemente impune. E coisas dessa natureza têm sido a desgraça das nações. Entretanto, não se iludam: no Mundo Espiritual, ou ainda mesmo na matéria, o sujeito é apanhado pela Lei de Deus. Diante dos sublimes mecanismos do Cosmos, não há brechas para o não cumprimento da Lei Divina. O que pode existir, isso sim, é um acréscimo de misericórdia de que nos fala Jesus. Mas o certo é que não há impunidade ao infrator em nenhum ponto do Universo.


José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

TRINDADE - COLISÃO DE MOTO COM CAVALO NA BE-316 DEIXA JOVEM MORTO E OUTRO FERIDO


A colisão de uma motocicleta com um cavalo por volta das 19:30 de ontem, quinta-feira 29/08, na BR-316, saída de Trindade para Araripina, deixou o salto de uma pessoa morta e outra ferida, além do cavalo que também morreu no local. 
Segundo a polícia militar, as vítimas Heron Vitor de Souza, idade não informada, e Carlos Eduardo de Andrade, de 21 anos, foto acima, residente no Centro de Trindade, seguiam em uma moto Honda Fan 150, placa PCN-1177, quando colidiram com o cavalo. 
No impacto da batida, o jovem Carlos Eduardo morreu no local, enquanto Heron Vitor foi socorrido até o Hospital Regional de Ouricuri, onde continua internado. A polícia militar fez o isolamento da área até a chegada da polícia civil e PRF. 
A polícia civil realizou a perícia preliminar e liberou o corpo. O caso foi registrado na DPC local e um inquérito policial foi instaurado para apurar o fato.

Fonte - Imprensa 9ª CIPM/ Araripina

Reportagem - Fredson Paiva

Fotos - Reprodução Internet 

PAULO CÂMARA - "NOSSO MODELO DE SEGURANÇA VAI AJUDAR O BRASIL NO COMBATE À VIOLÊNCIA"

Em solenidade nesta quinta-feira (29), no Palácio do Planalto, o governador Paulo Câmara participou da assinatura dos contratos locais do Programa Em Frente Brasil, projeto piloto de enfrentamento à violência do Governo Federal, que promoverá ações integradas em cinco municípios brasileiros. De amplitude nacional, a iniciativa toma como principal referência o Programa Pacto pela Vida, implementado em 2007 em Pernambuco, que sediará uma de suas frentes, na cidade do Paulista, na Região Metropolitana do Recife. As outras quatro selecionadas são Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO) e São José dos Pinhais (PR).

"É um trabalho que já vínhamos discutindo com o Governo Federal. Pernambuco tem uma política muito bem estruturada de prevenção e combate à violência, que é o Pacto Pela Vida. Nosso modelo de segurança vai ajudar o Brasil no combate à violência. Desde 2017, temos conseguindo reduzir o número de homicídios e os crimes violentos contra o patrimônio. Em 2018, fomos o Estado que mais reduziu violência no Brasil e continuamos esse trabalho em 2019. Agora, surgiu essa oportunidade de parceria em um projeto piloto que vai ser implantado no Paulista, que foi selecionado justamente pela preparação que o Estado já tem no âmbito do Pacto Pela Vida", explicou Paulo Câmara.

Em maio passado, durante o processo de construção do programa Em Frente Brasil, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e o secretário nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theophilo, estiveram em Pernambuco para acompanhar uma das reuniões semanais do Pacto pela Vida, que são comandadas pelo governador Paulo Câmara, com a presença de integrantes da sua equipe de governo que dialogam com o combate à violência e dos chefes e comandantes das forças de segurança pública. Na época, Moro e Theophilo elogiaram a iniciativa estadual, que foi responsável por salvar mais de nove mil vidas no Estado.

O governador lembrou que, no ano passado, houve a estruturação do Plano Nacional de Segurança, mas disse ser preciso mais eficácia, proporcionar melhores condições não apenas de combate à criminalidade, mas também voltadas para a prevenção. "Vamos iniciar esse trabalho no Paulista, está tudo preparado. Não tenho dúvida de que Pernambuco, mais uma vez, vai mostrar, com uma boa técnica, com uma boa gestão, como se atua para diminuir a violência", concluiu o governador.

A cerimônia desta quinta, no Palácio do Planalto, contou com a presença do presidente da República, dos ministros envolvidos e dos governadores e prefeitos dos municípios selecionados para o projeto piloto. Paulo Câmara esteve acompanhado do secretário-executivo de Defesa Social, Humberto Freire, e do prefeito do Paulista, Júnior Matuto. 

O programa Em Frente Brasil contará com ações multidisciplinares e transversais, articuladas entre a União, estados e municípios com o objetivo de reduzir o número de crimes violentos, principalmente os homicídios, atuando nas áreas de educação, esporte, lazer, cidadania, cultura e empreendedorismo, a partir de diagnósticos locais e planos integrados de ação.

O trabalho ainda incluirá uma atuação integrada da Força Nacional de Segurança Pública, Polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar, dentro de estratégias específicas de policiamento ostensivo, inteligência, investigação criminal e operações integradas, estabelecidas pelo plano integrado criado em conjunto com os estados e municípios participantes.

PAULISTA – As ações de segurança pública que vêm sendo desenvolvidas pelo Governo de Pernambuco, como a criação do 26º BPM, no Litoral Norte, têm sido fundamentais para redução da criminalidade na região, incluindo o município do Paulista. Só este ano, a redução dos crimes contra a vida na cidade chegou a 37%. Ao todo, foram 59 homicídios registrados no local, entre janeiro e julho de 2019, contra 94 notificados no mesmo período do ano passado.

Da ASCOM

ARARIPINA - FIEPE CAPACITA EMPRESÁRIOS SOBRE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO PARA A GESTÃO DE PESSOAS


A Unidade Regional Sertão do Araripe da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco – Fiepe realizou na quarta-feira, 28, o curso sobre planejamento e orçamento de gestão de pessoas com o instrutor Felipe Dantas. 

Voltado especialmente para os profissionais das áreas de Departamento Pessoal e Recursos Humanos, o curso ensinou os principais indicadores-chave de desempenho destes setores das empresas: número de colaboradores, absenteísmo, índices de rotatividade, de retenção de talentos, de satisfação dos colaboradores, tempo médio na empresa, investimento em treinamento, lucratividade por colaborador, relação horas extras e horas trabalhadas, gastos com folha de pagamento e outros. 
O instrutor Felipe Dantas ainda mostrou os cinco tipos mais comuns de planejamento: básico, baseado em questões, cenários, estratégico de alinhamento e estratégico orgânico. Cada um deles possui suas características e devem ser analisados e implementados de acordo com o perfil das empresas. 

“O RH é o setor responsável por administrar várias despesas relacionadas à gestão do capital humano, tornando-o seu planejamento um dos aspectos mais importantes para uma organização empresarial e financeira eficiente”, destacou Dantas. 
A próxima capacitação para a indústria regional será realizada nos dias 20 e 21 de setembro, no Posto Avançado do Sesi, em Trindade, e vai tratar sobre Fluxo de caixa, tributos e formação de preço.

Da Vera Cruz Comunicação para o Blog do Fredson

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

ALEPE - ANTONIO FERNANDO APRESENTA PROJETO DE LEI PARA REGULAMENTAR O TRANSPORTE ALTERNATIVO EM PERNAMBUCO

O deputado estadual Antonio Fernando (PSC) deu mais um passo na defesa do Transporte Alternativo no Estado. O deputado apresentou um projeto de lei, na Assembleia Legislativa de Pernambuco – ALEPE, no sentido da regulamentação legal da atividade, exercida por milhares de motoristas de VANS, também conhecidas como “lotações”, em todas as regiões de Pernambuco. 

“O projeto de lei que apresentamos chega como uma forma de buscar garantir a segurança jurídica para os profissionais do Transporte Alternativo. As pessoas precisam entender que o transporte alternativo não é apenas uma atividade. Trata-se de uma Cadeia Produtiva, que, além de locomover as pessoas, também leva os clientes para o comércio e o setor de serviços. E uma atividade importante como essa, que gera empregos e move a economia, não pode continuar sofrendo com a insegurança jurídica”, afirma o deputado Antonio Fernando. 

O projeto de lei Nº 477/2019 já está tramitando e segue em curso nas comissões da ALEPE. O projeto institui, dentro do transporte Intermunicipal de passageiros do Estado de Pernambuco, o Transporte Público Complementar de Passageiros e dá outras providências. “Nosso projeto de lei tem o objetivo de estabelecer as linhas gerais do Transporte Alternativo (o Transporte Complementar de Passageiros) em Pernambuco. A partir desta lei, a regulamentação em si ficará sob a competência do Governo do Estado, que poderá regular a atividade exercida pelos motoristas das VANS de “lotação” por meio de decreto”, explicou Antonio Fernando. 

Há cerca de um mês, por iniciativa do deputado Antonio Fernando, a questão do Transporte Alternativo em Pernambuco foi incluída na pauta da ALEPE. Em pronunciamento na sessão ordinária de ontem (terça-feira, 27.08), Antonio Fernando solicitou o apoio dos demais parlamentares para a provação e aperfeiçoamento do projeto de lei Nº 477/2019. “Pedimos aos colegas deputados que participem deste projeto, com contribuições para aperfeiçoar o projeto de lei; de forma que, o mais breve possível, Pernambuco tenha uma lei dando as diretrizes, para que depois o Governo do Estado possa fazer a regulamentação do Transporte Alternativo, através de decreto, até com mais facilidade e rapidez”, afirmou Antonio Fernando em seu discurso na tribuna da Assembleia. 

Antonio Fernando tem se reunido com representantes e os próprios motoristas do Transporte Alternativo de todas as regiões de Pernambuco. “Nós estamos conversando com eles e recolhendo sugestões que possam contribuir para aperfeiçoar a atividade”, disse o deputado. Além da regulamentação legal da atividade, Antonio Fernando defende outros direitos para o Transporte Alternativo, como redução do IPVA, isenção do ICMS na compra de veículos, e direito à utilização de placas vermelhas (que caracterizam veículos de aluguel).

Assessoria Parlamentar de Comunicação

PERNAMBUCO - PF DEFLAGRA OPERAÇÃO DE COMBATE À PORNOGRAFIA INFANTIL NA INTERNET

A Polícia Federal (PF) em Pernambuco, por meio do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos, deflagrou na manhã da terça-feira (27) a operação Help VII, com o objetivo de combater a pornografia infantil na internet. Estão sendo investigados os crimes de armazenamento, compartilhamento e divulgação de imagens e vídeos de pornografia infantil na rede mundial de computadores. . 

Na ação de ontem foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juiz da 4ª Vara Federal, nos bairros de UR-06, Zumbi do Pacheco e Ibura, no Recife, além de Camaragibe, na Região Metropolitana. A operação contou com a participação efetiva de 12 policiais federais distribuídos em três equipes. 

Leia também:



As investigações começaram a partir da instauração de três inquéritos policias no ano de 2016 e foram baseadas em suspeitas de que três internautas em situações distintas estariam publicando e distribuindo em suas redes sociais e através de um site de trocas de arquivos, vídeos e fotos contendo cenas de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. Tal conduta configura, em tese, crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Nos locais que foram alvos das buscas foram apreendidos dois notebooks, um computador e um disco rígido que passarão por uma perícia técnica. Caso seja detectada a presença de material pornográfico infantil, os três suspeitos poderão ser indiciadas e responderão pelo crime contido no Eca por oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

Tal crime prevê reclusão de três a seis anos. Se for comprovado que tais imagens e vídeos foram armazenados no computador a pena é de um a quatro anos de reclusão. Os três suspeitos foram devidamente intimados para comparecer até à Polícia Federal para prestarem esclarecimentos. Dois deles já foram ouvidos e liberados, faltando apenas um terceiro que também comparecerá posteriormente. 

Um dos homens detidos, um entregador de 37 anos, natural de Recife, já foi preso por tráfico de drogas no ano de 2012. Os dois que foram ouvidos negaram arquivar ou compartilhar material pornográfico infantil, mas um admitiu que usava o site para armazenamento e troca de arquivos apontado na investigação. Já o segundo intimado, um comerciário de 50 anos, também de Recife, também negou participação na publicação de conteúdo pornográfico infantil via Facebook.

Fonte - Folha de Pernambuco

HABEAS CORPUS - LULA PEDE QUE STF ANULE SENTENÇAS DE MORO TAMBÉM EM SEUS PROCESSOS

Os advogados do ex-presidente Lula entraram nesta quarta-feira (28) com pedido de habeas corpus para que o STF (Supremo Tribunal Federal) estenda a ele a decisão de anular sentenças condenatórias do ex-juiz Sergio Moro.

Na terça (27), a 2ª Turma do STF derrubou decisão de março de 2018 de Moro que condenou Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras, a 11 anos de prisão.

Os magistrados entenderam que a condenação era nula porque Bendine não pôde apresentar as alegações finais de sua defesa depois de delatores da Odebrecht que faziam acusações a ele.

Os advogados de Lula já tinham apresentado reclamação nesse sentido a outros tribunais. Mas, diante da decisão do STF, decidiram recorrer imediatamente ao tribunal pedindo que o mesmo direito seja reconhecido para o ex-presidente.

Os defensores do petista relatam pedidos que foram apresentados a Moro e indeferidos pelo então juiz.

No processo em que se investiga as reformas feitas no sítio de Atibaia, frequentado por Lula, os advogados pediram que o prazo para a apresentação de suas alegações finais fosse deflagrado "somente após a apresentação das alegações finais pelos corréus-colaboradores [delatores], em singela homenagem ao princípio constitucional do contraditório e da ampla defesa".

O juiz indeferiu. Segundo ele, "a defesa do acusado colaborador [delator] não é acusação". Não caberia, portanto, "fazer distinção entre acusados colaboradores e acusados não-colaboradores, outorgando vantagem processual a uns em detrimento de outros".

O STF entendeu o contrário de Moro. Para os ministros, o réu acusado pelos delatores deveria apresentar sua defesa posteriormente, para poder se defender das imputações feitas a ele pelo colaborador.

Os advogados de Lula afirmam ainda que ele está sendo submetido a constrangimento ilegal e pedem que o ex-presidente seja solto imediatamente.

Fonte - Folha Press

MEIO AMBIENTE - WORKSHOP É REALIZADO EM ARARIPINA SOBRE PROCESSO DE DESERTIFICAÇÃO NO SEMIÁRIDO

A Patrulha Ambiental juntamente com as autoridades responsáveis pelo meio ambiente das cidades do Sertão do Araripe participaram nos dias 10 e 11/07 de workshop sobre o processo de desertificação na região. 
O termo desertificação tem sido utilizado para identificar a perda da capacidade produtiva dos ecossistemas causada pela atividade humana. Devido às condições ambientais, as atividades econômicas desenvolvidas em uma região podem ultrapassar a capacidade de suporte e de sustentabilidade. 
Esse fenômeno corresponde ao empobrecimento e diminuição da umidade em solos arenosos localizados em região de clima subúmido, árido e semiárido. Segundo a Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação, “a desertificação da terra nas regiões áridas, semiáridas e subúmidas secas é resultante de vários fatores, entre eles as variações climáticas e as atividades humanas” (UNICCD, 1994). 
O problema da desertificação passou a despertar o interesse da comunidade científica há 80 anos, contudo somente nos últimos dez anos, passou a ser destacado como um sério problema ambiental, devido ao seu impacto social e econômico, uma vez que o processo ocorre de forma mais acentuada em áreas correspondentes aos países subdesenvolvidos. Além disso, a perda de solo agricultável vem aumentando significativamente, agravando ainda mais a situação das economias desses países. 
Foram discutidos vários assuntos sobre vegetação, solos, recursos hídricos e clima, buscando soluções para a região, referentes às dificuldades de cada cidade em relação a seus trabalhos que utilizam matéria prima, como a extração da gipsita para produção do gesso, a caprinocultura, a pecuária com uma grande produção de leite, a produção de mandioca e a apicultura desenvolvida em algumas cidades do Araripe. 
A sistematização das informações proveniente das oficinas, denominadas “Diálogos Municipais” partiu do questionamento dos munícipes, sobre a temática relacionada ao zoneamento das áreas vulneráveis à desertificação no Estado de Pernambuco. 
Ao término dos trabalhos participantes do evento solicitaram mudas e sementes à equipe da Patrulha Ambiental para levarem para seus municípios, onde foram atendidos prontamente em visita ao viveiro da ONG. 

Fonte: Workshops Regionais: 2019. Araripina, PE. Sistematização dos Diálogos Municipais das Regiões do Agreste Meridional e do Sertão. Recife (PE); 59 p. 


Fotos: Patrulha Ambiental

SAÚDE - PERNAMBUCO NOTIFICA 337 CASOS SUSPEITOS DE SARAMPO

O número de casos notificados de Sarampo em Pernambuco, nos oito primeiros meses de 2019, já ultrapassa os registros de suspeitas feitos ao longo de todo o ano de 2018. Até o último dia 26, foram notificados 337 casos no estado, 58% a mais do que o número dos 12 meses do ano passado. Os percentuais de notificações também cersceram 54% se comparados com o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), no último dia 19 de agosto. Pernambuco tem, atualmente, cinco casos confirmados de sarampo.

Dos casos em investigação, 86 já foram descartados e 246 estão em investigação e cinco foram confirmados. Das cinco confirmações laboratoriais de adoecimento pelo sarampo, quatro estão relacionadas a adolescentes que participaram de uma excursão para Porto Seguro, entre o final de junho e início de julho, e que tiveram contato com um paciente positivo de São Paulo. Dois deles são moradores do Recife e dois de Caruaru. O quinto caso é de um adolescente de 18 anos de Taquaritinga do Norte.

Em relação aos casos confirmados, a SES-PE ressaltou que os três municípios de residência dos pacientes, com o apoio das Gerências Regionais de Saúde e o nível central, realizaram 53 ações de bloqueio vacinal dos contatos, totalizando 1.853 doses aplicadas da tríplice viral, que, além do sarampo, ainda protege contra a caxumba e a rubéola.

A Secretaria ainda reforça que, na última semana, ficou instituída, em todo o país, a vacinação de crianças entre 6 meses e 11 meses. Todos os meninos e meninas dessa faixa etária, que totalizam 68 mil em Pernambuco, devem tomar uma dose da tríplice viral. Essa será considerada a “dose zero”, sendo necessário seguir com o esquema básico de vacinação normalmente a partir dos 12 meses, com mais uma dose e um reforço aos 15 meses.

CASOS EM ANOS ANTERIORES

Em 2018, das 213 notificações, 209 foram descartadas e 4 confirmadas, todas relacionadas a um paciente com histórico de viagem para Manaus, área com circulação do vírus na época. Em 2017 foram 45 notificações e em 2016, 39, todas descartadas.

Pernambuco não registra casos autóctones (transmissão sustentada por um período acima de 1 ano) do sarampo desde 2000 - em 1999 foram registradas as últimas 240 ocorrências. Em 2012 houve um caso importado e entre 2013 e 2014 um surto com 226, que foi controlado com as ações de vigilância epidemiológica e imunização do Estado e municípios envolvidos.

CASO SUSPEITO PARA SARAMPO

É considerado suspeito todo paciente que apresentar febre e manchas avermelhadas que começam na cabeça e vão descendo para o restante do corpo, acompanhados de um ou mais dos seguintes sinais e sintomas: tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite, independentemente da idade e situação vacinal; ou todo indivíduo suspeito com história de viagem para locais com circulação do vírus do sarampo, nos últimos 30 dias, ou de contato, no mesmo período, com alguém que viajou para local com circulação viral. No Brasil, os Estados com casos são: Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Sergipe, Minas Gerais, Santa Catarina, Amazonas e Roraima. A notificação de caso suspeito de sarampo é obrigatória. Apresentando essa sintomatologia, é importante ir ao posto de saúde mais próximo para receber a devida assistência.

IMUNIZAÇÃO

A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba e está disponível de rotina nas salas de vacina dos municípios. A imunização com a tríplice deve seguir o seguinte esquema:

- Crianças entre 6 meses e menores de 1 ano devem tomar uma dose da tríplice viral. Importante ressaltar que essas crianças precisarão seguir o esquema normal de imunização a partir dos 12 meses. 

- Indivíduos de 12 meses a 29 anos de idade: 2 doses de tríplice viral;

- Indivíduos de 30 a 49 anos de idade não vacinados: 1 dose de tríplice viral;

- Profissionais de saúde não vacinados: 2 doses com a vacina tríplice viral independente da idade, com intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

Fonte - Diário de Pernambuco

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

RECIFE - JOVEM ESCALPELADA EM KART NÃO TERÁ MAIS CABELOS NATURAIS

A auxiliar de professora Débora Dantas de Oliveira, de 19 anos, que teve o couro cabeludo arrancado em um acidente de kart no Recife, não terá mais cabelos naturais. A jovem terá que usar prótese capilar pelo resto da vida, segundo o cirurgião plástico Olimpio Colichio Filho, que é diretor clínico do Hospital Especializado, onde a jovem está internada em Ribeirão Preto, São Paulo, desde o dia 18 deste mês. A expectativa dos médicos é que ela tenha alta e possa voltar para casa em meados de outubro. 

Nesta terça-feira (27), embarcaram para Ribeirão Preto, uma irmã e uma amiga de Débora. Elas se juntam ao noivo da jovem, o microempresário Eduardo Tumajan, que a acompanha no tratamento desde quando ocorreu o acidente. Segundo o tio de Débora, Douglas Nascimento, a irmã e a amiga viajaram com os custos pagos pelo grupo Big Bompreço, antigo Walmart, que vem prestando assistência financeira desde o acidente. "Ela está respondendo bem ao tratamento. A situação está um pouco mais tranquila", disse Douglas.

Leia também:



Boletim médico divulgado ontem afirma que o quadro de saúde dela evolui sem intercorrência. A auxiliar de ensino infantil, que passou por uma microcirurgia de dez horas no sábado (26) para enxerto da área afetada pelo escalpelamento, permanece no Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas consciente e orientada. O procedimento cirúrgico foi acompanhado pelo médico Marco Maricevich, que atua em Houston, nos Estados Unidos. Ela recebeu um curativo sob anestesia para que a área onde foi realizada a cirurgia fosse reavaliada.

Segundo o cirurgião plástico Olimpio Colichio Filho, especialista em microcirurgia reconstrutiva, todo o couro cabeludo foi arrancado no acidente, inclusive as pálpebras superiores e supercílios "Fizemos na semana passada a reconstrução das pálpebras. O supercílio devemos reconstruir só depois que tiver a ferida cicatrizada, dependendo da evolução dela", disse o médico. Ele diz que as sequelas físicas que podem ficar são cicatriciais, nas costas,onde foi retirado o músculo, e nas pernas, onde foi tirada a pele para o enxerto.

"É uma jovem que tem muita vida pela frente, então temos que lançar mão de recursos e técnicas para tentar fazer com que essa reconstrução permita a ela ter um convívio social adequado", acrescentou o médico, que integra a equipe médica que está atendendo Débora. Ele falou ainda que a jovem já superou bem a fase mais crítica das 48 horas após a cirurgia, quando há o maior índice de complicações. "É difícil falar em data, mas em torno do dia 10, 15 de setembro devemos realizar os enxertos de pele nela. Se até o final de setembro o enxerto pegar, vamos fazer a programação para ela ir para casa", falou.

Colichio disse ficar surpreso com o modo com Débora está lidando com toda a situação. "Para uma jovem de 19 anos ela está reagindo muito melhor do que esperávamos. Ela tem plena consciência do acidente que sofreu, do que vai enfrentar daqui para frente até conseguir ter um convívio social. Ela sabe que tem um período de dois anos de cirurgias consecutivas para ir melhorando o aspecto estético do contorno da cabeça. Mas está reagindo muito bem a tudo isso", falou.

Folha de Pernambuco

IPUBI - FESTIVIDADES DE AGOSTO COMEÇAM NESTA QUINTA-FEIRA 29/08 - CONFIRA A PROGRAMAÇÃO


ORÇAMENTO - GOVERNO QUE ACABAR COM 10% DE MULTA DO FGTS

Na tentativa de aliviar o Orçamento, o governo pretende acabar com o adicional de 10% da multa rescisória sobre o FGTS pago pelas empresas. Atualmente, as empresas são responsáveis por pagar 50% de multa nas demissões, 40% do valor fica com o trabalhador e os outros 10% são destinados aos cofres da União. 

O valor recebido pelo governo entra no Orçamento como receita e depois é transformado em gastos obrigatórios, já que a União tem obrigação de pagar o FGTS. Anualmente, o valor recebido chega a R$ 5,4 bilhões. 

Para acabar com a multa extra, o governo precisaria do aval do Congresso. A medida abriria espaço para aumentar as despesas e cumprir o teto de gastos. A equipe econômica vem procurando maneiras de reduzir as despesas obrigatórias já previstas.

Nesta semana a proposta do Orçamento será enviada para o Congresso com apenas R$ 85 bilhões previstos para gastos de custeio e investimento, valor considerado muito baixo para manter os programas e serviços oferecidos por alguns ministérios. 

O contingenciamento de R$ 34 bilhões gerou tensão em órgãos e ministérios já que alguns serviços correm o risco de serem desligados, inclusive os que envolvem agências reguladoras e até mesmo a Receita Federal. 

O adicional de 10% foi criado durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) com o objetivo de bancar o rombo deixado pelos planos econômicos Verão (1989) e Collor I (1990). O dinheiro é utilizado para compensar o FGTS por perdas judiciais, mas, no entendimento da área econômica, a cobrança já perdeu o objetivo. 

Quando foi instituída, a despesa com o repasse da multa adicional estava nas contas e acabou entrando no teto. Eliminado o adicional, o Orçamento perderia a receita e a obrigação de repassar os recursos ao FGTS. 

A possibilidade de um corte maior de gastos na proposta em relação à lei orçamentária deste ano vem gerando tensão na Esplanada. A maior trava está no teto de gasto que deverá crescer apenas 3,37% em 2020, aumento que não acompanha as despesas obrigatórias.

Fonte - Diário de Pernambuco

PERNAMBUCO - MORADORES DE OITO CIDADES ESTÃO AMEAÇADOS DE DESPEJO PARA CONSTRUÇÃO DA TRANSNORDESTINA

Moradores de oito municípios da Mata Sul de Pernambuco estão ameaçados de despejo judicial iminente por ações propostas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes Terrestres (DNIT) e pela Empresa Transnordestina Logística. As pessoas afetadas são moradoras de cidades cortadas pelos trilhos da Rede Ferroviária Federal eixo Recife-Sul. Nesta terça-feira (27), a Comissão dos Atingidos da Linha Férrea Transnordestina, que representa habitantes das cidades de Escada, Ribeirão, Gameleira, Joaquim Nabuco, Palmares, Catende, Jaqueira e Maraial, realizou audiência sobre o tema com o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, e o bispo auxiliar, dom Limacêdo Antonio da Silva.

Acompanhado de representantes da Diocese de Palmares, o grupo representa cerca de 4.500 famílias. O grupo explicou ao arcebispo que cerca de vinte mil pessoas estão ameaçadas. O arcebispo cedeu à comissão o auditório da Cúria Metropolitana, para que seja realizada uma reunião para discussão do tema, no próximo dia 9 de setembro, às 9h. 

Devem participar do encontro representantes das prefeituras envolvidas, parlamentares da bancada de Pernambuco, membros da Diocese de Palmares, integrantes da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife, além de moradores atingidos. Dom Limacêdo Antonio informou que vai contactar a bancada de parlamentares de Pernambuco, para convidá-los a participar da reunião.

ARGUMENTOS

O advogado da Comissão de Justiça e Paz da Diocese de Palmares, Lenivaldo Lima, explicou que, após inúmeras audiências entre as partes envolvidas, nos anos de 2014 a 2016, foi constatado que não há projeto de revitalização para o trecho Recife-Sul da ferrovia Transnordestina, e que o projeto de empreendimento com trens de cargas de até 120 vagões carregados com minérios e outros produtos insalubres foi devidamente equacionado no projeto, para passar por fora das cidades. 

O advogado alega que os moradores, em sua maioria, tiveram a construção das moradias autorizadas na área considerada faixa de domínio da Rede Ferroviária, há mais de 30 anos, tendo, inclusive, escrituras de seus imóveis. Os moradores estão progressivamente recebendo ordens judiciais de derrubada de suas casas, sem direito à indenização e tendo de arcar com as custas da demolição do imóvel.

De acordo com o padre Robson Soares, da paróquia de Jaguaribe, Escada, boa parte dos moradores sequer tomou conhecimento das ações judiciais e não têm a consciência da iminência das ordens de despejo. “É preciso sensibilizar as autoridades e o judiciário para onde abrigar estas 4,5 mil famílias. Em Freixeiras (distrito de Escada), o processo judicial foi coletivo, abrangendo 110 famílias. Em Palmares, os processos foram individualizados. Mas quando a decisão judicial chegar, vai afetar a todos, sem distinção, obrigando-os a serem despejados”, relatou o sacerdote. A Comissão dos Atingidos da Linha Férrea Transnordestina reivindica que sejam mantidas as casas e retirados os trilhos da linha férrea. 

Fonte - Diário de Pernambuco

OURICURI – ANCIÃO É ASSASSINADO A TIROS NA ZONA RURAL

Um ancião de 63 anos de idade, identificado por Valdemiro Lopes Vieira, o Zulmiro, o qual residia no Sítio Pouco Tempo, zona rural de Ouricuri, foi assassinado a tiros por volta das 12:30 da segunda-feira 26/08, em uma estrada carroçal do Sítio Poço da Pedra, também na zona rural de Ouricuri. 

Segundo a polícia a vítima foi encontrada caída ao chão ao lado de sua motocicleta já sem os sinais vitais com várias perfurações no corpo provocadas por disparos de arma de fogo. 

Ainda segundo a polícia, vítima foi acusado de homicídio no ano de 2003 na cidade de Parnamirim, mas não sabe se tem ligação com o fato. A polícia militar realizou diligências, mas nenhum suspeito foi localizado. A polícia civil foi ao local e após perícia preliminar removeu o corpo ao IML de Petrolina. 

O caso foi registrado na DPC local e também será investigado pelo Departamento de Homicídios da 24ª DESEC de Araripina. Esse foi o 2º homicídio do mês de agosto em Ouricuri e o 4º também de agosto na Região do Araripe. Esse também foi o 10º homicídio do ano registrado em Ouricuri, e com esse crime já são 31 pessoas assassinadas na Região do Araripe de janeiro até agora. 

Fonte – Polícia Civil de Pernambuco/ 24ª DESEC/ Araripina 

Reportagem/ Foto – Fredson Paiva

ESPAÇO DO FORRÓ - NESTA SEXTA-FEIRA 30/08 TEM FESTA COM FORRÓ NOVO GRAU E RICARDO PEGAÇÃO


terça-feira, 27 de agosto de 2019

ARARIPINA - SESC LER REALIZA A "MOSTRA DE MÚSICA VOZES DO SERTÃO"

Pelo segundo ano, o Sesc Ler Araripina realiza o Mostra de Música Vozes do Sertão no município. O projeto, que nasceu com o objetivo de impulsionar produções autorias de artistas da localidade, vai acontecer até o sábado (31/08) na unidade com apresentações gratuitas.

A programação mescla atividades de diversas linguagens culturais e tem como ápice a apresentação de 12 compositores selecionados pela Mostra. Eles participaram neste ano de oficinas de formação musical oferecidas gratuitamente pelo Sesc. A programação desta terça-feira (27/8), às 19h, terá apresentações da Cia de Dança do Sesc Araripina, Ballet Clássico do Sesc Araripina e Grupos de dança da Escola Técnica Estadual Pedro Muniz Falcão - ETE.

Na quarta-feira (28/8), o grupo Sementes Sonoras do Sesc (Araripina) vai encenar o espetáculo musical “Palco Semeado”, seguido da apresentação dos músicos Toninho de Olinda e Tustão. No dia 29 de agosto o público que comparecer ao Sesc poderá assistir, às 19h, à apresentação de música do Grupo Triato da Cidade (Araripina) e do músico do Rudiney. Na sexta-feira (30/08), a rabequeira Aglaia Costa (Recife-PE) vai encantar o público com sua música.

A grande final da Mostra Vozes do Sertão acontecerá no sábado, às 19h, com a apresentação das canções autorais dos 12 artistas araripinenses selecionados: Fernanda de Abreu Rodrigues, Fabiana Santos da Silva, João Henrique Oliveira Souza, Werlainy de Sousa Silva,Luciano Figueiredo, Cássio Ricarto, Jaflete Melo, Francilene Pereira, Valteno Penha, Letícia Gabriele Vieira Brás, Matheus Pereira Silva e Juliano Neri.

Sesc - O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem vinte unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.


Serviço – Mostra Vozes do Sertão

Até 31 de agosto, às 19h

Local: Sesc Ler Araripina (Rua Vereador José Barreto de Alencar, s/n)

Entrada: gratuita

Informações: (87) 3873-0812

ARARIPINA - OPERAÇÃO POLICIAL PRENDE MULHER ACUSADA DE TRÁFICO DE DROGAS

No último sábado 24/08, por volta 15h:00 a GE ROCAM operação realizada em conjunto com o MALHAS DA LEI DA PCPE, após levantamento realizado pela Equipe de Investigação, tomou conhecimento que TALYTA CONCEIÇÃO LIMA, 26, estaria em uma lotação que saiu da cidade de Picos-Pi com destino a Araripina e trazia consigo drogas para comercializar/revender em Araripina. 

Os policiais Fizeram campana às margens da BR-316, proximidades do Posto Fiscal da Vila Serrânea, quando foi avistada a lotação, e no seu interior a mulher, que ao ser abordada foram encontrados 65 gramas de maconha, 13 gramas de cocaína e R$116,50 em espécie.

ainda segundo a polícia, parte dessa droga seria repassada em festa de aniversário que seria realizado no dia da prisão dela. Em sua residência foram encontradas 02 mudas de maconha. Diante dos fatos ela foi conduzida para a Delegacia de Ouricuri para realizar o flagrante.

Fonte/ Foto - Polícia Civil e Polícia Militar de Araripina

Reportagem - Fredson Paiva 

TRINDADE - EQUIPE MALHAS DA LEI DA POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM ACUSADO DE ESTUPRO

Na manhã do último dia 22/08, Policiais Civis do Malhas da Lei DE PETROLINA DA 26ª DESEC E ARARIPINA 24ª DESEC, sob a coordenação da Delegada Isabella Cabral Fonseca e da Delegada Katyana Muniz, com apoio do Delegado Moary Drummond e Equipe da 205ª DPC de Trindade, deram cumprimento ao Mandado de Prisão do Processo n° 0009067-58.2014.8.17.1130. 

Segundo a polícia, o cumprimento do mandado de FRANCISCO EDVALDO ALVES FEITOSA, de 41 anos, deu-se por volta das 12:00 no Bairro São Geraldo-II em TRINDADE-PE. O mesmo foi preso em decorrência de estar sendo processado criminalmente por ESTUPRO , cometido na comarca de Petrolina-PE. 

FRANCISCO, foi apresentado na Delegacia de TRINDADE-PE para os procedimentos cabíveis e em seguida foi encaminhado a Cadeia Pública desta cidade. 

Fonte – Polícia Civil de Pernambuco/ 24ª DESEC/ Araripina 

Reportagem/ Foto – Fredson Paiva

ARARIPINA - VENCEDORES DO PRÊMIO SUCESSO SUPREMO 2019



A OBJETIVA PESQUISA E DIVULGAÇÃO TEM A HONRA DE DIVULGAR OS DESTAQUES DO SUCESSO SUPREMO 2019 DE ARARIPINA. CONFIRA ABAIXO OS VENCEDORES. 





· RÁDIO FM – ARARI FM 90,3 


· MOTO SOM – COSMO BASÍLIO PUBLICIDADE 

· LOJA DE CONFECÇÃO POPULAR – LOJÃO DO 12 

· MERCADINHO – MERCADINHO RYAN 

· CABELEIREIRO – EVANDIO CABELEIREIRO 

· BLOG DESTAQUE – BLOG DO FREDSON PAIVA 

· VENDA DE CELULAR E ASSISTÊNCIA TÉCNICA – BINIM CELL 

· COMÉRCIO DE OVOS E ABATEDOURO DE AVES – GRANJA ALMEIDA 

· PEDIATRA – Dra. OLGA CANTARELLI 

· DOCES E SALGADOS – DOCES ARTES (MANINHA) 

· PAISAGISMO E JARDINAGEM – VERDELÂNDIA 

· CIRURGIÃO DENTISTA – Dr. ARMANDO JORDÃO 

· CLÍNICA ODONTOLÓGICA – Dr. ARMANDO JORDÃO 

· MELHOR CALDO – REI DO CALDO 

· SINDICATO MAIS ATUANTE – SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS