ARARIPINA

ARARIPINA

BANNER PMA

BANNER PMA

quinta-feira, 31 de maio de 2018

ARARIPINA - Dr. ARNALDO DELMONDES PARTICIPA DE REUNIÃO NO SÍTIO TAMANDUÁ


Durante sua passagem por Araripina na semana passada e cumprindo uma agenda de reuniões e visitas, o advogado araripinense e pré-candidato a deputado federal, Dr. Arnaldo Delmondes, participou de uma importante reunião no Sítio Tamanduá, zona rural de Araripina. 

A reunião que contou com a presença de dezenas de moradores, aconteceu na sede da Associação dos Moradores do Sítio Tamanduá, imediações do Distrito do Morais e contou também com a presença dos moradores dos sítios vizinhos. 
Na pauta da reunião foram debatidos assuntos como educação, transporte escolar, agricultura, saúde, organização social, estradas, infraestrutura, além de qualidade de vida. 
Falaram aos presentes a vice-presidente da Associação do Sítio Tamanduá, Isaura Alencar, representando o presidente Francisco Hélio, o qual por motivo superior não esteve presente, além de José Aparecido, assessor de Dr. Arnaldo, a presidente da Associação dos Moradores do Distrito do Morais, Neta, além de Dr. Arnaldo e Tereza Delmondes, assessora de comunicação. 
Outro assunto discutido na reunião foi a cobertura da Capela de São João Batista, a qual está construída, faltando apenas o telhado, mas os moradores estão sempre realizando eventos, sorteios, rifas e bingos semanalmente para a concretização do término da capela. 
Dentre os assuntos abordados na reunião com os moradores do Sítio Tamaduá, um dos principais foi a segurança pública. Dr. Arnaldo Delmondes sabe que a situação de insegurança no estado é grande, principalmente aqui no sertão, quando o efetivo das polícias e as condições de trabalho dos policiais e delegacias são precários. 
Segundo Dr. Arnaldo, no âmbito federal, em Brasília existem recursos que somente com a ajuda de um Deputado ou representante político que represente de fato o Araripe essa situação poderá mudar através de emendas, através de cobrança, através de projetos, etc. 
Após a reunião aconteceu um bingo de produtos Tupperware para cozinha, onde o dinheiro arrecadado serviu para a manutenção da associação e outra parte foi guardada para ajudar na compra de telhas e madeira para a cobertura da Capela de São João Batista. 
Reportagem/ Fotos – Fredson Paiva 

PAULO CÂMARA - "VAMOS BUSCAR CELERIDADE PARA QUE COMBUSTÍVEIS E GÁS DE COZINHA CHEGUEM A TODOS OS MUNICÍPIOS"

Após um dia inteiro de intensa movimentação no Complexo Portuário de Suape, com a saída de mais de 650 caminhões para abastecer todo o Estado com combustível e gás de cozinha, o governador Paulo Câmara destacou, em entrevista coletiva de Imprensa, que o Governo de Pernambuco vai trabalhar para garantir a brevidade necessária para assegurar a volta da normalidade em todo território pernambucano. Na madrugada de hoje, o governador coordenou a operação que encerrou de forma pacífica as interdições das vias federais e estaduais, devido à manifestação nacional dos caminhoneiros contra a política de preços adotada pela Petrobras. 

"Vamos buscar celeridade para que combustíveis e gás de cozinha cheguem a todos os municípios, para que a normalidade seja restabelecida já nos próximos dias. Terminamos o dia de hoje de maneira muito melhor do que iniciamos, e isso mostra que, no que depender do escoamento interno de Pernambuco, não teremos nenhum tipo de problema para que as mercadorias e os insumos cheguem aos pernambucanos”, garantiu o governador Paulo Câmara, ressaltando que, agora, o Estado conta com apenas um ponto de bloqueio, na cidade de Ouricuri. Esses bloqueios chegaram a 29 no ponto alto da manifestação. 

O governador registrou a importância do planejamento realizado pelo Gabinete de Crise, que foi instituído para o enfrentamento da situação, e pelas forças policiais foi responsável para que a dispersão do movimento paredista ocorresse de forma rápida e tranquila, garantindo a integridade dos envolvidos e o sucesso da ação. "Uma operação muito complexa que não se faz do dia para noite. Pelo contrário: já estava na nossa organização desde o início do nosso Gabinete de Crise. Foi feito de maneira profissional, de maneira que resultou no seu objetivo, que era desbloquear uma via fundamental para o escoamento da produção e aconteceu de maneira pacífica. Então, quero parabenizar também todos os esforços das nossas polícias em reestabelecer o ir e vir das pessoas", apontou.

Com relação aos serviços públicos prestados à população pernambucana, Paulo reforçou que esses continuam garantidos. “As escolas estão funcionando normalmente. Desde o inicio dessa crise, não fechamos nenhuma. Na saúde, estamos dando atenção necessária a todos os municípios que precisem de transporte para trazer pacientes. A demanda caiu expressivamente, mas não tivemos nenhum relato de falta de atendimento que tenha resultado em agravamento de situação de doentes em Pernambuco”, registrou. A rede estadual de ensino, inclusive, contará com aulas normais nesta quinta-feira (31.05). Por determinação do governador, o ponto facultativo por conta do feriado de Corpus Christi foi transferido para a próxima sexta-feira (01.06).

O governador reforçou, ainda, que, desde segunda-feira, o Governo do Estado manteve o transporte público nas ruas para atender à população. “E vamos ter condições de atender cada vez melhor agora em virtude da regularização do abastecimento”, destacou. Com relação aos produtos alimentícios do Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa), Paulo detalhou que, hoje, o abastecimento chegou a 50% do normal. “Então, temos uma expectativa de que, no máximo, até segunda-feira essa questão também chegue à normalidade”, afirmou.

SEGURANÇA - O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, explicou que a operação realizada na madrugada desta quarta-feira (30.05) já vinha sendo estudada e debatida pelo Governo do Estado. “Debatemos o melhor momento e a melhor maneira de se realizar essa operação e, hoje, efetivamente, fizemos a operação na hora oportuna, com os meios adequados e com o mínimo de problemas que uma operação tão complexa como essa pode ter”, explicou, complementando que o Governo do Estado já está atuando para que o único ponto de bloqueio em Pernambuco, no município de Ouricuri, seja desfeito.

O comandante da Polícia Militar, Vanildo Maranhão, destacou que todo o planejamento do Governo de Pernambuco resultou em um ato pacífico. “A operação foi realizada com sucesso total, sem nenhum confronto, nenhum disparo, nem uso de gás. Realizamos essa operação durante a madrugada e a refinaria foi devolvida ao Estado de Pernambuco para que pudesse servir, como é a sua finalidade, à toda a sociedade pernambucana”, disse. Chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle reforçou: “A atuação da polícia foi cirúrgica, rápida e não deu margem a qualquer tipo de reação. “Não houve a necessidade de nenhum confronto, portanto, não gerou nenhum incidente que viesse a necessitar de uma autuação em flagrante de quem quer que seja”.

Da ASCOM

PETROLINA - PREFEITURA GARANTE MAIS 50 MIL LITROS DE COMBUSTÍVEL PARA ABASTECER A CIDADE

 
A Prefeitura de Petrolina articulou ontem quarta-feira (30) uma nova operação para minimizar os transtornos causados pelo desabastecimento de combustíveis na cidade. Com a iniciativa, a gestão assegurou a entrega de 50 mil litros de diesel, etanol e gasolina, que estarão disponíveis aos petrolinenses em quatro postos da cidade.
Os três caminhões-tanque com o combustível saíram da Central de Distribuição de Juazeiro (BA) por volta das 15h. A operação de escolta entre a cidade baiana e os postos petrolinenses foi coordenada pelo Sistema de Segurança Pública de Petrolina, através da Guarda Civil Municipal (GCM), e contou com a participação de aproximadamente 20 homens e 10 viaturas.
Dos 50 mil litros de combustível disponível, os últimos que restavam na distribuidora baiana, 5 mil são de diesel, 25 mil de etanol e 20 mil de gasolina. Todo o material será destinado ao abastecimento da cidade. Esse quantitativo se soma aos 70 mil litros de combustível que já haviam sido garantidos pela Prefeitura de Petrolina desde a última segunda-feira (28) e que foram destinados ao abastecimento do transporte público e da frota municipal, priorizando ambulâncias e viaturas.
De acordo com o secretário-executivo de Segurança Pública de Petrolina, José Silvestre, a ação é extremamente importante diante da situação de desabastecimento da cidade. “Com a crise dos combustíveis a rotina dos serviços da Prefeitura mudou assim como a vida das pessoas. Com essa ação estamos dando um primeiro passo significativo para que possamos reestabelecer a ordem e o abastecimento de combustíveis em Petrolina. Já estamos articulando outras ações voltadas ao abastecimento de gás de cozinha”, destaca.

Texto: Felipe Pereira - AsCom Prefeitura de Petrolina

Fotos: Alexandre Justino

ARTIGO - DEPENDÊNCIA VIRTUAL - PAIVA NETTO


Se existe algo que podemos denominar revolução dinâmica – a que não somente inaugura uma nova etapa no desenvolvimento da sociedade, mas também se renova permanentemente – é a tecnologia. O que é lançado hoje no mercado como de última geração logo se torna ultrapassado.

Constantes avanços cibernéticos vêm desencadeando melhorias em vários campos de atuação humana. A internet é um dos pilares desse sistema sem fim, e cada vez mais pessoas têm acesso ao mundo virtual.

Universo sedutor

A busca pelo saber, pelo entretenimento (games, bate-papo e redes sociais), comodidades como realizar movimentações financeiras no conforto de sua casa, escritório ou lan house, em apenas um clique, são alguns dos benefícios que a rede mundial de computadores propicia. Assistimos pelo mundo que recursos da internet são usados até mesmo na aceleração de mudanças governamentais. Contudo, a utilização desses meios desacompanhada do bom senso imensos prejuízos pode provocar. Um deles é o que os especialistas chamam de ciberviciado. Trata-se de internautas com compulsão ou dependência da internet. Estudiosos a consideram uma das mais graves doenças psíquicas da atualidade. O internauta compulsivo fica ainda propenso a desenvolver doenças, como trombose venal profunda, ansiedade, depressão e obesidade. Sem contar os funestos resultados dos que não conseguem se livrar da teia virtual no campo afetivo, familiar e profissional.

São perigos a que todos estão expostos, em particular os adolescentes. Os jovens se encontram numa fase de descoberta da própria identidade. Muitos procuram nas redes sociais sua “turma” e, ao ultrapassar o limite da autoafirmação, se deparam com a dependência digital, resumindo sua vida ao sedutor universo virtual.

Tratamento

Na maioria dos casos, a cura se resume, de acordo com especialistas, no afastamento do ciberviciado do contato com o computador, criando novos e prazerosos hábitos. Para muitos psicólogos, porém, não basta proibir, já que, de acordo com o grau de dependência, ele pode trocá-la pelas drogas. Situações assim requerem um psicoterapeuta, profissional habilitado que ajudará o paciente a encontrar as razões que o levaram ao vício e buscar alternativas na solução do problema.

No Brasil, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo é uma das instituições que desenvolvem tratamento para essa doença. Outras informações podem ser obtidas pelosite www.dependenciadeinternet.com.br.

Não desprezemos também os recursos da prece. A oração sincera de quem deseja curar-se ou daquele que quer ajudar a quem precisa pode produzir verdadeiros milagres. Jesus, no Seu Evangelho, segundo Mateus, 7:7 a 11, nos ratifica essa esperança: “Pedi, e Deus vos dará. Deus não é indiferente nem à morte de um passarinho. Se teu filho te pede um pão, tu lhe dás uma pedra? Se teu filho te pede um peixe, tu lhe dás uma serpente? Ora, se tu, que és mau, sabes dar boas coisas a teu filho, que é que não dará o Pai que está no Céu?”

O progresso é o que todos almejamos, mas o usemos realmente a favor da Humanidade.

Saúde da Alma

Minha saudação ao economista Paulo Azor, a quem agradeço página a mim endereçada. Nela são destacadas especialidades médicas de Jesus nos inúmeros milagres que realizou, conforme o relato dos Evangelistas na Boa Nova do Cristo Ecumênico, o Divino Estadista. O texto é atribuído a um discurso dos formandos de Medicina da PUC-PR/2010. Eis um trecho: “O tratamento que Ele [Jesus] oferece é mais do que a cura de uma doença física, é uma vida de paz e alegria aqui na Terra e mais uma eternidade inteira ao seu lado no Céu”.

Jesus personifica a Divina Caridade à disposição de todos. Aquele que dela usufrui, em primeiro lugar, conquista a saúde da Alma.

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Foto - Reprodução Internet

HAIRNOR - FEIRA DA BELEZA É ADIADA PARA AGOSTO DEVIDO À GREVE DOS CAMINHONEIROS

A Feira da Beleza do Nordeste, que seria realizada no próximo final de semana, foi adiada para o período de 4 a 6 de agosto em virtude das dificuldades de abastecimento de combustíveis geradas pela greve dos caminhoneiros.

Será a 9ª edição ininterrupta do evento que traz para o Nordeste, todos os anos, expositores de todo o Brasil e do exterior com as últimas novidades em produtos e serviços destinados ao mercado de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos.

A Hairnor atrai não só profissionais da área de beleza como cabeleireiros, manicures, maquiadores, esteticistas, mas também um público formado por mulheres e homens de todas as idades que querem conhecer as novidades do segmento de cosméticos e adquirir produtos de qualidade com preços mais em conta.

Segundo os organizadores, a feira deste ano contará com 400 marcas em exposição, contra 380 no ano passado. Com isso, a feira ocupará não só todo o pavilhão de exposições, mas também a área do mezanino.

Além disso, a expectativa dos organizadores é de um público superior às 52 mil pessoas que visitaram à feira no ano passado. São pessoas não só do Recife e da região metropolitana, mas também do interior e de outros estados que irão ao Centro de Convenções organizadas em cerca de 40 caravanas.

Da MG Comunicação Empresarial para o Blog do Fredson

ACORDO - MARUN DIZ QUE PREÇO DO DIESEL CAIRÁ R$ 0,46 A PARTIR DESTA SEXTA-FEIRA

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse na noite de ontem (30) que o compromisso do governo é com o preço que o diesel vai chegar aos caminhoneiros e não com “a forma como isso vai acontecer”. O ministro deu a declaração aos jornalistas após a coletiva do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e do chefe do Estado Maior-Conjunto das Forças Armadas, almirante Ademir Sobrinho.

Marun disse que o caminhoneiro terá, a partir de sexta-feira (1º), o preço do diesel R$ 0,46 mais barato em relação ao preço praticado dia 21 de maio, quando a greve da categoria foi deflagrada. Os postos terão que informar o preço antigo e o preço novo, com desconto. “O nosso compromisso é com o valor do diesel no tanque. A forma como vai acontecer está sendo definida e redigida”.
Avaliação do governo

A declaração do ministro se dá no momento em que o governo avalia o que fará com o projeto aprovado no Senado e enviado para o presidente da República. O projeto aprova a reoneração da folha de pagamento de 28 setores e a isenção da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) e do PIS/Cofins (respectivamente, as siglas dos tributos Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) sobre o óleo diesel. Este último, no entanto, é um imposto de que o governo não pretende abdicar e não estava no acordo inicial entre Planalto e Congresso.

Segundo Marun, a análise de vetos ao projeto está sendo feita pelo governo. A intenção do ministro é acalmar os caminhoneiros, que esperam pela publicação da isenção do PIS/Cofins conforme aprovado no Congresso, mas a isenção pode ser vetada por Temer. A tendência é que o governo vete a isenção do PIS/Cofins, como adiantou ontem (29) o presidente do Senado, Eunício Oliveira.

Marun disse que “estão querendo diminuir o ímpeto dos caminhoneiros que estão voltando ao trabalho” ao divulgar informações sobre a possibilidade do veto. A expectativa do governo, de acordo com ele, é resolver a questão o quanto antes, talvez ainda na madrugada de hoje para amanhã (31).

Saiba mais



Da Agência Brasil

MOREILÂNDIA - MULHER É PRESA POR COMETER CRIMES SEXUAIS COM ADOLESCENTES E CRIANÇAS

Uma mulher foi presa na noite de ontem, quarta-feira (30/05) por crimes sexuais envolvendo crianças e adolescentes, na Barra da Forquilha, em Moreilândia, no Sertão de Pernambuco. 

De acordo com a Polícia Civil, Maria Joelma do Nascimento, é suspeita de estupro de vulnerável e exploração sexual de menores de idade.

Ela foi conduzida para a Delegacia de Ouricuri e depois encaminhada para o Presídio Feminino de Verdejante.

Fonte - G1/Petrolina

PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROS - ARARIPINA DEVE RECEBER PRIMEIRO CAMINHÃO DE COMBUSTÍVEIS DE QUINTA PRA SEXTA

Após vários dias de desabastecimento em decorrência da paralisação dos caminhoneiros de todo o país, Araripina maior cidade do Sertão araripeano, deve receber na tarde desta quinta-feira (31) o primeiro caminhão com combustíveis.

Segundo informações do secretário de Infraestrutura de Araripina, Humberto Belmiro, um caminhão já saiu da Refinaria Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife com destino a nossa cidade, e irá abastecer o Posto Shell (Lunga). Parte desse combustível deverá abastecer veículos da Prefeitura para serviços essenciais.

Ainda de acordo com Humberto, outros caminhões devem chegar na noite desta quinta e ao logo de toda a sexta-feira (01) e todo o fim de semana. “Aos poucos os postos serão abastecidos e a vida dos araripinenses voltará a normalidade gradativamente”, disse.

Em Ipubi e Trindade, cidades também do Sertão do Araripe, já há registro de longas filas de veículos, em pelo menos três postos de combustíveis que já foram abastecidos.

Fonte - Blog do Roberto Gonçalves

Foto - Fredson Paiva

ENTRE TRINDADE E OURICURI - MOTORISTA É APEDREJADO AO TENTAR PASSAR POR BLOQUEIO NA BR-316

Um motorista foi agredido ao tentar passar pelo bloqueio na BR-316, no trecho que liga os municípios pernambucanos de Ouricuri e Trindade, ambos no Sertão do estado. O caso aconteceu na tarde da terça-feira (29). O caminhão carregado de grãos, estava sendo escoltado por soldados do Exército, quando foi apedrejado e o motorista foi atingido no olho. Ele foi socorrido no local pela equipe do 72º Batalhão de Infantaria Motorizado.

De acordo com a assessoria do Exército, depois do atendimento, o caminhoneiro foi levado para o hospital de Ouricuri e já recebeu alta médica.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o bloqueio no trecho continuou na quarta-feira (30). Em outras rodovias do Sertão, como a BR-428 em Lagoa Grande-PE, a BR-407 em Petrolina-PE e a própria BR-316, no trecho de em Parnamirim, alguns caminhoneiros já deixaram a paralisação.

Do G1/ Petrolina

REGIÃO DO ARARIPE - AGENTES DO ICMBIO E IBAMA FISCALIZAM E APLICAM PESADAS MULTAS A CAÇADORES DE ARRIBAÇÃS


Agentes do ICMBIO, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, vinculados ao IBAMA, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, estão há vários dias em Araripina e Região do Araripe para coibir a caça ilegal das aves Arribaçãs, as quais estão em grande número se reproduzindo na região. 

Essas aves migram todos os anos da América do Norte em direção à América do Sul para se reproduzirem, e uma vez aqui são alvos de caçadores que as matam para consumir e vender a terceiros. 

Para coibir isso os agentes estão divididos em várias equipes e trabalham de dia e de noite fazendo o controle, monitoramento e fiscalização, dentro da área da Unidade de Conservação da Chapada do Araripe. Também junta-se aos agentes do ICMBIO/ IBAMA, os agentes da Patrulha Ambiental Itinerante, que colaboram intensamente nas fiscalizações não só em Araripina, mas em toda a região. 
Ouça abaixo uma entrevista exclusiva com o Agente Antonio Alencar, foto acima, do ICMBIO, ao repórter Fredson Paiva, da Arari FM, alertando que quem for pego caçando essas aves, para cada ave a multa é de R$ 500,00 e se for pego caçando dentro de uma unidade de conservação ou pombal a multa pode chegar a R$ 1.000,00 fora o processo e outros procedimentos. 
Reportagem/ Fotos/ Entrevista – Fredson Paiva 

quarta-feira, 30 de maio de 2018

CRISE NAS ESTRADAS - MINISTRO DIZ QUE PODERÁ FALTAR CARNE SE PARALISAÇÃO CONTINUAR

Após reunir-se na tarde de ontem (29) com produtores de proteína animal, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, disse que a continuidade da paralisação dos caminhoneiros pode significar falta de carne nas prateleiras dos açougues e supermercados. Representantes do setor admitem também aumento de cerca de 30% no preço dos produtos.O encontro ocorreu paralelamente ao Fórum de Investimentos Brasil 2018, em São Paulo.

“Se não tem como alimentar os mercados, as plantas, vai faltar para a população”, falou o ministro a jornalistas. Segundo Maggi, o prazo para normalização das atividades e transportes de carga seria quinta-feira (31). “Os relatos deles [dos representantes do setor] aqui hoje é que, na melhor das hipóteses, até quinta-feira desta semana eles não terão como tratar mais de 1 bilhão de aves e 20 milhões de suínos. Temos uma capacidade de abate de 23 milhões de aves por dia e essas aves, não sendo abatidas, elas entrarão em colapso e irão morrer de forma natural por falta de comida ou de nutrição”, acrescentou.

Levantamento divulgado ontem pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) alerta para um aumento na mortandade de animais nos polos de produção pelo país por falta de alimentação, uma vez que os bloqueios nas estradas impede a chegada de ração. 

Maggi explicou que uma das preocupações do setor é em relação ao aprimoramento genético das aves, que pode ser perdido. “O sistema de produção de aves vem da parte genética, das bisavós para as avós e vem das matrizes, de onde saem os ovos para nascer os pintinhos. Se perdemos esse estoque de bisavós e de avós que temos no Brasil, que é o material genético, que também é exportado, vamos perder a sequência do que fizemos. E poderemos demorar até dois anos e meio para recuperar o que temos hoje na avicultura. Isso significa dizer que o Brasil passará de um grande exportador de aves para um importador em pouco tempo”, falou o ministro. 
Aumento nos preços

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), com a paralisação dos caminhoneiros, o setor deixou de faturar US$ 170 milhões com exportações. “Estamos com 120 frigoríficos parados [entre cerca de 290 frigoríficos que abatem no país]. A parte de insumos está totalmente prejudicada. Não há mais como não aumentar preço em relação ao estrago feito [pela paralisação]”, disse Antonio Jorge Camardelli, presidente da Abiec.

Segundo ele, ainda não é possível avaliar de quanto seria esse aumento porque não foi feito um levantamento sobre o prejuízo dos produtores. No entanto, segundo cálculos feitos pela ABPA – e considerando que a paralisação terminaria domingo - o valor de aumento para o consumidor poderia ser de até 35% no caso das aves e de 25% a 30% no caso de suínos.

“Tínhamos uma estimativa de que levaríamos dois meses para voltar ao fluxo normal. Que ficaríamos com uma perda, principalmente de exportação, de US$ 350 milhões. E teríamos uma redução de produção e aumento de custo em que seria viável a recuperação. Mas, a partir dessa nova perspectiva de que continuamos com mais de 170 frigoríficos parados, com mais de 1 bilhão de animais no campo sem poder receber alimentação e sem poder ser abatido, estamos prevendo dois impactos extremamente sérios na nossa cadeia: o primeiro é o aumento de preço do nosso produto o segundo é que a recuperação da nossa cadeia produtiva vai precisar de aporte financeiro governamental”, disse Rui Eduardo Saldanha Vargas, diretor técnico da ABPA.

O tempo de recuperação do setor, disse Camardelli, será longo. “No caso da cadeia bovina, tenho 1,4 mil [animais] na rua, trancados e presos. E tenho perecibilidade dos produtos. Se essa crise não se resolver até quinta-feira, seguramente o ciclo está quebrado. As programações não serão oferecidas de acordo com o cronograma", disse, acrescentando que os empregos do setor também estão prejudicados. 
Crédito

Os representantes do setor disseram à imprensa que será preciso crédito do governo para que os produtores enfrentem os problemas provocados pela greve dos caminhoneiros. Mais cedo, em entrevista exclusiva à EBC, o ministro Blairo Maggi já havia admitido a necessidade de crédito para auxiliar o setor. “O setor vai demandar crédito do governo senão vai ser um problema a mais que vai se refletir em inflação”, disse Camardelli.

Saiba mais


Fonte - Agência Brasil

PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROS - PONTOS DE CONCENTRAÇÃO EM RODOVIAS AUMENTAM PARA 616 NO PAÍS

Em balanço divulgado na tarde de hoje (29), o governo federal informou que há um total de 616 pontos ativos de concentração em rodovias federais no país. O número é ligeiramente superior ao de ontem, quando foram registrados 594 pontos de paralisação, mas, segundo integrantes do grupo de trabalho criado para monitorar a greve dos caminhoneiros, só há três pontos com interdição total das vias: na divisa entre Goiás e Distrito Federal (BR-070) e em rodovias não informadas do Ceará e de Minas Gerais.

Nos demais pontos, segundo as autoridades, não há bloqueios e o fluxo de veículos está liberado. A Polícia Rodoviária Federal informou ter feito 751 desinterdições em estradas federais.

“Vale ressaltar que, nesses pontos, os caminhões estão ao lado das rodovias, em pátios ou postos de combustível. Eles estão concentrados nessas localidades porque estão um tanto quanto receosos de circular nas rodovias [com medo de retaliação por outros grupos]. Por esse motivo, decidimos criar corredores livres [nas rodovias] para dar segurança e retomar a rotina no transporte de cargas do país”, informou o corregedor-geral da PRF, Célio Constantino da Costa.

Até agora, o governo liberou três corredores rodoviários: Vilhena (RO)/Rio Branco (AC), Caracaraí (RR)/Boa Vista (RR) e Belo Horizonte (MG)/Brasília (DF). Outros corredores serão ativados a partir de amanhã. Segundo a PRF, a ideia é que os caminhões comecem a circular em comboios escoltados por policiais. Com a normalização da circulação, a PRF e as polícias estaduais devem montar postos fixos em pontos estratégicos das rodovias para impedir a formação de novas aglomerações ou mesmo interdições da via por manifestantes.
Multas a caminhoneiros

De acordo com Célio Constantino da Costa, da PRF, foram encaminhadas à Advocacia-Geral da União 176 autuações contra caminhões baseadas na liminar concedida pelo Supremo Tribunal Federal na sexta-feira passada (25). Na decisão, ficou estipulada a aplicação de multas de R$ 100 mil por hora a entidades e R$ 10 mil por dia a motoristas que atuarem em bloqueios de rodovias. “Foram detectadas situações em que os caminhões estavam parados no acostamento da rodovia ou sobre parte da rodovia. Todas essas autuações foram feitas pela PRF de forma pulverizada no país”, detalhou.
Prisões de manifestantes

Até agora, foram efetuadas sete prisões em um ponto de concentração no interior do Maranhão. O governo não deu detalhes sobre a identidade dessas pessoas nem o local exato do incidente. Segundo o almirante de esquadra Ademir Sobrinho, chefe do Estado-Maior conjunto das Forças Armadas, as detenções ocorreram depois que os manifestantes se negaram a cumprir a ordem de desobstrução da rodovia dada pelas forças militares. “Aparentemente, foram populares não ligados a nenhum movimento; também não eram caminhoneiros. Houve uso da força porque as pessoas estavam reticentes em desbloquear as estradas”, justificou.

O governo também informou que houve situações de confronto entre manifestantes e forças de segurança em rodovias nas regiões de Seropédica e Barra Mansa, no estado do Rio de Janeiro, e em Rio Branco (AC). As ocorrências foram registradas entre ontem e hoje e não houve prisões.
Nível de abastecimento

O balanço apresentado aponta evolução nos carregamentos e entrega de combustível por caminhões-tanque. Segundo o almirante Ademir Sobrinho, o abastecimento já atingiu o volume de 30% da média diária normal. Até ontem, esse percentual estava em 13%. Até as 12h de hoje, haviam sido realizados um total de 572 comboios de caminhões-tanque a partir de seis bases prioritárias no país: São Paulo, Duque de Caxias (RJ), Paulínea (SP), Betim (MG), Araucária (PR) e Canoas (RS).

“Havia um grande desabastecimento de combustível e agora esse combustível está começando a chegar e está todo mundo com a reserva zerada. A prioridade [das entregas] são aqueles serviços essenciais, principalmente transporte urbano, ambulâncias e atendimento aos hospitais. Estamos transportando medicamentos”, informou. Além das bases prioritárias, comboios de caminhões-tanque distribuíram combustíveis em Pernambuco, no Ceará, Maranhão, em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e no Acre.
Intervenção militar

Perguntado sobre a participação de grupos que pedem intervenção militar nos protestos nas rodovias, o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas afirmou que defende a livre manifestação, mas não concorda com seu conteúdo. “Nós [os militares] estamos preocupados em fazer o Brasil andar. As pessoas são livres para manifestar sua vontade, mas não temos nenhuma concordância com isso. Seguimos a Constituição, a democracia”, ressaltou o almirante Ademir Sobrinho.

Mais cedo, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Sergio Etchegoyen, já havia dito que intervenção militar “é um assunto do século passado”. Ele ainda completou: “Eu vivo no século 21, quero construir um país, como todos militares queremos construir”.

Saiba mais



Da ASCOM

TRINDADE - HOMEM É ASSASSINADO A FACADAS NO SÍTIO ALTO ALEGRE

Um homem de 46 anos foi morto na noite de segunda-feira (28) em Trindade, no Sertão de Pernambuco. O crime aconteceu no Sítio Alto Alegre, na Zona Rural da cidade.

De acordo com informações do Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina, Jucelino Soares Gomes foi vítima de homicídio por arma branca. O corpo foi liberado.

Esse foi o 2º homicídio do mês de maio em Trindade e o 5º também de maio na Região do Araripe. Esse também foi o 6º homicídio do ano em Trindade e com esse crime já são 28 pessoas assassinadas na Região do Araripe de janeiro até agora.

Com informações do G1/ Petrolina

Foto - Fredson Paiva 

PETROLINA - DEVIDO À CRISE DE COMBUSTÍVEIS, 47ª JECANA DO CAPIM É ADIADA

A tradicional Jecana do Capim que seria realizada entre os dias 1º e 3 de junho, em Petrolina, foi adiada para os dias 15 e 17 do mesmo mês. A nova data do evento foi discutida nesta terça-feira (29), durante reunião com o prefeito, Miguel Coelho; o secretário de Cultura, Turismo e Esportes, Emicio Junior; a filha do fundador da festa, Maira Amariz e o radialista Sivuca.

A mudança ocorreu em comum acordo entre organizadores e prefeitura, uma vez que, o acesso ao interior está limitado em decorrência da crise de abastecimento de combustíveis. “Diante da realidade de desabastecimento por conta da greve dos caminhoneiros, decidimos adiar a 47ª Jecana para que possamos realizar um evento organizado, com toda segurança, estrutura e recursos que o Capim e os visitantes merecem. Prosseguimos com o planejamento junto à Associação e programação dos artistas”, anuncia o secretário da pasta.

A 47ª Jecana do Capim é uma realização da Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE), em parceria com a Associação de Moradores do Capim.

Sobre a Jecana do Capim:

A Jecana é realizada na comunidade do Capim, zona rural de Petrolina. Fundada pelo falecido radialista, Carlos Augusto Amariz, a festa ficou conhecida em todo o Brasil por homenagear o animal de tração mais popular no Nordeste: o jegue.

No total, são três dias de festa, começando sempre na sexta à noite com missa e abertura das barraquinhas; seguindo no sábado com o ‘Forró da Rabichola’ e no domingo com as competições do ‘Jegue Fashion’; ‘Corrida dos Burros’; o ‘Grand Prix Jeguistico’ e o ‘Forró do Poeirão’.

Da ASCOM

FUP - MESMO COM LIMINAR DO TST, PETROLEIROS DEFLAGRAM PARALISAÇÃO

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) anunciou hoje (30) que, mesmo com a liminar do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que considerou a greve abusiva, a paralisação da categoria foi iniciada e atinge refinarias, terminais e plataformas da Bacia de Campos. O movimento programou atos e manifestações ao longo do dia.

Pelo balanço da FUP, os trabalhadores cruzaram os braços nas refinarias de Manaus (Reman), Abreu e Lima (Pernambuco), Regap (Minas Gerais), Duque de Caxias (Reduc), Paulínia (Replan), Capuava (Recap), Araucária (Repar), Refap (RS), além da Fábrica de Lubrificantes do Ceará (Lubnor), da Araucária Nitrogenados (Fafen-PR) e da unidade de xisto do Paraná (SIX).

A FUP informou que não houve troca dos turnos da 0h nos terminais de Suape (PE) e de Paranaguá (PR). Segundo a federação, na Bacia de Campo os trabalhadores também aderiram à paralisação em diversas plataformas.

Reivindicações

Os petroleiros afirmam que o movimento é uma reação à política de preços dos combustíveis, de crítica à gestão na Petrobras e contra os valores cobrados no gás de cozinha e nos combustíveis.

A paralisação dos petroleiros ocorre três dias depois de o presidente Michel Temer e equipe negociarem um acordo com os caminhoneiros. Por mais de uma semana, os caminhoneiros pararam o país, provocando desabastecimento nos postos de gasolina, supermercados e prejuízos à economia.

Saiba mais




Da Agência Brasil

terça-feira, 29 de maio de 2018

ARARIPINA - BECO DO FORRÓ ADIADO!


REGIÃO DO ARARIPE - SUCESSO NA CAMPANHA CONTRA CRIMES AMBIENTAIS ORGANIZADA PELA PATRULHA AMBIENTAL

A Campanha organizada pela Patrulha Ambiental para orientar a população sobre questões relacionadas a crimes ambientais foi um grande sucesso, pois, esclareceu vários assuntos nos quais grande parte desconhecia, como a legislação que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, citados pela Lei 9.605/98 e pelo Decreto 6.514/08.
O trabalho foi realizado por ambientalistas e Gestores Ambientais parceiros da Patrulha Ambiental que afixaram cartazes na região do Araripe e cidades circunvizinhas onde constam orientações sobre os crimes, penalidades e contatos das instituições de fiscalização e repressão aos fatos nos referidos cartazes.

Os cartazes foram expostos em Delegacias, Escolas e Centros de ensino, repartições públicas e privadas e vários locais de grande movimento nas seguintes cidades do Estado de Pernambuco: Salgueiro, Parnamirim, Ouricuri, Trindade, Araripina, Bodocó e Cedro; no Estado do Piauí as cidades foram: Caldeirão Grande, Marcolândia, Simões e Fronteiras e no Estado do Ceará nas cidades de Jardim, Salitre e Araripe. 



A ocasião foi propícia, pois, ao mesmo tempo já havia operações e ações realizadas por diversos órgãos ambientais, coordenados pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Biodiversidade) Polícias Militares dos Estados do Piauí, Pernambuco que atuaram conjuntamente com a instituição Federal na proteção de pombais na região, onde ocorreram detenções, notificações, apreensão de veículos de pássaros e materiais relacionados ao crime.

As abordagens aconteceram e estão acontecendo em toda região, onde foram encontradas e destruídas várias esperas (locais onde os caçadores se escondem para facilitar a matança dos animais silvestres e consequentemente dificultar a visualização por parte das aves ou animais caçados).

Decreto 6.514/2008, relata o seguinte:

Art. 24. Matar, perseguir, caçar, apanhar, coletar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida:

Multa de: I - R$ 500,00 (quinhentos reais) por indivíduo de espécie não constante de listas oficiais de risco ou ameaça de extinção;
II - R$ 5.000,00 (cinco mil reais), por indivíduo de espécie constante de listas oficiais de fauna brasileira ameaçada de extinção constante ou não da Convenção de Comércio Internacional das Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção - CITES. 

Art. 29. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Multa de R$ 500,00 (quinhentos reais) a R$ 3.000,00 (três mil reais) por indivíduo. 

As penalidades às atividades lesivas ao meio ambiente são previstas na Constituição Federal:
“Art. 225. (...)

§ 3º As condutas e atividades consideradas lesivas ao meio ambiente sujeitarão os infratores, pessoas físicas ou jurídicas, a sanções penais e administrativas, independentemente da obrigação de reparar os danos causados.”
A política Nacional do Meio Ambiente também prevê penalidades disciplinares e compensatórias como um de seus instrumentos, mas não há na Constituição ou na PNMA uma especificidade quanto às penalidades. É neste ponto que entra a Lei 9.605/98.
As penalidades levam em conta a gravidade do fato, os motivos da infração, as consequências para a saúde pública e para o meio ambiente, os antecedentes do infrator e a situação econômica do infrator (no caso de multa). Se a ação lesiva ao meio ambiente for julgada “crime” pela lei de crimes ambientais, são definidas penalidades restritivas de liberdade (detenção ou reclusão) e multas (calculada segundo os critérios do Código Penal; se esta multa for considerada ineficaz, pode ser aumentada em até três vezes!). Em alguns casos (por exemplo, se o crime não for intencional) as penas restritivas de liberdade podem ser substituídas por restritivas de direito. Se a ação lesiva for julgada infração administrativa, ela é regulamentada pelo Decreto 6.514/08, e são definidas penas geralmente mais amenas como, por exemplo, advertências, multas, apreensão de produtos e restritivas de direito.

Foto: Patrulha Ambiental
Imagens: Google

ARARIPINA - BR-316 E PE-615 VOLTAM A SER BLOQUEADAS POR CAMINHONEIROS


O bloqueio de Araripina que tinha acabado no sábado 26/05, por volta das 15:00, voltou novamente na manhã de ontem segunda-feira 28/05. Os caminhoneiros e motoristas voltaram a bloquear uma via da pista após o anúncio do presidente Temer na noite de domingo 27/05. 
Segundos os manifestantes a paralisação não tem previsão de encerrar e apenas os carros pequenos e motos estão passando, juntamente com ambulâncias e veículos que transportam medicamentos. 
Veja abaixo mais fotos de como está o bloqueio em Araripina na BR-316, e PE- 615, estrada que dá acesso aos Distritos de Rancharia, Gergelim e Nascente na zona rural do município. 
Reportagem/ Fotos – Fredson Paiva

FORTALEZA - ARARIPINENSE SERÁ A REPRESENTANTE DE JUAZEIRO DO NORTE NO MISS CEARÁ LATINA 2018

A Jovem Modelo Amanda Alende de 23 anos é a mais nova representante da cidade de Juazeiro do Norte no concurso Miss Ceará Latina 2018. Modelo Profissional, a jovem é acadêmica em Nutrição e desenvolve desde o ano passado projetos sociais com o intuito de levar o empoderamento feminino para mulheres que sofreram violência doméstica. 

Amanda, atua no mundo miss desde 2017 e promete representar a capital da fé e do trabalho com toda garra da mulher Juazeirense.

A jovem é proprietária de uma agência de modelos na região do Cariri e em Pernambuco com um casting de mais de 150 modelos. Além disso, promove Workshops e cursos preparatórios para aqueles que buscam seguir na carreira de modelo, ministrando palestras e minicursos de postura, comportamento, passarela e automaquiagem.

Fonte - Blog do Martinho Filho

PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROS - GOVERNO DE PERNAMBUCO MANTÉM SERVIÇOS ESSENCIAIS FUNCIONANDO

O Governo de Pernambuco segue trabalhando 24 horas por dias para assegurar os serviços públicos essenciais à população do Estado. Sob o comando do governador Paulo Câmara, o Gabinete de Crise planejou um conjunto de ações que permitiram que as forças policiais continuassem combatendo a criminalidade nas ruas, a entrega de insumos às unidades da rede saúde pública pernambucana, a circulação de 100% da frota de ônibus no Grande Recife, a manutenção das aulas da rede de ensino estadual, entre outras medidas. Todo o serviço público estadual estará funcionando nesta terça-feira (29.05), inclusive escolas, unidades de saúde e de segurança pública.

“O governador tem liderado pessoalmente todas as operações que vêm sendo realizadas e pediu prioridade para que o combustível captado do Porto de Suape atenda toda a coletividade”, afirmou o secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, durante coletiva realizada nesta segunda-feira (28.05), no Centro Integrado de Comando e Controle Regional de Pernambuco (CICCR).

Stefanni registrou que, de ontem à noite até hoje, cerca de 50 caminhões saíram do Porto de Suape, no município do Ipojuca, para atender os serviços públicos essenciais. “O combustível disponível atendeu, primeiramente, as forças policiais, as ambulâncias e o transporte público. Além disso, uma parte chegou para o povo, que também precisa se locomover”, detalhou. “Na tarde de hoje, o governador Paulo Câmara esteve com o comandante militar do Nordeste, o general de Exército Artur Costa Moura, para planejar a saída de comboios para o Interior do Estado, pois sabemos que a situação do Interior é pior que a da Região Metropolitana”, complementou.

SEGURANÇA – O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, reforçou que o trabalho das forças de segurança de Pernambuco continua sendo realizada normalmente. “Nosso policiamento é lançado diariamente com o mesmo número que vem sendo lançado, com policiamento motorizado, de motos e viaturas, e a pé. Temos combustível suficiente para as nossas viaturas, levamos combustíveis para o Agreste e Sertão do Estado para que essas regiões continuem sendo policiadas da mesma forma que a capital”, explicou, ressaltando que o Governo do Estado tem conversado com o Comando Militar do Nordeste para traçar ações conjuntas de trabalho integrado para levar combustível a todo o Interior de Pernambuco.

Ainda no sentido de minimizar a falta de combustível em Pernambuco, Pádua destacou que, desde a semana passada, a SDS trabalha para montar escoltas policiais para viabilizar a ida de caminhões vazios para o Porto de Suape e o seus retornos para abastecer, especialmente, os serviços essenciais. “Caminhões-tanques de combustíveis vieram para abastecer não só o transporte público, mas a saúde e a segurança do Estado”, completou.

Pádua lembrou que o possível abuso de cobrança sobre o litro de gasolina e do etanol é passível de investigação criminal e até mesmo de prisão em flagrante. “É preciso lembrar que, na semana passada, postos de gasolina foram proibidos de vender e tiveram os combustíveis apreendidos e a pessoa responsável foi presa e conduzida à delegacia”, frisou.

SAÚDE – O secretário de Saúde, Iran Costa, assegurou que todos os hospitais da Rede Estadual de Saúde estão funcionando normalmente. “Estamos trabalhando, primeiro, para garantir o abastecimento de combustível para geradores, ambulâncias e transporte de paciente. Depois, para garantir a chegada de insumos. Temos trabalhado dia e noite para fazer com que os insumos cheguem dentro dos hospitais”, detalhou. Costa afirmou que, nesta segunda-feira (28.05), a pasta realizou uma ação fundamental para que os pacientes que necessitam de hemodiálise conseguissem fazê-la.

EDUCAÇÃO – O secretário de Educação, Fred Amâncio, registrou que todas as 1.054 escolas da Rede Pública Estadual funcionaram normalmente nesta segunda-feira (28.05) e que amanhã permanecerão abertas. O gestor destacou que, além da função pedagógica, as escolas públicas também têm uma função social. “É preferível que nossos jovens, muitos deles mais vulneráveis, estejam dentro das escolas do que nas ruas”, afirmou.

Fred também assegurou que nenhuma escola da Rede Estadual está sem merenda. “As equipes da pasta estão acompanhando os estoques de alimentos e do abastecimento do gás de cozinha. Efetivamente, já temos escolas com dificuldade em conseguir o gás de cozinha e, por isso, já foram realizadas mudanças no cardápio, mas a maior parte das escolas está fornecendo a merenda normalmente”, garantiu, reforçando que o Governo do Estado está trabalhando para que a entrega de gás de cozinha seja realizada de forma prioritária para o atendimento das escolas da rede pública.

SUAPE – Por determinação do governador Paulo Câmara, o presidente do Complexo Industrial de Suape, Marcos Baptista, informou a suspensão da cobrança do pedágio para os eixos suspensos dos veículos de transporte de cargas à Concessionária Rota do Atlântico - responsável pela administração da via expressa no Cabo de Santo Agostinho. A alteração visa ao cumprimento da isenção concedida, legalmente, sobre os caminhões de cargas que circularem vazios nas vias terrestres federais, estaduais, distritais e municipais, cuidando-se de realizar a documentação do volume de arrecadação suprimido. A mudança foi proposta via Medida Provisória editada, ontem, pelo Governo Federal.

Da ASCOM