ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

sexta-feira, 1 de julho de 2016

EXU, MOREILÂNDIA E JOÃO PESSOA - POLÍCIA CIVIL APRESENTA BALANÇO FINAL DA OPERAÇÃO RESPEITA JANUÁRIO

Apresentação foi feita pelos delegados, Lamartine Fontes, Lívia Callou e Jairo Marinho (Foto: Taisa Alencar / G1)
A Polícia Civil apresentou, ontem quinta-feira (30), o balanço final da 'Operação Respeita Januário', deflagada na última terça-feira (28), nas cidades de Exu e Moreilândia, no Sertão de Pernambuco e em João Pessoa, na Paraíba. A apresentação ocorreu na 26ª Delegacia Seccional de Petrolina, também no Sertão do Estado e contou com a participação dos delegados Lamartine Fontes, Lívia Callou e Jairo Marinho. 

Durante a 'Operação Respeita Januário' foram cumpridos 12 mandados de Prisão Preventiva, 32 mandados de Busca e Apreensão Domiciliar e um mandado de Sequestro de Bens contra integrantes de um grupo criminoso responsável pela prática de homicídios e tráfico de drogas.

De acordo com a delegada Lívia Callou, a operação começou no mês de março, com investigações na área de Exu, Moreilândia e que repercutiu no Estado da Paraíba. “Foram presas oito pessoas, porque existiam alvos com mais de um mandado. Apreendemos dinheiro, drogas, veículos utilizados para a prática delituosa, além de maquinário para a produção e separação de droga. Agora nós estamos focados em terminar os inquéritos policiais”, detalhou.

A delegada disse ainda como conseguiu chegar até a organização criminosa que agia na região. “Começamos investigando crimes de roubo e furtos no município de Exu e a partir dessas investigações, nós aprofundamos as diligências e conseguimos alargar um pouco mais os alvos. O que inicialmente era roubo e furtos, passamos a investigar homicídios e tráfico de drogas. Eram crimes que no geral estavam interligados e com a participação de empresa de segurança privada e organizações criminosas. Os homicídios eram por vingança e pistolagem”, relatou.

Em João Pessoa, na Paraíba, foram realizadas duas prisões. No Estado a operação ficou sob responsabilidade do delegado Jairo Marinho. “Nos dirigimos para a cidade de João Pessoa, porque a princípio tinha um alvo lá. No domingo eu e minha equipe fomos até a cidade para localizar o suspeito. Ele foi encontrado na noite da segunda-feira (27). Contra ele existiam três mandados de prisão.

O segundo suspeito foi preso também na cidade, pelo crime de homicídio, praticado em Exu. “Sabíamos que tinha uma segunda pessoa que tinha mandado de prisão em aberto desde 2011. Uma pessoa que cometeu o crime de homicídio contra o próprio irmão. Nós conseguimos o endereço e prendemos esse segundo suspeito”, explicou Jairo.

O delegado enfatizou ainda que os crimes foram cometidos em Exu, mas que após o delito, os suspeitos passaram a residir em João Pessoa, na Paraíba.

O delegado Lamartine Fontes,destacou a importância da operação. "É um trabalho muito importante, com oito pessoas presas. Pessoas que estavam envolvidas em assaltos, homicídios e tráfico de drogas na região de Exu e Moreilândia. É importantíssimo para que a gente possa reduzir os números de Crimes Violentos Letais e Intencionais e de roubos na região", disse.

Do G1 Petrolina

Nenhum comentário: