ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

SQS

SQS

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

terça-feira, 8 de março de 2016

ARARIPINA - EXPLOSÃO PARA DESTRUIÇÃO DE PEDREIRA NAS IMEDIAÇÕES DA CACHOEIRA ESTREMECEU TODA A CIDADE NA NOITE DE ONTEM

 
Uma forte explosão por volta das 19:00 de ontem, segunda-feira 07/03, deixou a população da zona urbana de Araripina em pânico, principalmente no Centro, Loteamento Paraíso, Loteamento Raimundo Félix, Bairro Universitário, Alto da Boa Vista, Vila Batista, Avenida Perimetral, e outros bairros próximos.

Todos estavam em casa quando foram surpreendidos com a explosão na Avenida Perimetral, provocados por dinamite para explodir uma pedreira nas imediações da cachoeira, onde em breve serão construídas residências em um novo loteamento. Até o corpo de bombeiros foi acionado ao local para resgatar possíveis feridos.
Acontece que a empresa, que até agora não se pronunciou e nem se identificou, fez a explosão na calada da noite sem nenhum aviso prévio ou nenhuma divulgação nos meios de comunicação explicando que iria explodir a pedreira.

O resultado foi pânico geral com as pessoas saindo de dentro das casas desesperadas e correndo para o meio da rua. “Eu pensei que fosse a explosão de um posto de gasolina ou a colisão entre dois caminhões carregados de combustível, disse um morador do Loteamento Paraíso.
Outro morador do Loteamento Raimundo Félix brincou: “Achei que era um foguete do Estado Islâmico que havia atingindo Araripina ou então uma bomba bem grande que havia destruído a prefeitura com todos os corruptos dentro.

Já moradores do Centro pensavam que bandidos haviam explodido alguma agência bancária nas imediações da Igreja Matriz. O que a população ficou revoltada foi o fato da surpresa e casas nas imediações que podem ter sofrido alguma avaria com a explosão, sem falar que pedras enormes foram arremessas a longas distâncias, podendo atingir pessoas, casas ou automóveis. Por sorte não havia ninguém realizando caminhadas na Perimetral e apenas uma máquina estava na pista com o operador para avisar as pessoas que ali passavam que iria ocorrera explosão.
A polícia civil de Araripina deverá apurar o caso e chamar os responsáveis pela explosão, até porque várias pessoas já procuraram o órgão para denunciar o fato. A empresa ou responsável pelo estrondo também não sinalizou devidamente a Avenida Perimetral e nem disponibilizou veículos com sirenes ligadas para alertar sobre a explosão. Agora o fato virou caso de polícia.

Por Fredson Paiva

Fotos - Reprodução Whatsapp

Nenhum comentário: