ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PERNAMBUCO

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

segunda-feira, 5 de junho de 2017

MATA SUL PERNAMBUCANA - PAULO CÂMARA COORDENA MEDIDAS PARA O ENFRENTAMENTO DO IMPACTO DAS ENCHENTES

O governador Paulo Câmara e a primeira-dama Ana Luiza reuniram, ontem domingo, no Palácio do Campo das Princesas, os coordenadores dos Gabinetes de Crise instalados nos municípios em estado de Emergência, devido às fortes chuvas da semana passada. Na ocasião, foi realizada uma avaliação detalhada de todas as ações desenvolvidas até o momento pela Operação Prontidão e traçado o planejamento das medidas que serão realizadas nos próximos dias e a longo prazo.

Coordenador do Gabinete de Crise Central, o secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, pontuou que o encontro resultou em encaminhamentos que contribuirão na assistência à população impactada e na reestruturação das áreas atingidas. 

"A reunião foi um relato do que era necessário para os próximos dias. Foi uma reunião muito produtiva, saímos com vários encaminhamentos que serão tomados à partir de hoje, uma vez que o Gabinete de Crise Central continua funcionando, para que a gente atenda bem aos pernambucanos que foram atingidos pelas cheias", finalizou.

Entre os encaminhamentos definidos, Márcio Stefanni citou a postergação da cobrança do imposto sobre circulação de mercadorias e prestação de serviços (ICMS) para os comerciantes que atuam nas áreas impactadas, o abono nas contas de água pela Compesa à população, a antecipação de duas parcelas do programa Chapéu de Palha para os beneficiários dos municípios atingidos e a contratação imediatas de novos fornecedores que estão abastecendo as cidades (colchões, fronhas, travesseiros e outros itens).

Até agora, foram mais de 106,5 toneladas de alimentos distribuídos pelo Governo de Pernambuco às pessoas atingidas, além de outros itens como 41,5 toneladas de roupas, 88.800 m² de lonas de proteção, 7.705 kits dormitórios, 6.223 unidades de colchões, 117,165 litros de água potável e 4.540 unidades de kits de limpeza.

BALANÇO - O último balanço do Gabinete de Crise Central registra 3.252 desabrigados (abrigados em prédios públicos) e 43.605 desalojados (abrigados em casas de parentes ou amigos).

PERNAMBUCO TEM 27 MUNICÍPIOS EM ESTADO DE EMERGÊNCIA

A partir das novas informações coletadas pela Defesa Civil do Estado, o Governo de Pernambuco decretou, ontem domingo (04.06), estado de Emergência em mais três cidades, são elas: São José da Coroa Grande, Bonito e Escada. A medida será publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (05.06). Com a inclusão, Pernambuco passa a contabilizar, agora, 27 municípios nesta lista, contando com os 24 já divulgados anteriormente. Até o momento, o número de desalojados está em 43.605 e o de desabrigados é de 3.252.

Após a avaliação do cenário e conclusão da necessidade do decreto, equipes técnicas da Defesa Civil Estadual e do Corpo de Bombeiros serão, agora, enviadas às novas cidades em estado de Emergência para a execução das primeiras medidas de assistência à população em cada uma dessas localidades. 

O coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Luiz Augusto, explicou o que muda com a intervenção. “Decretado o estado de Emergência, essas cidades passarão a ser assistidas, também, pelos recursos destinados pelo Governo Federal, além de toda a assistência já oferecida pelo Estado”, ressaltou.

DONATIVOS - Ao longo da semana, os diversos pontos de arrecadação implantados pelo Governo do Estado têm registrado um acréscimo permanente no número de donativos doados pelos milhares de pernambucanos que se solidarizaram com a causa. Até o momento, foram entregues aos municípios em estado de Emergência cerca de106,5 toneladas de alimentos, 117.165 litros de água potável, 41,5 toneladas de roupas, 88.800 metros quadrados de lona, 4.540 kits limpeza e 7.705 kits dormitório e 6.223 colchões.

FRALDAS – Apesar do aumento das doações, um item de extrema necessidade, a fralda, ainda encontra-se em baixa nos postos de arrecadação. A alta demanda pelo produto foi relatada pelo Gabinete de Crise Central e, por isso, o Governo de Pernambuco faz um apelo à população para que sejam priorizadas as doações de fraldas, de qualquer tamanho, seja geriátrica ou infantil, e de itens de higiene pessoal, como absorventes.

INSPIRADO POR RIVÂNIA, ESTADO DISTRIBUIRÁ KITS DE LIVROS PARA ESCOLAS MUNICIPAIS E ESTADUAIS

Paulo Câmara afirma que estudante de São José da Coroa Grande é um "símbolo e um exemplo". Governo distribuirá kits de livros para escolas municipais e estaduais das cidades afetadas pelas chuvas. Paulo visitará hoje a escola de Rivânia

O governador Paulo Câmara vai visitar nesta segunda-feira (05/06) a menina Rivânia Rogéria dos Ramos Silva, de 8 anos, moradora do distrito de Várzea do Una, zona rural do município de São José da Coroa Grande (Mata Sul de Pernambuco). Durante as fortes chuvas que caíram na região no início da semana, Rivânia e seus avós, Eraldo Luiz de Lima e Maria Ivane da Silva, foram resgatados. Pouco antes, a avó recomendou que a menina levasse apenas o mais importante. E Rivânia escolheu levar seus livros. A história ganhou repercussão nacional. A menina estuda na Escola Municipal Várzea do Una.

“Rivânia é um símbolo e um exemplo para todos nós. É uma história edificadora no meio de tanta dificuldade, de tanta tragédia”, ressaltou Paulo Câmara. De acordo com o governador, Rivânia inspirou o Governo a entregar kits de livros a todas escolas municipais e estaduais dos municípios castigados pelas chuvas.

“Outras tantas Rivânias estão espalhadas por Pernambuco e pelo Brasil. São elas, com uma educação de qualidade, com a atenção do poder público que vão mudar a realidade da gente”, disse o governador Paulo Câmara. “Rivânia simboliza o trabalho incansável que estamos realizando agora, pensando no futuro, para que episódios como esse não voltem a se repetir", explicou.

Da ASCOM

Nenhum comentário: