ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

SQS

SQS

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

REGIÃO DO ARARIPE – POLÍCIA CIVIL CONTINUA INVESTIGADO OS 04 ASSASSINATOS REGISTRADOS NO ÚLTIMO DOMINGO EM EXU, BODOCÓ E TRINDADE


Policiais civis do Departamento de Homicídios da 24ª DESEC de Araripina continuam investigando os 04 homicídios registrados no último domingo 27/08, em 03 cidades da Região do Araripe, sendo elas Exu, Bodocó e Trindade.

No município de Exu por volta das 10:00 da manhã, a vítima foi a pessoa de Thamenson Julio Duarte Borges, de 20 anos, o qual foi assassinado com vários disparos de arma de fogo efetuados por um elemento não identificado que fugiu de moto, crime ocorrido na Rua José Arnaldo, no Bairro Nossa Senhora Aparecida.

Ainda segundo a polícia a vítima era conhecida pala alcunha de Rato, ex- presidiário pela prática de vários crimes praticados no município, dentre eles, tentativa de homicídio, roubo a mão armada, tráfico e uso de drogas. 

No município de Bodocó a vítima foi o agricultor Antônio Maurício da Silva Nascimento, de 35 anos, o qual morto a tiros por pistoleiros em uma casa de jogo no Centro da cidade, por volta das 15:00. Populares relataram que dois homens não identificados chegaram em uma motocicleta, sendo que o passageiro desceu, se aproximou da vitima e atirou, em seguida fugiram.

O terceiro homicídio do domingo aconteceu no Sítio Mandacaru, na zona rural de Trindade, por volta das 17:30, tendo como vítima a pessoa de Antônio Carlos do Nascimento, de 38 anos.

Conforme informações policiais e relatos de familiares, quatro elementos não identificados em um veículo Fiat Siena de cor branca, adentraram na residência e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra a vítima que morreu no local.

Após o crime os elementos levaram uma TV e um aparelho celular da residência e fugiram tomando destino ignorado. Ainda segundo a polícia a vítima era ex- presidiário. 

O último crime do domingo também aconteceu em Exu, por volta das 21:20, na Vila Popular Velha-2, tendo como vítima o vaqueiro Antônio Jamerson de Souza Correia, de 21 anos.

Conforme informações policiais, a vítima estava na calçada da sua casa acompanhado da sua mulher, quando se aproximou um carro de cor prata, onde desceu um homem com uma arma curta na mão e desferiu vários disparos na vítima, alvejando-o fatalmente. 

Após o episódio a esposa da vítima foi socorrida para a emergência hospitalar em estado de choque. No ínterim do acontecido foi revelado que a vítima anteriormente teve um desentendimento com uma pessoa residente na sua rua, tendo o agredido a pauladas na parceria de alguns amigos. 

Foi informado ainda que a vítima respondeu um processo criminal por porte ilegal de arma de fogo na cidade de Exu. O homicida não foi identificado e fugiu tomando destino ignorado. Com esses 04 crimes registrados no domingo nessas 03 cidades, agora já são 85 pessoas assassinadas na Região do Araripe de janeiro até agora.

Fonte – Polícia Militar de Pernambuco

Reportagem/ Foto – Fredson Paiva

DE NOVO - COMBUSTÍVEIS MAIS CAROS PARA OS BRASILEIROS

A Petrobras elevará os preços dos combustíveis a partir desta sexta-feira, 1º de setembro. Nas refinarias, a gasolina subirá 4 2% e o diesel, 0,8%.

A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores. 

Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente. 

Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.

Do Diário de Pernambuco

ARARIPINA - VEM AÍ A 1ª NOITE DA POESIA NA PASTELARIA A SABOROSA


ARARIPINA - DOMINGO TEM FURDUNÇO EM MARIA DE LÓ COM ZÉ ESTRELA E LUIS PAULO STYLLE


IPUBI - PROGRAMAÇÃO OFICIAL DA FESTA DE AGOSTO


APRESENTAÇÕES GRATUITAS - SONORA BRASIL LEVA COCO DO ZAMBÊ AOS SERTÕES DO SÃO FRANCISCO E ARARIPE


Após passar por Triunfo, no Sertão do Pajeú, o projeto Sonora Brasil, realizado pelo Sesc, chega ao Sertão do Araripe e do São Francisco para apresentar o Coco de Zambê. No dia 1º de setembro, a Capela dos Santos Reis, localidade da Várzea do Meio, em Bodocó, recebe o grupo partir das 20h. No dia 2, é a vez do público de Araripina dançar ao som do Coco às 20h, no Lions Club. Em Petrolina, a apresentação acontece no domingo (3/9), no mesmo horário, no Teatro Dona Amélia. O acesso é gratuito ao público. 

O Coco de Zambê é encontrado principalmente no município de Tibau do Sul, litoral do Rio Grande do Norte. A manifestação cultural, de acordo com pesquisadores, chegou aos engenhos de cana-de-açúcar e colônias pesqueiras da região através de africanos escravizados.

Dois tambores estão presentes na maioria dos grupos que praticam o Coco de Zambê: o próprio Zambê, também conhecido como pau furado ou oco de pau, que é maior e mais grave, e o Chama, ambos construídos artesanalmente com troncos de árvores da região. Além desses tambores outros instrumentos de percussão podem ser encontrados, inclusive lata de tinta reaproveitada. 
Entre as particularidades do Coco de Zambê, destaca-se que os brincantes se revezam reverenciando o tambor e realizando passos livres de grande energia que lembram movimentos da capoeira e do frevo. Uma de suas principais características é o fato de ser praticado apenas por homens.

SONORA - Em sua 20ª edição, o projeto é o maior em circulação pelo País, e até o mês de novembro apresenta quatro grupos com o tema “Na pisada dos cocos”. No mês de julho, a programação foi aberta com o Coco do Iguape, de Fortaleza-CE, que também se apresentou nessas cidades. A iniciativa traz expressões musicais fortes, mas ainda pouco difundidas e que integram o cenário cultural brasileiro. 

Serviço: Sonora Brasil

Coco de Zambê

1/9, 19h30h – Capela dos Santos Reis, Várzea do Meio (Bodocó)

2/9, 20h – Lions Club (Araripina)

3/9, 20h – Teatro Dona Amélia (Sesc Petrolina)

Da Dupla Comunicação para o Blog do Fredson

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

IDEPE - ROBERTA ARRAES PARABENIZA GESTORES, PROFESSORES E ESTUDANTES DA REDE ESTADUAL

A deputada Roberta Arraes (PSB), fez uso da tribuna da Alepe na tarde de ontem (29), para parabenizar os gestores, professores e estudantes da rede estadual, premiados por se destacarem no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco (IDEPE) no ano de 2016. A solenidade foi comandada pelo governador Paulo Câmara.

Os resultados do IDEPE são calculados com base no Sistema de Avaliação da Educação Básica de Pernambuco (SAEPE), que mede anualmente o grau de domínio dos estudantes nas habilidades e competências considerados essenciais em cada período de escolaridade avaliado. Esse ano a média apresentada foi de 4,1, ultrapassando a média nacional que é 3,5.

Roberta parabenizou o Governo do Estado, afirmando em seu discurso, que isso só comprova os avanços que Pernambuco vem tendo na educação desde a gestão do ex-governador Eduardo Campos. “Parabenizo a todos os premiados, além de parabenizar o comprometimento do governador Paulo Câmara, que vem dando continuidade com investimentos em ações e programas, priorizando a educação em nosso estado, com o empenho também do Secretário de Educação Frederico Amâncio”, afirmou.

Ainda em seu pronunciamento, a parlamentar informou que dos 14 municípios que tiveram as maiores notas do IDEPE, 11 são do Sertão do Pajéu, trazendo também um outro dado: baixo índice da criminalidade. “A escola não transmite apenas conhecimentos, mas também transforma cidadãos”, finalizou.

Da ASCOM

ALIANÇA MOTOS - SUA CONCESSIONÁRIA HONDA PARA ARARIPINA E REGIÃO

ECONOMIA - BANCO CENTRAL LANÇA CAMPANHA PARA INCENTIVAR CIRCULAÇÃO DE MOEDAS

O Banco Central (BC) lançou hoje (30) campanha nacional para incentivar a circulação de moedas no país. Um vídeo que será veiculado nas mídias sociais vai mostrar à população a importância de retirar moedas de cofrinhos, gavetas e cinzeiros, por exemplo, para aumentar a oferta do numerário, facilitar o troco e reduzir o gasto público.

“É papel do Banco Central sensibilizar o público quanto à necessidade de promover a recirculação das moedas guardadas, pois o entesouramento, além de contribuir para a dificuldade de troco, motiva a necessidade de produção de novas moedas, cujos custos têm sido crescentes. A recirculação de moedas contribui para a redução do gasto público”, disse o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, ao lançar a campanha.

De acordo com Goldfajn, o custo de suprimento de moedas alcançou cerca de R$ 243 milhões, no ano passado. “Além disso, colocar moedas para circular é bom para o setor real da economia e bom para o meio ambiente. Fabricar menos moedas implica, por exemplo, economia de energia e de minérios”, destacou.

Goldfajn disse também que o conjunto das moedas entesouradas representa cerca de 35% do total. Se foram consideradas quase 25 bilhões de moedas de Real, emitidas desde 1994, chega-se ao número estimado de 8,7 bilhões de moedas entesouradas, o que corresponde aproximadamente a R$ 1,4 bilhão.

“A quantidade de moedas hoje alcança R$ 6,3 bilhões em valor, o que corresponde a uma disponibilidade por pessoa de R$ 31 em moedas, equivalente a 123 unidades por habitante”, acrescentou Goldfajn.

O presidente do Banco Central disse ainda que, no ano passado, foram postas em circulação 761 milhões de unidades de novas moedas, 11% acima do total disponibilizado eem 2015 (685 milhões). Neste ano, até o dia 31 de julho, já foram postas em circulação 434 milhões de novas moedas.

Antes do discurso de lançamento da campanha, Goldfajn depositou R$ 3,90 em moedas em uma máquina do BC. A máquina emite um recibo que serve para trocar por cédulas no Banco Central. O equipamento só está disponível para funcionários da instituição. No entanto, Goldfajn disse que a iniciativa poderá ser levada a outros órgãos.

Da Agência Brasil

PETROLINA - PARCERIA ENTRE PREFEITURA E FUNDAÇÃO GARANTE REESTRUTURAÇÃO DA PHILARMÔNICA 21 DE SETEMBRO

Uma aula inaugural realizada na noite de ontem terça-feira (29) marcou o início de uma nova fase da Philarmônica 21 de Setembro, em Petrolina. Isso porque a prefeitura, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes firmou um acordo de cooperação técnica com a Fundação Nilo Coelho garantido a reestruturação e ampliação do número de músicos da banda.

Em sua nova etapa, uma da mais antigas expressões musicais de Petrolina, ganha evidência com seu corpo musical que antes era composto por 14 músicos e agora passa a contar com cerca de 60 integrantes entre técnicos e músicos.

O evento contou com a presença da gestora da fundação Nilo Coelho, Beatriz Coelho, além dos novos membros da equipe e o maestro Hélio Lima que comemorou a conquista. Segundo ele, a nova composição abre portas para a descoberta de talentos.

“Com esta parceria, a prefeitura mais que dobrou o número de músicos, deu oportunidade a jovens instrumentistas de nossa cidade e abriu portas para que novos talentos sejam descobertos. Um dos pontos positivos e que melhoramos tecnicamente o quadro de músicos já que agora teremos baracheis em saxofone e trompete, por exemplo. Então, de fato vivenciamos uma nova fase com músicos extremamente capacitados que vão enriquecer ainda mais a Philarmônica”, disse o maestro.

Os novos membros da Philarmônica 21 de Setembro foram selecionados na última semana após um processo seletivo realizado pela Fundação Nilo Coelho. Outra novidade desta nova fase é o retorno do maestro Fernando Rêgo o qual dirigiu a Philarmônica por mais de 17 anos e agora volta às fileiras da banda como clarinetista.

Fundada em 1910 por Juvêncio Rodrigues Coelho, a Philarmônica 21 de Setembro foi regida inicialmente pelo maestro Ciciliano Carvalho e contou com a colaboração de figuras ilustres como a petrolinense, Adelaide Ribeiro, o literato Cid Carvalho, entre outros. Atualmente a orquestra está sob a regência do maestro Hélio Lima e os ensaios acontecem de segunda a quinta-feira a partir das 19h no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho.

Da ASCOM

ARARIPINA - PROFESSORA DIVULGA CARTA DE RETRATAÇÃO PÚBLICA POR OFENSA AO EX-PREFEITO ALEXANDRE ARRAES

                                                 Carta de Retratação Pública


Eu, Girlândia da Conceição de Sousa Ferreira, professora da rede de ensino municipal de Araripina-PE, venho publicamente, atendendo ao ACORDO FIRMADO NOS AUTOS DO PROCESSO JUDICIAL Nº 0000080-09.2017.8.17.0210, retratar-me por declarações proferidas contra o ex-prefeito de Araripina-PE, o Sr. Alexandre José Alencar Arraes.

No dia 02 de janeiro de 2016, fiz declarações acerca da administração do então prefeito, Alexandre José Alencar Arraes, em que atacava sobremaneira a honra e a dignidade do mesmo, instigando a população desta cidade contra ele, de forma difamante e caluniosa.

Diante do exposto, faço saber à população em geral que minhas declarações não foram condizentes com os princípios que regem a prática da boa política e do bom convívio social, esclarecendo que em nenhum momento pretendi imputar a ele práticas antiéticas ou ilegais. Desta forma, peço DESCULPA a pessoa de Alexandre Arraes, ex-prefeito de Araripina, pelas declarações levianas por mim proferidas e que não condiz com a realidade, esclareço ainda que esta não é minha forma de exercer meus direitos e lutar por eles, sendo, portanto, uma situação isolada que não reflete a minha conduta em sociedade, uma vez que, assim como Sr. Alexandre José Alencar Arraes, na minha vida pessoal e profissional prezo pelos valores de ética e moral, sempre respeitando o próximo.

Assim sendo, volto atrás no que firmei naquele momento, repudiando minha atitude leviana, e espero a compreensão do Sr. Alexandre José Alencar Arraes, que fora ofendido por minhas palavras. 

GIRLÂNDIA DA CONCEIÇÃO DE SOUSA FERREIRA

PROFESSORA DO MUNICÍPIO DE ARARIPINA


RECONHECIMENTO - Dr. ARNALDO DELMONDES DEFENDE A VALORIZAÇÃO DO BLOGUEIRO COMO PRODUTOR DE CONTEÚDOS DE INTERESSE PÚBLICO


Dr. Arnaldo Delmondes, advogado trabalhista defensor dos direitos das classes minoritárias, entre elas, os trabalhadores de transportes coletivos como cobradores e motoristas de ônibus no Recife e RMR. Além dos trabalhadores dos transportes públicos, “Dr. Arnaldo do Coletivo” comprou a briga da Associação dos Blogueiros de Pernambuco – ABLOGPE, instituição que defende a democratização da mídia e o fomento para a profissionalização da profissão.

A instituição representa mais de 300 blogueiros produtores de conteúdos midiáticos dos mais diversos assuntos espalhados por todas as regiões do estado. Segundo Paulo Fernando, presidente da ABLOGPE, a instituição tem se sustentado nos limites para manter a luta pela profissionalização da profissão e formação de novos produtores de conteúdos de interesse público. “não temos uma política pública que reconheça os produtores de conteúdos, que muitas vezes denuncia irregularidades nas ações dos governos e dos órgãos públicos primeiro do que as autoridades e a própria polícia.” Reclamou Paulo Fernandes.

A ABLOGPE acusa a mídia tradicional de abocanhar todos os investimentos do governo e não oferecer nenhuma contrapartida na democratização da comunicação no estado. Para se ter uma ideia, somente em 2016, foram destinados mais de $100 milhões para as grandes TV´s como Globo Nordeste, Band, SBT e Record, além dos grandes jornais Diário de Pernambuco, Jornal do Commercio, entre outros.
Em visita na sede da associação dos blogueiros, Dr. Arnaldo garantiu que irá disponibilizar uma banca de advogados especializados para dar apoio as ações da associação e aos blogueiros que manifestem interesse em se profissionalizar para garantir a democratização da comunicação. Outra ação imediata de Dr. Arnaldo que irá pleitear uma vaga de deputado federal em 2018, é a elaboração de uma pesquisa jurídica para construção de um projeto de lei que ofereça as condições necessárias para a profissionalização da profissão e acesso aos recursos para promover a democratização da comunicação.

Dr. Arnaldo tem andado do litoral ao Sertão e identificado um grande potencial nos produtores de conteúdos públicos digitais em todas as regiões. “Eu vejo no blogueiro um representante do povo. É o blogueiro quem primeiro denuncia quando algo vai errado nas ações dos governos ou entidades públicas. É por isso que precisa ser reconhecido e assegurada a sua integridade física.” Garantiu Dr. Arnaldo.

Fonte - Blog Casa de Abelha

Fotos - Fredson Paiva

RECIFE - DEPUTADA ROBERTA ARRAES PARTICIPA DO 14º CONGRESSO ESTADUAL DO PSB


A deputada estadual Roberta Arraes (PSB), o ex-prefeito de Araripina Alexandre Arraes e o jovem Alexandre Arraes Filho participaram do 14º Congresso Estadual do PSB ontem no Recife Praia Hotel. O presidente local da sigla, Sileno Guedes, foi reconduzido para o triênio 2017-2020. Foram eleitos também os membros do Diretório e da Executiva regional. Nos discursos, o tom foi o mesmo: convocar a militância para a reeleição do governador Paulo Câmara. Participaram do congresso, Renata Campos, Felipe Carreras, Tadeu Alencar e o presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira. O vice-governador do estado, Raul Henry (PMDB).

ROBERTA ARRAES

Segundo Roberta, o governo do estado tem atendido suas solicitações de demandas para o Araripe: "após as atuações do nosso gabinete propondo melhorias e liberando recursos através de emendas para obras e ações na área de segurança pública, saúde, educação, emprego e renda o povo tem sentido a presença do governo estadual na região. Iremos continuar firmes dessa proposta de ofertar dignidade e respeito com o povo pernambucano através do nosso mandato. Afirmou Roberta Arraes.

SILENO GUEDES 

"Paulo, hoje o partido está reunido para dizer que quer você governador de novo. Esse povo vai para a rua defender sua reeleição”, afirmou Sileno. 

JOÃO CAMPOS

O chefe de gabinete do governador, João Campos, foi dos mais enfáticos na defesa da reeleição: “Precisamos honrar o legado que nos foi deixado. No próximo ano, teremos a missão de reconduzir esse time na gestão do governo”.

GERALDO JÚLIO

O prefeito do Recife, Geraldo Julio, disse que “estamos vivendo um tempo em que o Brasil oficial tem olhado pouco para o Nordeste e, mesmo nos tempos de dificuldade, existe um novo líder”. A militância respondia com gritos de “Paulo de novo, governador do povo”.
O jovem Alexandre Arraes Filho, estudante do 9º período de direito, passa a coordenar as políticas segmentadas para jovens em Araripina. Alexandre Filho já demonstrou vocação para a política ainda na infância quando sempre fazia questão de participar das campanhas do PSB juntamente com seu pai o ex-prefeito de Araripina Alexandre Arraes e sua mãe a deputada estadual Roberta Arraes. "Muito se fala que o jovem não tem interesse na participação política. Isso não é verdade. Nós provamos o contrário todos os dias. A Juventude socialista de Araripina abre suas portas para todos aqueles que queiram contribuir na formação de uma cidade cada vez melhor". Segundo Alexandre Filho o partido irá promover uma agenda positiva de atividades para formação política no município. 

Fonte - 
Diário de Pernambuco/ Blog Casa de Abelha

CONFIRMADO - LULA FARÁ ATO NA PRAÇA VOLUNTÁRIOS DA PÁTRIA EM OURICURI NESTA QUINTA-FEIRA

Após os atos pelo Recife e Região Metropolitana, nos dias 24, 25 e 26 de agosto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) volta a Pernambuco, na próxima quinta-feira. A Caravana Lula pelo Brasil aportará no Sertão do Estado, no município de Ouricuri. Vindo do Ceará, a caminho do Piauí, o cacique petista participa do ato “Pelo Semiárido, pelos direitos e por Lula”, a partir das 15h, na Praça Voluntários da Pátria.

O ato é coordenado pela direção estadual do PT e pelo prefeito de Granito, João Bosco. Para tanto, o presidente estadual da legenda, Bruno Ribeiro, está em contato com o partido na região para mobilizar a participação dos petistas na atividade, que contará com a participação de grupos de artistas e autoridades locais.

“Todo Sertão nordestino tem uma grande admiração por Lula, pelo que ele fez durante os anos de governo em prol das pessoas mais carentes”, disse o prefeito João Bosco. “Estamos passando por cinco anos de estiagem, de seca, mas o homem do campo está conseguindo sobreviver sem passar por necessidades graças aos programas sociais que vão ajudando o produtor a adquirir a sua condição de viver”, concluiu.

Segundo o gestor, programas como Garantia-Safra, programa de cisternas implementado por meio da Codevasf, poços artesianos, a Transposição do São Francisco e o Luz para Todos, além do aumento do piso salarial dos professores, melhoraram a qualidade de vida das pessoas do campo.

A viagem do ex-presidente Lula entre agosto e setembro é a primeira etapa de um projeto que deve alcançar todas as regiões do país nos meses seguintes.

A caravana conta com a participação da Fundação Perseu Abramo, que lançou recentemente o Programa Brasil em Movimento, com o objetivo de elaborar uma estratégia para o futuro do País.

No último sábado, Lula realizou ato da caravana em Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife. A atividade foi a última dos três dias de passagem pela capital pernambucana. No local, ele conversou com os moradores e visitou a Associação de Pescadores do bairro.

Fonte - Folha de Pernambuco/ Blog do Roberto Gonçalves

ENCCEJA EM PERNAMBUCO TEM MAIS DE 8,9 MIL INSCRITOS - PROVA SERÁ APLICADA EM 22 OUTUBRO

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para residentes no Brasil (Encceja Nacional) teve 8.930 inscritos em Pernambuco para a edição de 2017. Desses, 1.220 farão provas para o ensino fundamental, e 7.710 para o ensino médio. O exame será aplicado em 22 de outubro nos municípios distribuídos em todo o estado. Ao todo 1,5 milhão de farão a prova em todo o País. “O número de inscritos superou as expectativas do governo federal. O Encceja atende um processo de inclusão e de valorização dos jovens que querem ampliar sua escolaridade, possibilitando a certificação não só no ensino fundamental, como também no ensino médio”, explicou o ministro da Educação Mendonça Filho que também reafirmou o caráter social do exame. “É o alcance de etapas importantes na formação educacional. Significa, em termos práticos, a possibilidade de buscar um curso profissional, um melhor emprego, uma melhor oportunidade de trabalho”.

Com as mudanças e o aperfeiçoamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, o papel de certificação dos ensinos fundamental e médio voltou a ser realizado pelo Encceja, que é o exame adequado para esse fim, em uma parceria com estados e municípios. As mudanças foram apresentadas em março e são resultado do amplo debate promovido pelo MEC, que promoveu uma Consulta Pública por meio do Inep entre 18 de janeiro e 17 de fevereiro deste ano. “Essa desvinculação histórica que existia com relação ao Enem é muito importante. Ela faz com que a aplicação desse processo de avaliação se dê mais adequadamente, atendendo as expectativas daqueles que buscam a certificação e a ampliação da sua escolaridade”, finalizou o ministro.

O Encceja é realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao MEC, mas compete às secretarias estaduais de Educação e aos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia definirem os procedimentos complementares para certificar os participantes ou emitir a declaração parcial de proficiência, com base nos resultados do exame.

Na avaliação da presidente do Inep, Maria Inês Fini, as secretarias estaduais de educação têm um papel fundamental no exame. “Elas disponibilizam todos os locais de prova. Isso operacionaliza melhor o exame, mas, acima de tudo, faz a certificação correta daqueles que buscam terminar o ensino fundamental ou o ensino médio”.

Ao destacar a importância do Encceja Nacional, a secretária executiva do MEC, Maria Helena Guimarães de Castro, lembrou um número preocupante e que precisa ser mudado: 55% dos brasileiros, em idade ativa no mercado de trabalho, não tem o ensino fundamental completo. “Esses são os últimos números do IBGE e abrangem desde os 15 até os 55 anos de idade. Exames deste tipo ajudam a diminuir esses números”, afirmou.

Perfil dos inscritos

Ensino fundamental – Do total de 301.583 inscritos, a maioria deles (71.638) tem entre 31 e 40 anos. As mulheres são 152.290 e os homens, 149.293. Em relação à cor/raça: 132.263 se autodeclararam pardos; 117.592 brancos; 34.433 pretos; 4.994 amarelos; 2.114 indígenas; e 10.187 não declararam.

Ensino médio – Dentre os 1.272.279 inscritos, a maioria (387.697) que deseja obter certificado do ensino médio tem entre 23 a 30 anos. As mulheres continuam sendo a maioria: 637.281. Os inscritos do sexo masculino são 634.998. Em relação à cor/raça: 556.132 se autodeclararam pardos; 494.138 brancos; 150.489 pretos; 24.465 amarelos; 7.657 indígenas; e 39.398 não declararam.

Inscritos por UF – São Paulo foi o estado com o maior número de inscritos que desejam obter certificado do ensino médio: 233.056. Minas Gerais vem em seguida, com 123.626. Outros estados que têm números significativos são: Paraná (119.963), Rio de Janeiro (117.024) e Rio Grande do Sul (105.747). Para o ensino fundamental, São Paulo segue novamente em frente, com 50.487 inscritos. Na sequência estão Rio Grande do Sul (33.642), Paraná (30.639), Minas Gerais (29.107) e Rio de Janeiro (19.942).

Estrutura do exame

As provas do Encceja obedecem a requisitos básicos, estabelecidos pela legislação em vigor, para o ensino fundamental e ensino médio e são estruturadas a partir da Matriz de Competências e Habilidades. O Exame tem quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma proposta de redação.

As provas serão aplicadas no turno matutino, entre 8h e 12h, e vespertino, entre 14h30 e 19h30 (Horário Oficial de Brasília).

Ensino fundamental – Para o ensino fundamental, no período da manhã, os participantes farão provas de ciências, história e geografia. No período da tarde serão de língua portuguesa, inglês, artes, educação física, matemática e redação.

Ensino médio – Para o ensino médio, no período da manhã, os participantes farão provas de física, química e biologia, história, geografia, sociologia e filosofia. À tarde serão as disciplinas de língua portuguesa, inglês ou espanhol, educação física, artes, matemática e redação.

Certificados

Certificação e declaração de proficiência – Para obter o certificado ou declaração de proficiência, o participante deve fazer, no mínimo, 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento, dos 200 pontos possíveis. No caso de língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes e educação física, no ensino fundamental, e de linguagens e códigos e suas tecnologias no ensino médio, para obter a certificação ou declaração de proficiência, é preciso obter, também, a proficiência em redação, sendo necessário ter nota igual ou superior a cinco pontos. Na Redação, a nota mínima é de cinco (5) pontos, numa escala que varia de zero a dez pontos.

As Secretarias Estaduais de Educação listadas no edital do Encceja utilizarão os resultados individuais para a certificação no nível de conclusão do ensino fundamental e do ensino médio. Já os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia utilizarão os resultados individuais do Encceja somente para a certificação no nível de conclusão do ensino médio.

Encceja Exterior – O exame tem 1.409 inscritos e será aplicado em 10 de setembro nos Estados Unidos (Boston, Nova Iorque e Miami); Bélgica (Bruxelas); Guiana Francesa (Caiena); Portugal (Lisboa); Suíça (Genebra); Espanha (Madri); Reino Unido (Londres); França (Paris), Holanda (Amsterdã) e Japão (Nagóia, Hamamatsu e Ota). É realizado pelo Inep em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, e com as respectivas representações diplomáticas do Brasil nos locais de aplicação. Para o ensino fundamental, há 82 inscritas do sexo feminino, e 73 inscritos do masculino. Já no ensino médio, são 685 do sexo feminino e 569 do masculino. Em relação à cor/raça do ensino fundamental: 70 se autodeclararam brancos; 31 pardos; 19 amarelos; 19 não declararam; 15 pretos e um indígena.

Em relação à cor/raça do ensino médio: 637 se autodeclararam brancos; 319 pardos; 141 amarelos; 89 não declararam; 60 pretos e nove indígenas.

Encceja Nacional PPL – O Encceja para adultos submetidos a penas privativas de liberdade e adolescentes sob medidas socioeducativas que incluam privação de liberdade no Brasil (Encceja Nacional PPL) têm edital, período de inscrição e data de aplicação específicos. Para participar do Encceja PPL, os órgãos de administração prisional e socioeducativa do país e as unidades prisionais e socioeducativas devem firmar termo de adesão, responsabilidade e compromissos pelo portal do Inep até 1º de setembro. As inscrições começaram no dia 28 de agosto e terminam às 23h59 (horário oficial de Brasília-DF) do dia 8 de setembro, via on-line. As provas do Encceja Nacional PPL serão realizadas em 24 e 25 de outubro, nas unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos órgãos competentes.

Encceja Exterior PPL - O Encceja Exterior PPL será aplicado entre 11 e 22 de setembro para 25 inscritos. Ao todo, são 10 unidades prisionais que realizarão o exame.

IPUBI - PREFEITO CHICO SIQUEIRA ANUNCIA INAUGURAÇÃO DO MATADOURO PÚBLICO DE SERROLÂNDIA


Em visita realizada para receber a obra, no último sábado (26), o prefeito de Ipubi Chico Siqueira (PSB) anunciou a inauguração do novo prédio do Matadouro Público do distrito de Serrolândia, para o dia 16 de setembro às 16h.

O executivo que esteve acompanhado do vice-prefeito João Coutinho, dos secretários de Saúde Silvanete Andrade, Helém Marcos (Infraestrutura) César Lima (Educação), dos vereadores Gilson Rodrigues, Barrocha, Shell, Nájila Damacena, Osmar Gomes, Damázio e de assessores, fez questão de tratar com todos os presentes os detalhes para a entrega em 100% do prédio.

“Esse é um sonho que conseguimos juntos para o bem do povo de Serrolândia que aguardou há anos um novo matadouro para garantir uma carne com a qualidade e a higiene que eles merecem”, disse Chico.
O prefeito ainda afirmou que está vendo as possibilidades para o transporte adequado durante o trajeto da entrega das carnes aos marchantes, bem como a reforma do açougue do distrito que muito em breve ganhará melhorias para a alegria dos comerciantes.

Por Ana Abrantes (Fotos/Alisson Edypo/Bem Criativa)

MÉDIA NACIONAL - TRINDADE É O ÚNICO NO IDEPE DO ARARIPE COM MELHOR AVALIAÇÃO

Com o Indicador estadual medindo a evolução da educação pública nas escolas da rede, as Escolas estaduais, municipais e gerências regionais que se destacaram no Índice foram reconhecidas em solenidade de premiação, no Recife, na segunda-feira (28), entre elas está o nosso município de Trindade que fica no Sertão do Araripe como à única cidade dos sertões (São Francisco; Central, Moxotó e Araripe) a se destacar com o resultado e o Prêmio IDEPE (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco).

“Uma alegria para todos nós que fomos convidados pelo governador Paulo Câmara, ao lado da primeira dama Dra Conceição, do secretário de Educação Juka Sá e deputado Ricardo Costa para receber este título das mãos do gestor estadual. Mais uma vitória importante para nossa cidade e para nossos educadores, gestores, servidores, alunos e pais que acompanham ativamente junto da nossa educação municipal a evolução dos nossos estudantes”, disse o prefeito de Trindade Dr. Everton Costa.

Nas redes sociais muitas mensagens estão sendo enviadas parabenizando o prefeito por tantas conquistas. "Esse resultado prefeito Everton vem do compromisso com a educação e principalmente com o funcionalismo do FUNDEB 60. O senhor é o único prefeito que o primeiro projeto de cada ano é o reajuste dos professores. Parabéns e vamos a luta", disse o professor Marcos Leite (Cocota), presidente do Centro de Aposentadoria do FUMAPE.

Para quem não sabe, este evento é considerado no Estado o mais importante do calendário da educação pública de Pernambuco, o Prêmio IDEPE é uma inciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Educação, com o objetivo de valorizar o trabalho das escolas, Gerências Regionais de Educação (GRE) e municípios que obtiveram bons desempenhos educacionais no Estado. Divulgado anualmente, a realização da solenidade de premiação do IDEPE entrou no calendário do Governo do Estado em 2015 e, desde então, é um momento de grande expectativa para professores e gestores estaduais e municipais de Pernambuco. 

As variáveis utilizadas no IDEPE são as mesmas usadas no cálculo do índice nacional (IDEB): fluxo escolar e proficiência dos estudantes do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais) e do Ensino Médio. Os resultados do IDEPE são calculados com base no Sistema de Avaliação da Educação Básica de Pernambuco (SAEPE), que mede anualmente o grau de domínio dos estudantes nas habilidades e competências consideradas essenciais em cada período de escolaridade avaliado, além de ser uma importante ferramenta para a gestão escolar.

São convidados para a solenidade do IDEPE os dez melhores resultados do Índice em cada uma das três categorias do prêmio (municípios, escolas e GRE). Para os municípios, receberão certificados os três que mais se destacaram nos anos iniciais do Ensino Fundamental, e os três melhores colocados nos anos finais do Ensino Fundamental. Para as escolas da rede estadual, serão certificadas as três com melhores índices nos anos finais do ensino fundamental e as três melhores no Ensino Médio. Para as GRE, serão premiadas as três com melhor colocação no ensino médio. Nesta edição do Prêmio IDEPE, serão mais duas novas categorias premiadas: as Gerências Regionais com as maiores evoluções durante o ano; e as escolas parceiras que integram a rede pública com resultados de destaque.

Da Assessoria de Comunicação - Trindade

ALEPE - ROBERTA ARRAES DEFENDE CLASSE DOS ACS E ACE EM AUDIÊNCIA PÚBLICA

A deputada Roberta Arraes (PSB), presidiu na manhã da segunda-feira (28), pela Comissão de Saúde e Assistência Social, a audiência pública para debater a Revisão da Política Nacional de Atenção Básica. O debate foi proposto pelo deputado líder do governo, Isaltino Nascimento.

Entre as propostas da revisão, estão mudanças no Programa das Estratégias de Saúde na Família, onde reduz sua equipe, diminuindo a atuação dos agentes de saúde e unificando sua função com o agente de endemias, além de retroceder a uma atuação mais ambulatorial em pacote de serviços básicos, distanciando o contato dos profissionais direto com a população em seu ambiente social.

A parlamentar saiu em defesa da classe dos ACS, “sei da importância deles, é nítido ver os laços afetivos que eles têm com a comunidade. Em Araripina, na gestão do ex-prefeito Alexandre Arraes, conseguimos muitos avanços não só para os ACS como os ACE, como por exemplo o Plano de Cargos, Carreiras e Salários, que infelizmente não está sendo cumprido pelo atual gestor. Sempre irei defendê-los pela representatividade que tem na nossa sociedade”, finalizou.

Da ASCOM

IBGE - 1.378 MUNICÍPIOS APRESENTAM REDUÇÃO DE POPULAÇÃO ENTRE 2016 E 2017

Quase um quarto dos 5.570 municípios brasileiros (24,7% ou 1.378) apresentaram redução populacional. Em mais da metade (53,6% ou 2.986), as taxas de crescimento populacional foram inferiores a 1%, e em 258 municípios (4,6% do total) o crescimento foi igual ou superior a 2%.

Os dados fazem parte das estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros, com data de referência em 1º de julho de 2017. Divulgado hoje (30), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estudo estima que o Brasil tenha 207,7 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 0,77% entre 2016 e 2017, um pouco menor do que a de 2015/2016 (0,80%).

O grupo de municípios com até 20 mil habitantes apresentou a maior proporção dos que tiveram redução populacional (32,5% ou 1.236 cidades). Por outro lado, os com mais de 100 mil a um milhão de habitantes tiveram a maior proporção de municípios com crescimento acima de 1% (45,5% ou 133). Dez dos 17 municípios com mais de um milhão de habitantes acusaram taxas de crescimento entre 0,5% e 1% ao ano.

Nas regiões Norte e o Centro-Oeste estão as maiores proporções de cidades com taxas de crescimento acima de 1%. A Região Sul mostrou a maior proporção de municípios com taxas negativas.

Mais da metade da população vive em apenas 5,6% dos municípios

Em 2017, pouco mais da metade da população brasileira (56,5% ou 117,2 milhões de habitantes) vive em apenas 5,6% dos municípios (310). Estes têm mais de 100 mil habitantes. As cidades com mais de 500 mil habitantes (42) concentram 30,2% da população do país (62,6 milhões de habitantes).

Saiba Mais


A pesquisa revela, ainda, que a maior parte dos municípios brasileiros (68,3%) possui até 20 mil habitantes e abriga apenas 15,5% da população do país (32,2 milhões de habitantes).

O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,1 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,5 milhões de habitantes), Brasília e Salvador (cerca de 3 milhões de habitantes cada).

Dezessete cidades têm população superior a 1 milhão de pessoas, somando 45,5 milhões de habitantes ou 21,9% da população do Brasil. Serra da Saudade (MG) é o município de menor população, 812 habitantes, seguido de Borá (SP), com 839, e Araguainha (MT), com 931, os únicos no país com menos de mil habitantes em julho deste ano.

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação dos Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos.

Tendência

De acordo com a gerente da pesquisa, Isabel Marri, a diminuição da taxa populacional nos municípios é uma tendência que vem ocorrendo nos últimos anos e decorre da redução da fecundidade e da migração.

“A maioria dos municípios, 68%, tem até 20 mil habitantes, Esses municípios menores tendem a perder população para os com maior dinamismo econômico. Por isso temos poucas cidades com muitos habitantes e muitas cidades com poucos habitantes”, disse ela.

Embora os fluxos migratórios tenham perdido força, destacou ela, os municípios ao redor dos grandes centros têm aumentado seu contingente populacional. “Os grandes centros já têm um custo elevado para se viver, mas como neles estão os empregos, a população começa a se concentrar nas cidades próximas aos municípios maiores”.

Da Agência Brasil

terça-feira, 29 de agosto de 2017

PETROLINA - GRANDE CAMINHADA QUE REIVINDICA A REVITALIZAÇÃO DO VELHO CHICO E INTERLIGAÇÃO DO RIO TOCANTINS AO SÃO FRANCISCO ACONTECE NESTE SÁBADO

 
A Grande Loja Maçônica do Estado de Pernambuco, as Lojas Maçônicas de Petrolina e Juazeiro, Rotary Clube Petrolina Norte e a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Petrolina promovem, no próximo sábado (02/09), em Petrolina (PE), uma Grande Caminhada pela revitalização do Velho Chico. A ideia do movimento é pressionar o Governo Federal a iniciar, com urgência, os estudos ambientais para promover a interligação entre as bacias dos rios Tocantins e São Francisco.

A concentração terá início às 8h na Praça do Galo, centro da cidade, com todos os participantes vestidos de branco. A partir deste ponto, o grupo percorrerá as principais ruas do entorno até a Orla, onde darão um abraço simbólico no Velho Chico. Segundo o Grão Mestre de Pernambuco, Janduhy Fernandes, a iniciativa – assim como a própria Maçonaria – está acima de posicionamentos político-partidários.
“Hoje vemos as condições do Rio, que está enfrentando uma iminente catástrofe. Historiadores já apontaram que o São Francisco nunca chegou a uma vazão tão baixa. E temos essa solução próxima: o caudaloso Rio Tocantins, que tem cheia de 8 meses ao ano e está próximo à bacia Amazônica. Seria um tipo de “transfusão” para que escapasse um rio que se encontra moribundo. Então tivemos a ideia de congregar instituições e pessoas que buscam o bem-estar da comunidade e criar um movimento ordeiro, para lembrar às autoridades da responsabilidade que temos com o Vale do São Francisco”, destacou Fernandes.

O diretor-presidente da CDL Petrolina, Manoel Vilmar, destaca a necessidade de união de todos da região. “Os lojistas também estão mobilizados em prol da revitalização do Rio São Francisco. O Velho Chico está secando e precisamos urgentemente nos unir para resolver o problema, salvando o rio. As ações precisam começar imediatamente. Petrolina está unida neste movimento, e desejo que isso aconteça em todas as cidades ribeirinhas banhadas pelo São Francisco”, complementou.
Já o Coronel Carlos Pereira, presidente do Rotary Clube Petrolina Norte, lembra que inviabilizar a distribuição de água trará consequências desastrosas para nossa região. “Sem a agricultura irrigada, o desemprego em massa terá impacto não só na nossa economia, mas também no social. Educação, saúde, segurança pública, todos estão sob risco. Nosso objetivo é chamar atenção do executivo nacional, do Congresso, pela liberação dos recursos para revitalizar o Rio São Francisco – passando pela interligação das bacias”, destacou.

O projeto

A interligação a bacia do Rio Tocantins ao Rio São Francisco é uma idealização do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE). Criado há mais de 20 anos e já aprovado pelo Ministério da Integração Nacional, o Projeto de Lei n° 4.797/90, transformado no PL nº 6.569/13, visa a compensar o suprimento hídrico do manancial, melhorar o volume de água no Lago do Sobradinho, aumentar a disponibilidade aquática no semiárido e gerar energia a partir da queda d’água na divisa de Tocantins com a Bahia.
A ideia inicial do projeto foi apresentada ao Congresso, pela primeira vez, em 1987 – mas foi engavetado. Em 1995, a proposta chegou a receber pareceres favoráveis das Comissões de Viação e Transporte e de Constituição e Justiça e em 2000, foi entregue ao relator do Grupo de Trabalho de Transposição do São Francisco, Marcondes Gadelha (PFL/PB) – quando novamente parou de tramitar. No mês de setembro de 2016, o parlamentar voltou a apresentar o mesmo texto e em Dezembro do mesmo ano, a Comissão de Orçamento aprovou emenda do deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB/CE) para a inclusão do Plano Plurianual (PPA) no valor de R$ 600 milhões de reais para viabilização da obra.

“O trecho mais oneroso dessa transposição está no Estado de Tocantins, pois haverá necessidade da construção desses canais e elevatórias, para conduzir a água até transpor a Serra Geral de Goiás, na divisa do Estado de Tocantins, com a Bahia”, esclareceu o deputado. As obras, segundo Gonzaga Patriota, durariam no máximo um ano e meio e podem custar entre R$ 3 e 5 bilhões.

Do ponto de captação até o encontro com as águas da barragem de Sobradinho, o percurso total será de 743 quilômetros, assim distribuídos: 220 km do Rio Tocantins até o distrito de Garganta – BA; daí segue por gravidade no leito do Rio Preto, até a confluência com o Rio Grande, por 315 km; desse ponto, segue por 86 km, até desembocar no Rio São Francisco, na cidade de Barra – BA, desse ponto até a Barragem de Sobradinho, percorre-se 122 km.

Apenas no primeiro trecho, correspondendo a 29,6% do percurso total, haverá necessidade de obras de engenharia, ou seja: 220 quilômetros para a adução e elevação da água, a 600 metros de altura, de modo a transpor a Serra Geral de Goiás, na divisa Tocantins/Bahia. Daí em diante, a água escoa por gravidade ao longo de 523 km, 70,4% da trajetória, atravessando a Chapada Ocidental da Bahia, geologicamente formada pelos arenitos do Grupo Urucuia, até seu destino final, na Barragem de Sobradinho.

A precipitação média anual na bacia do Rio Tocantins é de 1.600 mm, estendendo-se os meses chuvosos de novembro a maio e os meses secos de junho a setembro, enquanto isso, a região semiárida do Rio São Francisco tem índices pluviométricos inferiores a 600 mm anuais. A vazão média do Rio Tocantins é de 13.600 m3/s e a do Rio São Francisco 2.846 m3/s, esse, hoje, com 500 m³/s.

Por Paula Theotonio - Jornalista

PAIVA NETTO - RECONHECER DEFEITOS PRÓPRIOS É SAÍDA PARA A CRISE - PAIVA NETTO

Quando almejamos o apuramento das coisas, é imprescindível que localizemos o que está errado, a começar no nosso íntimo, porquanto, se não reconhecermos os nossos defeitos, como nos poderemos corrigir? Temos basicamente de deixar de enganar-nos a nós próprios, sob o risco de encenarmos, como protagonistas, este desabafo de La Fontaine (1621-1695): “A vergonha de confessar o primeiro erro leva-nos a muitos outros”. 

Ora, isso se aplica a todos e a tudo para a melhor convivência global.

Tomemos como exemplo a atual crise. O capitalismo é uma sucessão delas. O que está a exigir, agora mais do que nunca, além das medidas técnicas corretivas, uma reforma que tenha como bandeira a dignidade, o respeito à criatura humana. Do contrário, a próxima explosão da bolha será muito pior que a da primeira década do século 21. 

Erigir uma comunidade mundial mais responsável 

Retificar esse costume doentio seria, digamos para argumentar, um categórico primeiro passo para erigir-se, no decurso do terceiro milênio, uma nova comunidade mundial mais responsável, portanto, com menos repentinas crises, incluídas as financeiras e econômicas — embora possível e ciclicamente armadas e previstas, pelo menos por aqueles que vivem a tirar ganancioso proveito do que a multidão nem imaginava acontecer. Junte-se a isso as proclamadas omissões e displicências de certos governos a fomentar sequelas como a grave questão do desemprego; a falta de uma melhor regularização e fundamentos econômicos sólidos; as estimativas equivocadas da situação econômica; e as inefáveis cobiça e arrogância, que têm sido o túmulo de tanta coisa apreciável que nem ao menos teve tempo de nascer, para orfandade das massas. Como vaticinava o Gandhi (1869-1948), “chegará o dia em que aqueles que estão na corrida louca de multiplicar os seus bens na vã tentativa de engrandecimento (extensão de territórios, acúmulo de armas, de riquezas, de poderes...) reavaliarão os seus atos e dirão: Que fizemos nós?”.

Por isso tudo, prefiro primeiramente confiar em Jesus, que o Mahatma, indiano, mas acima de tudo universalista, tanto respeitava, assim como o fazem os irmãos islâmicos. O Cordeiro de Deus não trai nem entra em crise. Para nossa segurança, Ele havia-nos confortado, ao revelar: 

“Eu sou o Pão da Vida; quem vem a mim de forma alguma terá fome; e quem em mim crê jamais terá sede! (...) Eu sou o Pão Vivo que desceu do Céu. Se alguém dele comer, viverá eternamente” (Evangelho, segundo João, 6:35 e 51). 

Ora, tudo neste planeta pode ficar além do controle dos homens, mas nada escapa ao comando de Deus. Todavia, quando os seres humanos verdadeiramente se reúnem com o fito de achar-se uma solução, mesmo que para os mais espinhosos problemas, ela surge. Mas é “preciso que haja Boa Vontade”, consoante propunha o saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur (1914-1979), desde que não seja confundida com boa intenção, com a qual está calçado o inferno, como diz o povo.

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

IDEPE - PERNAMBUCO SUPERA MAIS UMA VEZ A MÉDIA NACIONAL

A priorização dos investimentos em Educação tem gerado cada vez mais conquistas na área para o Estado. E mais uma demonstração desse empenho foi conferida, ontem segunda-feira (28.08), durante a premiação dos gestores, professores e estudantes da Rede Estadual que mais se destacaram no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco (IDEPE) no ano de 2016. Superando a média de 3,9 do ano de 2015, o IDEPE 2016 apresentou a nota de 4,1 – ultrapassando mais uma vez a nacional, que é 3,5. Comandada pelo governador Paulo Câmara, a solenidade, realizada no Palácio do Campo das Princesas, agraciou seis municípios, doze escolas e seis gerências regionais que obtiveram os melhores resultados nos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio em Pernambuco.

"Estamos satisfeitos com os resultados alcançados, mas cientes de que precisamos continuar a melhora, a avançar. O que foi apresentado aqui, mostra uma evolução muito importante de todas as regiões. E todas essas conquistas são frutos de uma construção que tem dado resultados, que tem mostrado ano a ano a melhoria do ensino público em Pernambuco. Mas também é um resultado que aumenta a nossa responsabilidade em continuar a fazer com que a escola pública seja atrativa, tenha a menor diferença com as escolas privadas e dê condições dos nossos alunos aprenderem e, através da sua dedicação, realizar sonhos”, destacou o governador. Paulo ainda defendeu que a educação integra a agenda do futuro. “Nós não poderemos resolver a agenda do presente sem pensar e desenvolver a educação. É com a educação que vamos transformar o futuro das próximas gerações”, reforçou.

Entre as escolas da rede estadual, foram premiadas as três unidades com melhores índices nos anos finais do Ensino Fundamental e as três melhores no Ensino Médio. Entre as GREs, receberam certificados as três com melhor colocação no Ensino Médio. Já na categoria “municípios”, foram premiados os três que mais se destacaram nos anos iniciais do Ensino Fundamental, assim como os três melhores colocados nos anos finais desse módulo. Nesta edição, o prêmio incluiu duas novas categorias: as Gerências Regionais com as maiores evoluções durante o ano, com três premiadas, e as escolas parceiras que integram a rede pública com resultados de destaque, nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio, também com três premiadas.

O secretário estadual de Educação, Frederico Amâncio, defendeu que os índices pernambucanos vêm, cada vez mais, se destacando nacionalmente. “Hoje é um dia de muita comemoração para a educação do nosso Estado. A gente tem subido mais um patamar. Pernambuco é o primeiro Estado do Brasil que começa a ter desempenho acima de nota quatro nas escolas públicas da Rede Estadual. Nós já somos oficialmente, pelo MEC, o Estado que tem o melhor desempenho nacional. Mas o que nós mais comemoramos não é apenas a nota, é a evolução. Nós somos o único Estado no Brasil que, nos últimos dez anos, evoluiu todos os anos. E isso é um trabalho que tem que envolver toda a rede. Isso envolve um trabalho muito grande dos professores, dos gestores das escolas, dos estudantes e das famílias, que estão cada vez mais acreditando no nosso trabalho”, ressaltou.

Pernambuco conquistou, pelo quarto ano seguido, o primeiro lugar nacional com a menor taxa de abandono escolar no Ensino Médio. O dado foi divulgado, no último mês de junho, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP/MEC) através do Censo Escolar 2016. Em 2015, a taxa era de 2,5% e, atualmente, possui taxa de abandono escolar de apenas 1,7%, o que continua apontando as escolas de Pernambuco como as mais atrativas do País. O segundo Estado com a menor taxa de abandono foi São Paulo, com 4,5%, seguido do Espírito Santo, com 4,6%. Nos Anos Finais do Ensino Fundamental (6° ao 9° ano), a Rede Estadual também conquistou o primeiro lugar no ranking nacional, com apenas 1% de taxa de abandono, empatado com o Estado de Santa Catarina.

Comemorando pelo segundo ano consecutivo a conquista do melhor resultado entre as GRE do Estado (nota 4,95), a gestora da Gerência Vale do Capibaribe, Edjane Ribeiro, parabenizou a todos que fazem a educação de Pernambuco e agradeceu o apoio que o Governo tem prestado às gerências. “A cada dia, a gente vê mais a necessidade de investir na educação. Eu sempre digo aos nossos alunos que o único caminho que o jovem tem, hoje, é estudar. E é isso que a gente está fazendo, trabalhando duro para preparar os nossos alunos. E eu quero agradecer, de coração, ao trabalho que o nosso governador vem fazendo nas nossas escolas. Um trabalho que tem feito a diferença, um trabalho de continuidade aos anseios do nosso eterno governador Eduardo Campos”, declarou.

IDEPE - Os resultados do IDEPE são calculados com base no Sistema de Avaliação da Educação Básica de Pernambuco (SAEPE), que mede anualmente o grau de domínio dos estudantes nas habilidades e competências consideradas essenciais em cada período de escolaridade avaliado, além de ser uma importante ferramenta para a gestão escolar. Realizado anualmente, o ranking acompanha o desempenho da educação pública no Estado e considera dois critérios, os mesmos usados para o cálculo do índice nacional (IDEB). São eles: fluxo escolar e proficiência dos estudantes do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais) e do Ensino Médio.

Confira a lista dos premiados do IDEPE 2016:

Rede Municipal

Anos Iniciais do Ensino Fundamental

1º Lugar: Município de Jucati (IDEPE 7,16)
2º Lugar: Município de Tuparetama (IDEPE 6,26)
3º Lugar: Município de Quixaba (IDEPE 6,16)

Anos Finais do Ensino Fundamental

1º Lugar: Município de Brejinho (IDEPE 5,54)
2º Lugar: Município de Triunfo (IDEPE 5,14)
3º Lugar: Município de Quixaba (IDEPE 5,0)

Rede Estadual

Anos Finais do Ensino Fundamental

1º Lugar: Escola Dário Gomes de Lima - Flores (IDEPE 6,23)
2º Lugar: Escola Professor Sebastião Ferreira Rabelo Sobrinho – São José do Egito (IDEPE 6,13)
3º Lugar: Escola de Tomé Francisco da Silva – Quixaba (IDEPE 6,10)

Escolas parceiras (Anos Finais do Ensino Fundamental)

1º Lugar: Escola de Aplicação do Recife - UPE (IDEPE 7,91)
2º Lugar: Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra - UPE - Garanhuns (IDEPE 7,03)
3º Lugar: Colégio da Polícia Militar - Petrolina (IDEPE 6,71)

Ensino Médio

1º Lugar: Escola Dário Gomes de Lima - Flores (IDEPE 6,80)
2º Lugar: Escola Estadual Professor Antônio Pedro de Aguiar - Orobó (IDEPE 6,78)
3º Lugar: EREM João XXIII - Casinhas (IDEPE 6,69)

Escolas parceiras (Ensino Médio)

1º Lugar: Escola de Aplicação do Recife - UPE (IDEPE 7,28)
2º Lugar: Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra - UPE – Garanhuns (IDEPE 5,88)
2º Lugar: Escola de Aplicação Professor Chaves - UPE – Nazaré da Mata (IDEPE 5,88)

Gerências Regionais de Educação (melhores resultados)

1º Lugar: Gerência Vale do Capibaribe (IDEPE 4,95)
2º Lugar: Gerência Sertão do Alto Pajeú (IDEPE 4,54)
3º Lugar: Gerência Sertão do Submédio São Francisco (IDEPE 4,50)

Gerências Regionais de Educação (maiores crescimentos)

1º Lugar: Gerência Recife Sul (IDEPE 10,39%)
2º Lugar: Gerência Mata Norte (IDEPE 8,44%)
3º Lugar: Gerência Sertão do Moxotó Ipanema (IDEPE 8,38%)

Da ASCOM

RECIFE - ROBERTA ARRAES PARTICIPA DO 14º CONGRESSO ESTADUAL DO PSB

A deputada Roberta Arraes participou no domingo (27), do 14° Congresso Estadual do PSB, que aconteceu em um hotel em Boa Viagem. O evento teve a presença do governador Paulo Câmara, do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, de Sileno Guedes, que foi reconduzido à Presidência do Diretório Estadual, do prefeito do Recife Geraldo Júlio, secretários, deputados estaduais e federais e muitos prefeitos de cidades do estado, e a presença da ex-primeira dama, Renata Campos.

A ocasião foi marcada pela homenagem aos 90 anos de Ariano Suassuna, como também outros grandes nomes foram homenageados pela passagem no partido, como Miguel Arraes e Eduardo Campos.

Para a parlamentar que é presidente do partido no município de Araripina, hoje o legado de avô e neto vem dando continuidade com a“serenidade e responsabilidade de Paulo Câmara”, afirmou.

Por fim, Roberta disse se sentir orgulhosa de fazer parte do diretório “muito honrada em fazer parte da história deste grupo, de ideologia socialista democrática que há 70 anos vem trazendo mudanças para nossa população. Seguirei trabalhando com dedicação, responsabilidade e fé em Deus, junto com essa equipe, para sempre poder levar o melhor para os pernambucanos”, finalizou.

Da ASCOM

domingo, 27 de agosto de 2017

BRASIL - POPULAÇÃO CARCERÁRIA FEMININA CRESCE 700% EM 16 ANOS

A população carcerária feminina cresceu 698% no Brasil em 16 anos, segundo dados mais recentes do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão do Ministério da Justiça. No ano 2000, havia 5.601 mulheres cumprindo medidas de privação de liberdade. Em 2016, o número saltou para 44.721. Apenas em dois anos, entre dezembro de 2014 e dezembro de 2016, houve aumento de 19,6%, subindo de 37.380 para 44.721.

As informações foram enviadas ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta semana, por solicitação do ministro Ricardo Lewandowski, em decisão que deu seguimento a um pedido de habeas corpus que pretende libertar todas as mulheres grávidas, puérperas (que deram à luz em até 45 dias) ou mães de crianças com até 12 anos de idade sob sua responsabilidade que estejam presas provisoriamente, ou seja, encarceradas ainda sem condenação definitiva da Justiça. De todas as mulheres presas atualmente no país, 43% ainda não tiveram seus casos julgados em definitivo.

A admissão da ação, impetrada pelo Coletivo de Advogados em Direitos Humanos (CADHu), representa uma atitude rara na Corte, pois pretende beneficiar um coletivo de pessoas, não um só indivíduo. Pela extensão de possíveis efeitos, o ministro Lewandowski intimou a Defensoria Pública da União (DPU) para que manifestasse interesse em atuar no caso, o que já ocorreu. “A preocupação da Defensoria é com a proteção que deve ser garantida tanto à gestante quanto às mães que têm crianças pequenas que dependem dela. A prioridade dada nesses casos deve ser ao bem-estar das crianças, a fim de evitar que ela seja criada no ambiente do cárcere”, diz o defensor Gustavo Ribeiro, responsável por representar a DPU perante o STF.

Gestantes encarceradas

Do total de mulheres presas, 80% são mães e responsáveis principais, ou mesmo únicas, pelos cuidados de filhas e filhos, motivo pelo qual os “efeitos do encarceramento feminino geram outras graves consequências sociais”, informa o Depen.

No pedido de informações ao Ministério da Justiça, o ministro Ricardo Lewandowski solicitou que fossem identificadas todas as mulheres grávidas ou mães de crianças no cárcere. Apenas dez estados disponibilizaram os dados, enviando os nomes de 113 mulheres gestantes ou com filhos que as acompanham no cárcere, distribuídas por 41 unidades prisionais. Organizações de defesa dos direitos das mulheres, no entanto, estimam que esse número seja bem maior.

Em um estudo divulgado em junho, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) analisou a situação da população feminina encarcerada que vive com filhos em unidades prisionais femininas no país, tendo entrevistado ao menos 241 mães. A Fiocruz diagnosticou que 36% delas não tiveram acesso adequado à assistência pré-natal; 15% afirmaram ter sofrido algum tipo de violência; 32% das grávidas presas não fizeram teste de sífilis e 4,6% das crianças nasceram com a forma congênita da doença.

Tráfico de drogas

Na comparação entre diferentes países, o Brasil apresenta a quinta maior população carcerária feminina do mundo, atrás de Estados Unidos (205.400 detentas), China (103.766) Rússia (53.304) e Tailândia (44.751), de acordo com dados do Infopen Mulheres, lançado em 2015. Do total de mulheres presas, 60% estão encarceradas por crimes relacionados ao tráfico de drogas. “O tráfico é sempre colocado como uma gravidade imensa, mesmo que a pessoa não tenha condenações, seja ré primária, a grande regra é que ela seja presa”, critica o defensor federal Gustavo Ribeiro.

O Depen aponta que a maior parte das mulheres submetidas a penas de privação de liberdade “não possuem vinculação com grandes redes de organizações criminosas, tampouco ocupam posições de gerência ou alto nível e costumam ocupar posições coadjuvantes nestes tipos de crime”, diz o documento enviado ao STF.

Muitas vezes, acrescenta Ribeiro, essas mulheres entram no tráfico assumindo papéis desempenhados pelos companheiros depois de serem presos ou, no caso do tráfico internacional, por serem aliciadas, mediante pagamento ou mesmo ameaça, para levar droga de um país a outro. O defensor destaca que existem regras nacionais e internacionais, como o as Regras de Bangkok, das Nações Unidas, já ratificadas pelo Brasil, que apontam que medidas não privativas de liberdade devem ser priorizadas no julgamento de casos de mulheres infratoras.

Da Agência Brasil