ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PERNAMBUCO

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

quarta-feira, 19 de julho de 2017

PAULO CÂMARA - "NÃO SE FAZ FUTURO SEM PRIORIZAR A EDUCAÇÃO"


Estudar uma nova língua e ter a oportunidade de conhecer outras culturas, vivenciando experiências próprias de outros países. Essa realidade está cada vez mais próxima para 550 jovens estudantes da Rede Estadual que cumpriram, nesta quarta-feira (19.07), mais uma etapa do Programa Ganhe o Mundo (PGM) e Ganhe o Mundo Esportivo (PGME). Eles participaram da reunião de pré-embarque do projeto. Comandado pelo governador Paulo Câmara, o momento é a última etapa antes do embarque e prepara os futuros intercambistas para o período em que eles estarão estudando fora do País. 

"Nós estamos muito orgulhosos em saber que tantos alunos agora vão conhecer países, vão aprender uma nova língua. Foram 10 anos de muito trabalho, saímos das últimas colocações do IDEB e, hoje, temos a melhor educação pública do Brasil. Isso graças as esforço de vocês. Temos a menor taxa de abandono do Ensino Médio, a maior taxa de aprovação do Brasil e a menor diferença entre a escola pública e a escola privada. Continuem a sonhar. Sonhos não envelhecem, e vocês são o exemplo da futura geração de pernambucanos que nos dará muito orgulho e um Estado melhor", finalizou.

Durante a reunião, o governador Paulo Câmara fez questão de compartilhar a história da estudante Ana Caroline, de 15 anos. Ela trocou a escola da rede privada pelo ensino da EREM Jornalista Jader de Andrade, no município de Timbaúba, na Mata Norte, justamente para participar do Programa Ganhe o Mundo. "Prova de que a educação de Pernambuco está no caminho certo, ajudando a criar janelas de oportunidades para todos", registrou.
Ana Carolina frisou que a sua escolha foi acertada, destacando a qualidade do ensino público pernambucano. "A única diferença entre a escola privada e a do Estado é que a do privado é paga", pontuou a estudante, que fará intercâmbio no Chile. "Vou poder viver muita coisa e voltar completamente diferente. Estou muito feliz", completou.

Os 550 alunos selecionados para o intercâmbio estudantil, além das orientações, receberam kits de viagem com itens essenciais – como mala, tablet, camisas e jaqueta – e tiveram a oportunidade de assistir a palestras sobre cuidados com a saúde, documentação, bagagem, dicas de viagem e comunicação com o Brasil. Representantes dos consulados de países hospedeiros dos alunos como Canadá, Argentina e Alemanha, e representantes dos Programas Internacionais do Chile e Argentina também participaram do encontro.

O secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, destacou que intercâmbios para a Alemanha estarão disponíveis para os alunos a partir do próximo ano. "Se Deus quiser, em 2018 mandaremos um grupo pequeno, mas que será o primeiro grupo de intercambistas do Programa Ganhe o Mundo para a Alemanha", comemorou.

À frente do PGME, o secretário de Esportes, Turismo e Lazer, Felipe Carreras, frisou o impacto do projeto. "Este é um programa que nos toca. Toca os alunos,o governador, os diretores de escola, professores e a família pernambucana. É uma ação muito benéfica, ela mexe com os atletas e alunos, da sua escola, da sua família, mas, sobretudo, dá um resultado efetivo em sua modalidade", afirmou.

PGM - Criado em 2012, o Programa Ganhe o Mundo é uma oportunidade para os estudantes da rede pública aprofundarem os conhecimentos em um segundo idioma, através do intercâmbio em países de língua inglesa e espanhola. De 2012 a 2015, a iniciativa já embarcou mais de cinco mil estudantes para países como Argentina, EUA, Espanha, Uruguai, Nova Zelândia, Chile, Canadá e Austrália. O Governo do Estado também garante aos estudantes seguro saúde internacional, passagens aéreas, acomodação em casa de família (host Family) com todas as refeições garantidas, além de uma bolsa mensal no valor de R$ 719,00.
Participam da reunião representantes da Secretaria de Educação do Estado, Secretaria de Relações Internacionais, Secretaria de Turismo, INFRAERO, Polícia Federal, Receita Federal, COPERGÁS, EMPETUR, representantes dos consulados do Canadá, da Argentina, Chile, Alemanha, e representantes dos Programas Internacionais do Chile e Argentina, além das empresas Alpagartas e Shineray, que apoiam o programa.

Da ASCOM

Nenhum comentário: