ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PERNAMBUCO

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

segunda-feira, 24 de julho de 2017

BALANÇO - PETROLINA TEM REDUÇÃO DE MAIS DE 1000% NO NÚMERO DOS CASOS DE DENGUE, ZICA E CHIKUNGUNYA


O trabalho da Secretaria de Saúde de Petrolina no combate ao mosquito Aedes Aegypti vem apresentando bons resultados. Prova disso é que nesse primeiro semestre houve uma redução de mais de 1.000 % no número de casos das doenças transmitidas pelo mosquito, ou seja, dengue, zika e chikungunya, comparado com o mesmo período do ano passado. O número também reduziu no estado de Pernambuco.

O município registrou 101 casos de dengue em 2017. De janeiro a junho do ano anterior foram 1.140 notificações. Com relação a chikungunya foram 38 registros este ano contra 342 no mesmo período de 2016. Já a zika foram 08 casos contra 126 em comparação ao primeiro semestre de cada ano. 

A secretária executiva de vigilância em saúde, Marlene Leandro, destacou as ações que vêm sendo desenvolvidas no município. “Esse resultado é fruto do nosso trabalho contínuo. Estamos trabalhando com as estatísticas e vem dando certo. Além do trabalho realizado diariamente pelos agentes, desde o começo do ano lançamos o programa “Sexta sem Aedes” e o resultado não poderia ser mais satisfatório. Nosso objetivo é intensificar cada vez mais esse trabalho”, frisou. 

A secretária ainda ressaltou a importância da população no combate ao mosquito. “Em menos de 10 minutos é possível fazer uma varredura em casa e acabar com os recipientes com água parada, ambiente propício para a reprodução do Aedes aegypti. Precisamos da ajuda de cada cidadão, cada um é responsável por combater o mosquito na sua casa e ainda alertar o vizinho”, ressaltou.

Entre as recomendações estão: manter fechadas caixas d’água, tonéis e tanques. As garrafas e recipientes devem ser armazenados de cabeça para baixo e os pneus mantidos sempre cobertos.

É importante também verificar os vasos de plantas, lavar corretamente e colocar areia nestes locais. O lixo doméstico também merece uma atenção especial: deve ser colocado em sacos plásticos e as lixeiras devem ficar sempre bem fechadas. Não jogue lixo na rua ou em terrenos baldios.

Campanha “Sexta sem Aedes”

Todas as sextas-feiras, as equipes da Secretaria Municipal de Saúde, realizam a campanha “Sexta sem Aedes”. O objetivo é reforçar a conscientização da população quanto à gravidade e à responsabilidade do cidadão no combate ao mosquito.

Os agentes de endemias fazem buscas em residências, escolas e órgãos públicos para eliminar possíveis criadouros do mosquito. É realizado também um trabalho de educação, através de panfletos, orientando os moradores sobre a prevenção e os prejuízos que a picada do Aedes pode trazer para a saúde humana.

A ação, que começou no mês de janeiro, utiliza dados do Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) dando prioridade as localidades com os índices mais elevados.

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde de Petrolina

Nenhum comentário: