ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

sexta-feira, 5 de maio de 2017

SALGUEIRO, CABROBÓ E SANTA MARIA - QUADRILHA QUE ASSALTAVA BANCOS E CARROS FORTES É ALVO DE OPERAÇÃO NO SERTÃO

Uma organização criminosa responsável por assaltos a bancos e carros fortes foi alvo de uma operação deflagrada na manhã desta sexta-feira (5), em uma ação conjunta entre as polícias civis de Pernambuco e da Paraíba. A operação foi batizada de Conceptus.

Foram cumpridos dez mandados de prisão preventiva e uma pessoa não foi presa, Reginaldo Antônio da Silva, vulgo "galego do PPC", que foi morto em dezembro de 2016. Outros 15 mandados de busca e apreensão domiciliar foram realizados. Três líderes de quadrilha foram presos, segundo a Polícia. José Ari Dantas da Silva, de 43 anos, Osvino Cordeiro Cruz, vulgo "Vinva", de 52 anos, e Pedro de Alcantra de Sá Filho, conhecid como "Canto", de 42 anos.

As buscas aconteceram nas cidades de Salgueiro, Cabrobó e Santa Maria da Boa Vista, no Sertão de Pernambuco. Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados para a 23ª Delegacia Seccional de Salgueiro.

A operação faz parte do Pacto Pela Vida e contou com o apoio operacional da Polícia Militar de Pernambuco. "Houve crimes na cidade de Conceição da Crioulas, daí o nome Conceptus. Mas eles são pernambucanos. Prendemos os líderes, que são três: José Ari Dantas da Silva, Osmino Cordeiro Cruz e Pedro de Alcântara de Sá Filho. Com isso acreditamos na desarticulação de mais uma organização criminosa", detalha o gestor.

Esse grupo tinha atuação interestadual e também cometia assaltos à mão armada. "Descobrimos a participação deles em vários crimes, no Sertão do Moxotó e do Pajeú, em Pernambuco, com explosão de carros fortes, e na Paraíba", afirma Kehrle.

A expectativa é de que eles colaborem com a delação premiada e ajudem a polícia a chegar nos outros integrantes. A investigação começou em Pernambuco por causa de assaltos e explosões de agências bancárias, mas descobrimos que eles atuavam também na Paraíba e conseguimos mandados de prisão lá também. Tem pernambucanos e paraibanos envolvidos na organização.

Pelo menos quatro ações foram identificadas em Pernambuco e quatro na Paraíba. "Não está descartada a participação deles em uma ocorrência em São Caetano", disse.

Da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário: