ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PERNAMBUCO

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

terça-feira, 11 de abril de 2017

OURICURI – SÍTIO ASSU – CRIANÇA E AGRICULTOR SÃO BALEADOS DENTRO DE BAR

Uma criança do sexo feminino de 06 anos e um agricultor de 19 anos, identificado por Paulo Henrique da Silva Monteiro, foram baleados por volta das 19:30 de domingo 09/04, dentro do Bar da Viúva, localizado no Sítio Assu, zona rural do município de Ouricuri.

Conforme informações policiais, a criança deu entrada no Hospital Regional com um ferimento a bala na cabeça e a mãe da mesma relatou que estavam no citado bar quando ela ouviu um disparo e logo após viu sua filha ferida, e que não sabia a autoria do disparo.

A mãe da menor acha que possivelmente poderia ter sido um individuo chamado Paulinho de Bebé, pois ele estava próximo da criança, mas não tinha certeza. A menina foi ferida de raspão na lateral esquerda da cabeça, foi socorrida ao Hospital Regional e não corre risco de morte.

Momentos depois deu entrada no mesmo hospital o agricultor de 19 anos alvejado no braço esquerdo, mas ele disse não saber a autoria do fato, sendo medicado e colocado em observação sem correr risco de morte. O caso foi registrado na DPC local para as devidas providências.

OUTRO CASO EM OURICURI

À 01:30 da madrugada do dia 26/03, policiais militares de Ouricuri tomaram conhecimento que na Rua da Matriz, uma agricultora de 26 anos teria sofrido uma lesão corporal por arma branca na altura do abdômen e tinha sido socorrida pelo esposo para o Hospital Regional, porém não corre risco de morte. De imediato a viatura se deslocou ao local mencionado e a acusada identificada por Pricila Nunes da Silva, de 26 anos, relatou que se encontrava no interior de sua residência, quando foi surpreendida pela vítima com uma faca e seu esposo com um pedaço de madeira, quebrando a porta e adentrando na residência, tentando contra a vida da mesma. Ainda segundo a polícia vítima e acusada entraram em luta corporal, onde a acusada para se defender, lesionou a vítima com uma perfuração na altura do abdômen. A vítima foi socorrida pelo companheiro ao hospital e ficou em observação médica. A acusada informou que o fato ocorreu por uma rixa antiga e entrou em contato com a Central de Operações para um se apresentar na DPC de plantão em Ouricuri para as devidas providências. 

OUTROS CASOS NA REGIÃO DO ARARIPE

EXU

Uma tentativa de homicídio foi registrada por volta dos primeiros 00:30 da madrugada de sábado 08/04, em uma das ruas do Bairro Popular-01 em Exu, tendo como vítima o vigilante Antônio Anderson Gonçalves Tomas, de 22 anos. Conforme informações policiais, uma pessoas ligou para a polícia relatando que seu filho, Vicente de Paulo Nascimento da Silva, de 45 anos, agricultor, casado, estava em estado de embriagues na sua porta de pose de uma faca tipo peixeira, causando perturbação de sossego. Quando o policiamento estava em deslocamento, próximo ao local do fato, encontrou com a vitima que havia sido lesionado por uma arma branca abaixo do peito. Imediatamente foi encaminhado ao hospital para os procedimentos. Segundo a vítima e populares, o acusado estava ameaçando a todos que passavam na rua, e após lesionar a vitima fugiu tomando destino ignorado. Momentos depois o acusado foi encontrado com uma lesão na cabeça e encaminhado ao hospital, sendo liberado em seguida após atendimento e conduzido à DPC local, onde foi autuado por tentativa de homicídio.

Às 02:00 da madrugada do dia 31/03, compareceu à sede da 3ª Companhia da Polícia Militar de Exu, um menor de 15 anos, estudante, todo ensanguentado, informando que o seu pai havia chegado embriagado em casa, no Bairro Manacá, e lhe agredido com uma paulada enquanto dormia. O agressor foi identificado por Antônio Araújo Paz, de 53 anos, viúvo, pensionista. Os policiais militares resolveram primeiro socorrer a vítima até o hospital local e depois de colher mais dados, foram até a residência do garoto e o seu pai havia se evadido. Diligências foram realizadas, mas ele não foi encontrado. O menor foi entregue aos cuidados de uma tia e o caso registrado na DPC local.

Por volta das 19:00 do dia 16/03, policiais militares da 3ª Companhia de Exu receberam a informação de uma assistente social do Hospital Regional de Ouricuri, que havia dado entrada naquela unidade médica um bebê de apenas 02 meses, apresentando uma fratura no braço direito. Ainda de acordo com a funcionária do hospital, os genitores do infante não souberam informar a causa da lesão, fato ocorrido no Sítio Chapada da União, zona rural de Exu. O caso foi apresentado à autoridade plantonista na DPC de Ouricuri para adoção das medidas legais, onde os pais foram apresentados para prestar esclarecimentos.

IPUBI

Por volta das 12:30 do dia 31/03, policiais militares de Ipubi foram solicitados pelos funcionários do hospital local, pois um homem tinha acabado de dar entrada no setor de emergência, vítima de arma branca, faca peixeira. De acordo com o relato dele identificado por José Rogério da Silva, de 29 anos, casado, agricultor, o fato ocorreu na Rua B-13, quando o seu primo identificado por Benedito, foi lhe cobrar uma dívida e, como não chegaram a um acordo, o acusado pegou uma faca que estava na cintura e lhe golpeou pelas costas. Depois do ocorrido, o mesmo fugiu tomando destino ignorado. Uma guarnição policial realizou diligências, mas não foi possível a captura do suspeito. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil local para as devidas providências legais cabíveis.

Às 16:30 do dia 06/03, a GT de Ipubi foi acionada para realizar um deslocamento até o hospital local, onde a vitima José Ismar de Souza, de aproximadamente 25 anos, agricultor, havia dado entrada com dois disparos de arma de fogo, e devido a gravidade dos ferimentos foi transferido para o Hospital Regional Fernando Bezerra em Ouricuri para os procedimentos específicos. Segundo a polícia, indivíduos não identificados dispararam contra a vítima na PE-590. O mesmo foi socorrido por populares e familiares não souberam informar o motivo do ato. O policiamento realizou várias diligências com o intuito de encontrar o autor dos disparos, mas nenhum suspeito foi preso, sendo o caso registrado na DPC local.

SANTA FILOMENA

Às 19:40 do dia 30/03, o agricultor Arnô Coelho Viana, de 31 anos, solteiro, residente no Sítio Baixio do Eliseu, zona rural de Santa Filomena, estava chegando à porteira que dá acesso ao sítio onde mora quando escutou um estampido de arma de fogo. Ao passar a mão no ombro, verificou que estava cheia de sangue. O agricultor ligou para os parentes que reside na cidade de Santa Filomena informando a situação e pedindo para que o socorresse ao hospital. Os policiais militares perguntaram a vítima se sabia por qual motivo este fato veio acontecer e ele disse que desconhece, pois não tem inimizade e nem problema com ninguém. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil local para as devidas providências que o caso requer.

TRINDADE

Por volta das 03:00 da madrugada do dia 25/03, o efetivo da GT 01 de Ouricuri foi solicitado no Hospital Regional, onde havia dado entrada uma vitima de arma de fogo. A vítima identificada por José Carlos do Nascimento Silva, de 41 anos, informou que ouviu alguém bater a porta de sua casa na Rua-08 da Cohab-01, e ao abrir e sair pra ver quem era ouviu um disparo. Quando entrou na residência sentiu o ferimento, foi levado ao Hospital de Trindade e logo após transferido para Ouricuri, onde foi medicado e liberado em seguida pois o tiro foi de raspão. Ele não tem ideia de quem efetuou o disparo e o caso foi entregue à DPC de Ouricuri para medidas legais cabíveis.

À 01:00 da madrugada do dia 19/03, policiais militares do Pelotão de Trindade foram informados de uma tentativa de homicídio em uma rua da Vila Saraiva, tendo como vítima o agricultor Cícero Edson de Souza, de 22 anos. No local do fato a mãe da vítima informou que chegaram dois indivíduos em uma motocicleta e efetuaram disparos de arma de fogo contra seu filho, que estava em frente da sua residência, atingindo-o em umas pernas. A vítima conseguiu entrar, e os indivíduos ainda efetuaram disparos na porta, em seguida evadiram-se do local. O jovem foi socorrido por populares ao hospital local, e em seguida transferido para o Hospital Regional Fernando Bezerra em Ouricuri, ficando em observação. O caso foi registrado na delegacia de Trindade como tentativa de homicídio.

Por volta das 15:30 do dia 16/03, a PM de Trindade foi solicitada no hospital local para averiguar a entrada de uma pessoa vítima de arma branca, faca peixeira. Segundo a polícia, a vítima identificada por Veronilson Alencar, de 39 anos, solteiro, agricultor, relatou que estava no Sítio Espírito Santo, zona rural do município, em companhia de uma pessoa identificada por Francisco Alves da Silva, de 24 anos, e mais duas pessoas fazendo uso de bebidas alcoólicas, quando teve início uma discussão com o Francisco que se exaltou e desferiu um golpe de arma branca contra o se tórax. A vítima foi socorrida a unidade médica do município e ficou em observação, sendo o caso registrado na DPC local como lesão corporal.

Às 21:00 do dia 04/03, a Central de Operações tomou conhecimento que no hospital local, dera entrada de um indivíduo vítima de disparo de arma de fogo. De imediato foi acionada o GATI e constatou a veracidade, Segundo relato da vítima identificado por Franco Edvaldo de Souza, o Nego Buzo de 33 anos, chapeado, este se encontrava nas proximidades de sua residência na Rua São Sebastião, quando dois indivíduos não identificados se aproximaram e efetuaram vários disparos, alvejando-o na mão direita e esquerda, em seguida fugiram. O mesmo informou que é ex-presidiário da Cadeia de Trindade por drogas. Segundo a polícia o mesmo foi medicado e liberado. Diligências foram realizadas, mas nenhum suspeito foi preso, sendo o caso registrado na DPC local como Tentativa de homicídio.

BODOCÓ

Nos primeiros 00:08 da madrugada do dia 22/04, conforme informações policiais, uma pessoa identificada apenas por Melancia Taxista, idade ignorada, teria agredido a golpes de faca o agricultor Antônio Nunes de Souza, de 42 anos, no Distrito de Sipaúba, zona rural do município. A vítima deu entrada no hospital local e devido a gravidade dos ferimentos foi transferido para o Hospital Regional Fernando Bezerra em Ouricuri. A polícia militar realizou diligências à procura do suspeito, mas ele não foi localizado. Segundo familiares o suspeito e a vitima estavam juntos e não souberam informar o motivo da agressão. A vítima ficou em observação no hospital e o caso registrado na DPC local como lesão corporal.

Por volta das 19:30 do dia 12/03, os componentes da GT de Bodocó foram informados que na unidade médica do município havia dado entrada uma pessoa apresentando lesões produzidas por arma branca, faca peixeira. No hospital os policiais ficaram sabendo através da vítima, Luiz Fernando da Silva, de 22 anos, casado, autônomo, que após uma discussão com um elemento identificado apenas por Cícero, vulgo Nô, idade ignorada, por conta de pássaros silvestres, o Nô de posse de uma faca lhe aplicou alguns golpes, fato ocorrido nas Casas populares. Após a agressão o acusado fugiu tomando destino ignorado. Os militares diligenciaram no intuito de capturar o agressor, no entanto não obtiveram êxito, sendo o caso registrado na DPC local como lesão corporal. 

ARARIPINA

Às 03:00 da madrugada do dia 19/03, policiais militares da 2ª Companhia de Polícia Militar de Araripina foram acionados para atender uma ocorrência de lesão corporal e que a vitima identificada por Sebastião Henrique da Silva, idade não informada, estaria no Hospital Santa Maria. No local os policiais constataram o fato, onde a vítima tinha sido atingida por golpes de faca nas imediações do Bar do Vando na Rua Brasília, Distrito de Gergelim, zona rural do município. A vítima sofreu ferimentos leves e disse não saber quem havia lhe atingindo, pois estava alcoolizado, ficando em observação. O caso foi registrado na DPC local como lesão corporal.

Por volta das 14:15 do dia 18/03, o ajudante Josean de Lima, de 26 anos, deu entrada na emergência do Hospital Santa Maria de Araripina vítima de arma branca, faca peixeira, na altura do peito direito, fato ocorrido no Alto da Boa Vista. Segundo a polícia militar, o acusado de desferir o golpe foi identificado apenas por Ítalo, o qual fugiu tomando destino ignorado. Na residência da vítima os policiais tomaram conhecimento através de sua companheira que o mesmo tinha assediado a esposa do suspeito, gerando assim uma revolta e ocasionando o crime. O médico plantonista informou que a vítima não corria risco de morte. O fato foi registrado e entregue na delegacia de polícia civil de Araripina para serem tomadas as devidas providências.

Às 20:30 do dia 05/03, policiais militares da 2ª Companhia de Polícia Militar de Araripina tomaram conhecimento que no Hospital Santa Maria tinha dado entrada uma vítima de arma branca. De imediato o policiamento se deslocou e a vítima Francisco Dhysson Aquino de Alencar, de 20 anos, relatou que ao chegar nas proximidades do semáforo da Rua Santana no Alto da Boa Vista, dois indivíduos se aproximaram em uma moto Pop 100, de cor preta, placa não identificada, e perguntaram por uma pessoa conhecido por Murilo. A vítima relatou que não sabia informar o paradeiro dessa pessoa, momento em que foi cortado de faca no braço direito, sendo socorrido por populares para o hospital, medicado e liberado. Os acusados evadiram-se tomando destino ignorado. O caso foi registrado na DPC local como lesão corporal por arma branca.

MOREILÂNDIA

Às 20:00 do dia 13/03, a polícia militar de Moreilândia tomou conhecimento que na unidade médica do município havia dado entrada uma pessoa com um ferimento na perna causado por arma branca. Segundo a polícia a vítima tratava-se de um estudante de 19 anos, a qual estava desacordada, porém a sua genitora afirmou que o suspeito de ter lesionado o seu filho seria uma pessoa identificada apenas por João de Mulica, idade ignorada. Os militares se dirigiram ao local do fato, no Distrito de Cariri-Mirim, contudo o suspeito não foi localizado, sendo o caso registrado na DPC como lesão corporal.

Fonte - Polícia Militar de Pernambuco

Reportagens/ Foto - Fredson Paiva

Nenhum comentário: