ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

quinta-feira, 30 de março de 2017

SEGURANÇA PÚBLICA - ESSE FOI O TEMA EM DESTAQUE NA REUNIÃO DA CÂMARA DE VEREADORES DE ARARIPINA

Após oito homicídios no mês de março e dezenas de assaltos registrados em todos os pontos de Araripina, o tema ‘Segurança Pública’ voltou a ser destaque no Legislativo Municipal. O assunto foi puxado inicialmente pelo vereador Luciano Capitão (PMDB), que em seu discurso na tribuna, lembrou que na época em que era o presidente da Casa, realizou três Audiências Públicas para falar sobre o assunto.

De acordo com Luciano, essas audiências surtiram pouco efeito, mesmo porquê, a população que é quem mais sofre e quem mais cobra, pouco participa do debate. “Ainda por cima, formamos um grupo de vereadores, e em caravana marchamos rumo ao Recife, aonde nos reunimos com o Secretário da SDS da época, o Sr. Alessandro de Carvalho, e até hoje não fomos atendido em nenhuma reivindicação”, reclamou o peemedebista.

Em um aparte concedido por Luciano, o vereador do PRB, Silvano do Moraes, relatou um fato acontecido esta semana em Araripina, em que ele próprio presenciou um assalto. “A situação está tão séria em nossa cidade, que hoje é comum a gente ver as pessoas sendo assaltadas por aí, isso, quando não acontece com nós mesmos. Essa semana cheguei a presenciar um assalto a uma senhora em plena luz do dia. Os bandidos não respeitam mais ninguém”, disse o parlamentar.

Já o vereador Edisávio Rodrigues Coelho (SD), chamou a atenção para a deficiência da iluminação pública, tanto na Sede, como na Zona Rural do município. “ É preciso que a Gestão Municipal tome alguma providência com relação a escuridão que toma de conta das ruas de Araripina e dos distritos, isso só ajuda a aumentar o número de assassaltos em nossa cidade. Já estamos com 90 dias da administração do prefeito Raimundo Pimentel, e até agora nada foi feito para amenizar o problema”, reclamou Edisávio.

O presidente da Casa, Evilásio Mateus (PSL), foi o último a usar a tribuna e também destacou a questão da insegurança em Araripina. Ele lembrou que a administração municipal, devido a burocracia, está de braços atados sem poder fazer muita coisa nesse início de mandato e culpou o estado. “O governo do estado diz que não tem dinheiro para fazer investimentos na área da segurança em Araripina, como por exemplo, a criação de uma Companhia Independente e consequentemente o aumento do efetivo policial em nossa cidade, como nós já pedimos, mas recentemente anunciou a criação de três batalhões no Agreste do estado e Região Metropolitana. Há dez anos atrás, cada distrito de Araripina tinha um destacamento com quatro policiais, hoje não tem nenhum”, lembrou Evilásio.

Na próxima quinta-feira (06), haverá uma manifestação pública em Araripina, em protesto pela falta de segurança. A iniciativa é da CDL, FIEPE e Prefeitura Municipal. Na ocasião, o comércio e o atendimento público não funcionarão.

Fonte - Blog do Roberto Gonçalves

Nenhum comentário: