ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

quarta-feira, 8 de março de 2017

ENTREVISTA - RAIMUNDINHO SARAIVA FALA DA GESTÃO DE EXU E SOBRE DIÁLOGO COM COMPESA

Raimundinho Saraiva é o atual prefeito do município pernambucano de Exu. O gestor participou na terça-feira (7) de uma entrevista no telejornal GRTV 1º Edição. A série pretende dialogar com os gestores dos 23 municípios da área de cobertura da emissora. A ideia é saber os desafios, as propostas e as expectativas para o mandato.

Izabella Freitas: Como foi esse início da gestão? Dá para identificar e fazer um raio x da situação atual de Exu?

Raimundinho Saraiva: Eu como fazia parte da gestão Leo Saraiva acompanhei e fiz a transição, e a gente já estava um pouco ambientalizado com o que a gente ia estar encontrando. São desafios, um momento delicado esta situação financeira que todo município deve estar passando nesse momento, mas por ter tido a oportunidade de fazer uma transição equilibrada e com apoio da gestão anterior, a gente já está dando andamento as nossas ações já.

Izabella Freitas: Em relação a questão do relacionamento com a Compesa, a gente sabe que a companhia só é responsável pelo abastecimento de água em Exu. O saneamento fica por conta da prefeitura. Como está esse acordo entre prefeitura e a Compesa?

Raimundinho Saraiva: Uma conquista do governo anterior foi a ampliação e fazer realmente o saneamento do nosso município na totalidade da parte central do nosso município. Nós temos algumas dificuldades, porque a parte anteriormente é um esgotamento já antigo que dá problema por vezes e a gente tem essa dificuldade, mas creio que agora daqui a dois meses em média vai ter essa finalização da obra do saneamento.

Izabella Freitas: Vai ser repassada para Compesa ou o município continua?

Raimundinho Saraiva: Eu creio que a gente vá fazer uma parceria, a gente está conversando com a Compesa até porque o suporte técnico quem tem é a Compesa. Nós não dispomos de pessoas com a capacidade técnica de gerir essa parte das lagoas que estão construídas e já aguardando esse saneamento, que vai ser finalizado logo em breve. E a gente está conversando para a gente tentar fazer esse convênio.

Veja a entrevista completa clicando AQUI.

Do G1/ Petrolina

Nenhum comentário: