ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PERNAMBUCO

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

SANTA CRUZ DA VENERADA – SÍTIO CACIMBA NOVA - AGRICULTOR MORRE ELETROCUTADO AO LIGAR BOMBA EM AÇUDE

O efetivo da polícia militar de Santa Cruz da venerada foi informado por populares por volta das 12:30 de domingo 19/02, sobre um possível afogamento no Açude na Fazenda Santa Rita, no Sítio Cacimba Nova, zona rural do município.

Os policiais seguiram até aquela localidade e em contato com a esposa da vítima, foram informados que o agricultor José Ailton de Lima, de 44 anos, saiu logo cedo para ligar a bomba de água que fica instalada nas proximidades do açude. 

Como ele estava demorando a retornar, a esposa foi à procura do mesmo para saber se tinha acontecido alguma coisa, e ao chegar ao açude, o encontrou boiando nas águas com fios elétricos enroscado no seu corpo. 

Ela voltou correndo para pedir ajuda, onde amigos e vizinhos desligaram o interruptor da bomba e acionaram o policiamento. A polícia civil foi acionada e após perícia preliminar removeu o corpo ao IML de Petrolina. O caso foi registrada na DPC local como morte a esclarecer.

OUTROS CASOS NA REGIÃO DO ARARIPE

ARARIPINA

Na manhã de ontem, domingo dia 19/02, a esposa da vítima relatou que seu companheiro, identificado por Expedito Vicente de Andrade, de 63 anos, saiu de casa no começo da noite de sábado e por volta das 02:00 da madrugada do domingo, retornou pra casa apresentando perfurações de faca na altura do peito. A mulher socorreu o mesmo para o Hospital Santa Maria, mas devido à gravidade dos ferimentos foi transferido para o Hospital Regional Fernando Bezerra na cidade de Ouricuri, onde foi submetido à cirurgia e segue internado. A mulher também relatou aos policiais que não sabe quem poderia ter sido o autor do crime, mas que o fato aconteceu em um bar na Avenida Antônio de Barros Muniz, no Centro. O caso foi registrado na DPC local como tentativa de homicídio.

Às 09:00 da manhã de sábado dia 18/02, a polícia militar foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica no Povoado da Sipaúba, zona rural do município. Chegando ao local, o acusado identificado por Murilo Pereira, de 28 anos, evadiu-se adentrando no matagal. Dentro da residência onde ele estava foi encontrada uma porção de maconha pesando aproximadamente 88g. A vítima, uma agricultora de 27 anos, informou que o acusado havia lhe agredido com uma vara de madeira e que teria lhe obrigado a ficar dentro da residência e ateou fogo. Ainda efetuou dois disparos de arma de fogo para cima, a fim de intimidá-la. A polícia militar realizou várias diligências, mas ele não foi encontrado. O caso foi registrado na DPC local como incêndio criminoso, violência doméstica e tráfico de drogas.

Por volta das 17:10 de quinta-feira 16/02, a permanência da 2ª Companhia de Polícia Militar de Araripina acionou o efetivo da Patrulha do Bairro, informando que na unidade médica do município havia dado entrada uma pessoa lesionada por instrumento cortante. A vítima identificada por Rafael Pereira da Silva, de 28 anos, solteiro, vigilante, informou aos militares que se encontrava transitando na Avenida Antônio de Barros Muniz, no Centro, quando o agressor, identificado apenas por Fabrício, se aproximou. Houve um bate-boca entre eles, momento em que o acusado sacou uma faca da cintura e lhe aplicou alguns golpes atingindo as costas. Devido à gravidade das lesões a vítima foi removida para o Hospital Regional de Ouricuri. Os militares diligenciaram no intuito de prender o agressor, no entanto não obtiveram sucesso. O caso foi registrado na DPC local como lesão corporal.

Às 21:00 do dia 14/02, populares telefonaram para a 2ª Companhia de Polícia Militar que acionou a ROCAM, denunciando que na Quadra-F do Residencial Nossa Senhora da Conceição, estava ocorrendo uma contenda entre duas pessoas, sendo que um deles, identificado por Davi Douglas Ferreira, de 20 anos, havia efetuado um disparo de arma de fogo. Rapidamente os policiais foram ao local e conseguiram deter um deles identificado por Wagner Ferreira Magalhães, de 24 anos, portando na cintura duas facas tipo peixeira, sendo ele conduzido para a delegacia. Não foi encontrado o primeiro elemento, como também ninguém confirmou o disparo. O caso foi apresentado à DPC para adoção das medidas legais.

Nos primeiros 00:10 da madrugada do dia 06/02, a Patrulha do Bairro da 2ª Companhia de Polícia Militar de Araripina realizou um deslocamento até o Hospital Santa Maria e lá a vítima Josemar de Souza Feitosa, de 30 anos, solteiro, agricultor, relatou que estava bebendo com o acusado identificado por Alex, um conhecido da família, quando começaram uma discussão, e o mesmo desferiu 5 golpes de faca tipo peixeira contra ele, provocando várias lesões no braço esquerdo, em seguida fugiu tomando destino ignorado. A polícia militar realizou várias diligências na tentativa de prender o agressor, mas ele não foi localizado, sendo o caso registrado na DPC local. A vítima recebeu alta após atendimento médico.

Por volta das 18:00 do dia 06/02, a ROCAM de Araripina foi acionada para fazer um deslocamento até o Hospital Santa Maria, onde dera entrada uma pessoa vítima de disparo de arma de fogo. A vítima identificada por Gilsando Bezerra da Silva, de 21 anos, solteiro, agricultor, ao ser indagado sobre o ocorrido, informou que o caso aconteceu no Sítio Pau Ferro, zona rural do município, quando um dos acusados identificado por Nildo, idade ignorada, lhe ofereceu uma espingarda, e que ao visualizá-la, foi surpreendida por um disparo que lhe atingiu a região do pescoço e que em seguida um segundo elemento identificado por Isaías, idade ignorada, pegou a citada arma e lhe agrediu com coronhadas. Após a agressão os autores do crime evadiram-se do local tomando destino ignorado. O caso foi registrado na DPC local como tentativa de homicídio. 

OURICURI

Por volta dos primeiros 00:37 da madrugada de sábado 18/02, a PM foi acionada para atender a uma ocorrência de disparos de arma de fogo na Travessa Maria Coelho angelim, no Centro. No local, a vítima Maria Gileide de Jesus, de 19 anos, relatou que dois elementos não identificados, chegaram em uma moto Honda Pop 100 de cor vermelha e placa não anotada, e efetuaram um disparo de arma de fogo contra a residência da mesma. Ela relatou também que sofre constantes ameaças por parte de um presidiário que cumpre pena no presídio em Petrolina, conhecido como Gustavo, vulgo Macaco Louco, e que suspeita que os responsáveis pelo disparo seriam Chumbinho, residente na Avenida Santa Maria, no Bairro Santa Maria, e Cafifi, residente na Rua das Moças, no Bairro Nossa Senhora de Fátima, os quais estariam agindo em nome do presidiário, com quem teve um caso. A vítima foi encaminhada a DPC para as providências legais e o caso registrado como disparo de arma de fogo e ameaça. 

Às 15:00 do dia 08/02, policiais militares de Ouricuri receberam a informação de que na região rurícola do Sítio Tatu, havia sido encontrada uma ossada humana. De acordo com uma testemunha, esta se encontrava caminhando na caatinga a procura de uma de suas criações, momento em que encontrou os restos mortais de um ser humano. Agentes da polícia civil se fizeram presentes, e depois dos procedimentos de praxe a ossada foi encaminhada ao IML, na cidade de Petrolina.

Por volta das 21:00 do dia 08/02, os componentes da GT 02 do 7º BPM foram acionados pela central de operações, a fim de atender uma ocorrência de violência doméstica no Sítio Baixio, zona rural do município. Chegando ao local dos fatos testemunhas informaram que o acusado, identificado apenas por Ildo, idade ignorada, ficou revoltado quando chegou à sua residência e tomou conhecimento que a sua companheira se encontrava no hospital acompanhando um filho do casal. Ele teria ateado fogo na casa em que vivem, a qual ficou parcialmente destruída, ameaçou de morte a sua amasia, além de matar o seu cão. As testemunhas acrescentaram que ele se utilizou de uma foice para praticar os crimes. Após a prática delitiva o acusado fugiu, tomando destino ignorado. Os militares diligenciaram no intuito de prendê-lo, no entanto não obtiveram sucesso. O caso foi registrado na DPC local.

Às 02:00 da madrugada do dia 06/02, policiais militares de Ouricuri foram solicitados pela Central de Operações para se dirigir ao Hospital Regional de Ouricuri, pois neste havia dado entrada uma vitima de arma branca. No local a vitima, um menor de 17 anos, informou que estava na residência de uma mulher identificada por Rosineide Alves da Silva, idade ignorada, residente na Rua Larga do Bairro Nossa Senhora de Fátima, quando a mesma o chamou para ir até a sua cama. Após a vítima se negar a ir, a mulher desferiu um golpe de faca em suas costas e fugiu logo em seguida tomando destino ignorado. A PM realizou diligências na tentativa de localizar a mulher, mas a mesma não foi localizada. O caso foi registrado na DPC local como lesão corporal.

TRINDADE

Às 19:00 da quinta-feira 16/02, o efetivo de Trindade foi solicitado pelo hospital local para atender uma ocorrência de lesão corporal por arma branca, faca peixeira. No local a polícia ficou sabendo através de uma das vítimas, o agricultor Francisco Airton Rodrigues, de 27 anos, que a outra vítima identificada por Damião Gondim Barros, de 43 anos, vinha em uma estrada do Distrito da Mangueira, zona rural do município, dirigindo um caminhão e encontrou o acusado Antonio Rivanildo da Silva, de 32 anos, em uma carroça fechando a passagem da estrada. Ao pedir passagem o mesmo se recusou e iniciou-se uma discussão que se encerrou no local, mas horas depois o acusado foi até a residência da vitima Damião Gondim, para pedir uma balança emprestada. Quando o Damião saiu da casa, o acusado tentou atingi-lo com uma facada. A segunda vítima, o Francisco Airton, que é seu cunhado, ao ver a situação foi ajudá-lo, e acabou sendo atingido pela arma branca nos dois braços. Após a agressão o acusado fugiu tomando destino ignorado, enquanto a vítima foi levada ao hospital, medicada e liberada. A PM ainda realizou diligências à procura do acusado, mas ele não foi encontrado.

Por volta das 02:00 da madrugada do dia 06/02, a equipe da ROCAM foi acionada pela central de operações, pois na unidade médica do município havia dado entrada uma pessoa vítima de perfuração de arma branca, faca peixeira. Chegando ao hospital a equipe da PM foi informada que devido à gravidade da lesão ela tinha sido removida para o Hospital Regional Fernando Bezerra em Ouricuri, sendo identificada por Leonardo Pereira da silva, de 27 anos. Testemunhas relataram que ele se encontrava numa festa dançante no Clube de João Preto, na Vila Saraiva, momento em que uma pessoa, identificada apenas por Bruno, se aproximou por trás e golpeou o seu pescoço com um instrumento cortante, possivelmente faca peixeira. Foram realizadas diligências no intuito de prender o agressor, no entanto os policiais não obtiveram êxito, sendo o caso registrado como lesão corporal.

EXU

Por volta das 20:30 do dia 14/02, populares telefonaram para o efetivo da 3ª Companhia de Polícia Militar de Exu, informando que na Rua Wilson Moreira Saraiva, no Centro, havia ocorrido uma confusão entre duas pessoas e que ambos haviam sido socorridos para o hospital local apresentando lesões pelo corpo. Testemunhas relataram que o acusado identificado por Francisco Gomes da Silva, de 47 anos, solteiro, agricultor, se encontrava em um bar da citada rua, momento em que a vitima Leandro da Silva, de 32 anos, estava passando e o avistou. Em seguida eles se duelaram com blocos e tijolos. De acordo com a equipe médica, a vitima sofreu traumatismo craniano e devido a extensão do ferimento teve que ser removida para o Hospital Regional Fernando Bezerra em Ouricuri. O acusado Leandro da Silva teve um corte na cabeça, e após ser atendido pela equipe médica foi apresentado à autoridade plantonista na DPC, sendo acusado de Tentativa de Homicídio.

Fonte - Polícia Militar de Pernambuco

Reportagens/ Foto - Fredson Paiva

Nenhum comentário: