ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PERNAMBUCO

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

ARARIPINA – VILA SERRÂNEA-02 – POLÍCIA CIVIL JUNTO COM POLÍCIA MILITAR DE MARCOLÂNDIA CUMPREM MANDADO E PRENDEM HOMEM ACUSADO DE HOMICÍDIO

Os policiais civis Edelson e Júnior, lotados da 24ª DESEC de Araripina, componentes da Equipe Malhas da Lei, com o apoio dos policiais militares de Marcolândia-PI, Sargento De Jesus, Cabo Pessoa e soldado Fernando, após uma longa campana, cumpriram um mandado de prisão na Travessa Leste-02, da Vila Serrânea-02, zona rural de Araripina e divisa com o Piauí, e prenderam um elemento foragido da justiça com mandado de prisão em aberto.

Segundo informou a polícia civil ao Blog do Fredson, os policiais seguiram as determinações da delegada Katianna Muniz, a qual determinava a captura do alvo prioritário, e o mandado de prisão foi baseado no Artigo 121, crime de homicídio, expedido pelo Juiz da Comarca de Araripina, Dr. João Ricardo Gualter, em desfavor do acusado Luiz Francisco Vieira, o Luiz de Chico Elói, natural de Marcolândia-PI, 38 anos, casado, agricultor. Ainda segundo a polícia o acusado tentou fugir ao cerco policial pulando o muro, mas retornou por dentro de sua casa onde foi localizado em baixo da cama. 

Os policiais civis também informaram ao Blog do Fredson, que estiveram atrás do acusado no projeto Maniçoba em Juazeiro-BA, e na localidade de Retiro em Francisco Macedo-PI, só que desta vez ele não escapou. Os policiais informaram também que ele é acusado de matar a pessoa de Marconcelos Claro de Souza, no ano de 2010. Veja matéria do crime clicando AQUI.

Após receber voz de prisão, às 14:00 de domingo 12/02, o acusado foi apresentado ao delegado plantonista, Dr. Moary Drumond, o qual tomou todas as medidas cabíveis, em seguida o mesmo foi recolhido à Cadeia pública de Araripina, onde ficará preso à disposição da justiça.

Fonte/ Foto – Polícia Civil de Pernambuco

Reportagem – Fredson Paiva

Nenhum comentário: