ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

PERNAMBUCO - GOVERNO AUTORIZA R$ 45,7 MILHÕES PARA OBRAS HÍDRICAS

Em passagem por Pernambuco, nesta sexta-feira (9), o presidente Michel Temer (PMDB) assinou, em Surubim, no Agreste, ao lado do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, duas ordens de serviço para obras hídricas. A primeira trata da recuperação e modernização da Barragem Jucazinho, com investimento de R$ 12 milhões na primeira fase. A segunda destina R$ 33,7 milhões para a construção de uma adutora emergencial que interligará o Sistema Siriji aos sistemas integrados Palmeirinha e Jucazinho. 

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), também acompanha o presidente na agenda pelo Estado, assim como três dos quatro ministros pernambucanos: Bruno Araújo (Cidades/PSDB), Fernando Filho (Minas e Energia/PSB), e Mendonça Filho (Educação/DEM).

A obra em Jucazinho, que está incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), será executada em duas etapas. A primeira será executada pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) e deve ser concluída até junho do próximo ano. A pasta ainda prepara o edital da segunda etapa. Ela inclui ações necessárias de modernização do reservatório. O investimento total está previsto para alcançar os R$ 52 milhões.

O reservatório é alimentado pelo Rio Capibaribe e seus afluentes. Em plena operação, tem capacidade de armazenamento de 327 milhões de metros cúbicos de água e atende os municípios de Cumaru, Passira, Riacho das Almas, Santa Cruz do Capibaribe, Salgadinho, Surubim, Casinhas, Santa Maria do Cambucá, Vertente do Lério, Frei Miguelinho, Vertentes e Toritama. 

Após o ato de assinaturas em Surubim, o presidente Michel Temer deixou o local de helicóptero. Ainda em Pernambuco, o peemedebista vistoria a Estação de Bombeamento (EBV -3) e o Reservatório de Salgueiro, localizados em Floresta, no Sertão, no Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Esta é a primeira visita de Temer a Pernambuco desde que assumiu definitivamente a Presidência da República, em agosto deste ano, após o impeachment de Dilma Rousseff (PT). 

Adutora

O longo período de seca pelo qual passa o Estado fez com que se optasse pela reativação do Sistema Palmeirinha, que atualmente abastece Bom Jardim, João Alfredo e Orobó. Com a adutora emergencial, lançada nesta sexta, o Sistema Produtor do Siriji será interligado ao Palmeirinha, possibilitando a transferência de parte da vazão para o Sistema Jucazinho.

A obra abastecerá municípios que hoje recebem água apenas pela Operação Carro-Pipa. A previsão é que ela seja entregue até abril de 2017. A adutora deverá contemplar cerca de 200 mil pessoas. 

Depois de cumprir agenda no Estado, Temer seguirá, ainda na sexta, para a Fortaleza, no Ceará, onde irá assinar um decreto que regulamente a lei nº 13340 que prevê a liquidação e renegociação de dívida de crédito rural. 

>> Leia também:




Da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário: