ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

ARARIPINA – ESTRADA DO DNOCS – MULHER É ENCONTRADA MORTA A PEDRADAS


O corpo de uma mulher morta com requintes de crueldade, foi encontrado por populares por volta das 06:00 da manhã desta quinta-feira 15/12, na estrada do DNOCS, zona rural do município de Araripina.

Conforme informações policiais a mulher identificada por Adriana do Nascimento Mateus, de 21 anos, dona de casa e que residia na Vila Bringel, foi assassinada a pedradas e ficou com parte da cabeça esmagada e o rosto totalmente desfigurado.

A polícia militar que atendeu a ocorrência isolou o local do crime até a chegada da polícia civil, a qual realizou a perícia preliminar e removeu o corpo ao IML de Petrolina. A polícia civil já tem um suspeito, mas não deu detalhes para não atrapalhar as investigações, porém a família da vítima suspeita do ex-companheiro dela que desapareceu após o assassinato e não compareceu ao trabalho.
Adriana do Nascimento deixou três filhos, sendo duas filhas gêmeas, e todas crianças menores de 5 anos. O caso foi registrado na DPC local e também será investigado pelo Departamento de Homicídios da 24ª DESEC.

Esse foi o 3º homicídio do mês de dezembro em Araripina e o 8º também de dezembro na Região do Araripe. Esse também foi o 37º homicídio do ano em Araripina e com esse crime já são 114 pessoas assassinadas na Região do Araripe de janeiro até agora.

OUTRO CASO EM ARARIPINA

Por volta das 17:45 de ontem, quarta-feira 14/12, o mecânico Cícero Félix Ferreira, idade não informada, esfaqueou o agricultor José Claudio Rodrigues da Silva, de 38 anos, fato ocorrido na Rua João Paulo-II, no Bairro da Cohab-II. Segundo a polícia a motivação da investida do acusado na vítima se deu após uma discussão, onde a vítima foi atingida na cintura pelo golpe de faca e socorrido ao Hospital Santa Maria, onde ficou em observação. Após o ato o acusado fugiu tomando destino ignorado e não foi localizado. O caso foi registrado na DPC local como lesão corporal.

OUTROS CASOS NA REGIÃO DO ARARIPE

BODOCÓ

Às 11:30 da manhã da segunda-feira 12/12, policiais militares do GATI tomaram conhecimento através da Central de Operações que uma mulher havia dado entrada no Hospital Regional de Ouricuri lesionada com perfurações de arma de fogo por. De acordo com informações colhidas no hospital e segundo populares que prestaram socorro a vítima, esta identificada por Rizomar Xavier da Silva, de 38 anos, residente no Sítio Lopes-II, na zona rural, mencionava o nome do agricultor Raimundo Ivanildo Alves dos Santos, de 33 anos, no momento em que era socorrida. Ainda segundo a polícia, há 04 meses, a vítima e o suspeito fizeram um negócio com uma motocicleta que não deu certo e foi desfeito. O suspeito foi localizado na casa da sua patroa, que por sua vez informou ao policiamento que Raimundo se encontrava trabalhando em sua residência desde as 06:00 da manhã e se prontificou a confirmar em depoimento caso necessário. Diante dos fatos o suspeito foi apresentado na DPC de Bodocó para que as medidas cabíveis fossem tomadas. 

OURICURI

Por volta das 22:30 do dia 09/12, duas pessoas deram entrada na emergência do Hospital Regional de Ouricuri, vítimas de disparos de arma de fogo, fato ocorrido numa tentativa de assalto no Sítio Boa Esperança, zona rural do município. No hospital, as vítimas, José Bispo da Silva, de 81 anos, casado, agricultor, e um estudante de 15 anos, relataram que estavam casa, quando chegaram dois indivíduos em uma moto, anunciaram o assalto e já foram atirando, sendo que o ancião foi atingido nas nádegas no ombro e mão, e o menor de raspão. Após a investida os bandidos fugiram tomando destino ignorado. As vítimas ficaram em observação no Hospital Regional, mas sem correr risco de morte. O caso foi registrado na DPC local.

GRANITO

Às 10:00 da manhã do dia 10/12, o policiamento de Granito tomou conhecimento pelos familiares da vítima, o agricultor Roque Lindomar Araújo da Silva, de 28 anos, que ao entrar no interior da residência dele, na Avenida Tancredo de Almeida Neves, no Centro, se depararam com o mesmo, com uma corda em volta do pescoço, pendurado na cobertura da residência, sem os sinais vitais. Segundo os familiares, o mesmo já tinha aproximadamente um ano que se encontrava em tratamento por motivo de depressão. A polícia civil foi acionada e após perícia preliminar, removeu o corpo ao IML de Petrolina.

Fonte - Polícia Militar de Pernambuco
 
Reportagens - Fredson Paiva

Fotos - Reprodução Whatsapp

Nenhum comentário: