ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PERNAMBUCO

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

terça-feira, 4 de outubro de 2016

ARARI FM - ALUÍZIO COELHO AGRADECE AOS QUASE 14 MIL VOTOS RECEBIDOS NAS ELEIÇÕES DE PREFEITO

Em entrevista exclusiva ao radialista Martinho Filho da Arari FM na manhã desta terça-feira (04), o ex-candidato a prefeitura de Araripina Aluízio Coelho, agradeceu a todos que participaram da sua campanha e, aos quase 14 mil eleitores que acreditaram nas suas propostas. Aluízio avaliou o resultado das urnas.

“A gente teve uma expressiva votação, ocorreram alguns fatos que pode ter atrapalhado de certa forma o nosso desempenho, nós pagamos uma conta que a gente não devia, mas queria dizer a toda população de Araripina, que a gente fez nosso papel e, estamos felizes por isso. Eu não tive 14 mil votos, eu tive 14 mil amigos e digo que irei honrar todos esses votos”, disse o progressista.

Sobre o nível da campanha, Aluízio afirmou que sentia náuseas quando ouvia certos políticos concedendo entrevistas em emissoras de rádios da cidade.

“Eu quero aqui desabafar, confesso que me causava náuseas quando ouvia algumas entrevistas de alguns políticos fanfarrões. As pessoas de Araripina não merecem conviver com esse tipo de político, com essa política rasteira. Qual o sentido que tem de você sair denegrindo a imagem dos outros, atingindo as famílias ?”, indagou Aluízio.

Segundo o médico, devido a campanha política ter sido levada com ódio e rancor, a gestão do prefeito eleito, também deve ser levada da mesma forma.

“Se a administração for feita com o mesmo nível da campanha, eu não acredito que os problemas de Araripina serão sanados, pelo contrário, eu acredito que vai criar um sentimento de ódio, um sentimento de raiva nas pessoas e, se a gente for levar um processo político, um processo administrativo com esse sentimento, eu tenho certeza que não dará certo, mas vou torcer para que isso não aconteça”, finalizou o médico piauiense.

Fonte - Blog do Roberto Gonçalves

Nenhum comentário: