ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

SQS

SQS

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

terça-feira, 5 de julho de 2016

OURICURI - EM CARAVANA PELA DEMOCRACIA, PRESIDENTE DA CUT-PE DENUNCIA QUE GOVERNO TEMER QUER FUNDIR BNB COM A SUDENE

A Caravana Popular em Defesa da Democracia que irá passar por 12 municípios pernambucanos, de 4 a 13 de julho, denunciando o golpe e convocando a população para defender os direitos dos cidadãos e cidadãs esteve em Ouricuri nesta terça-feira (5). Participando do evento em parceria com a Frente Brasil Popular- PE, o presidente da CUT Pernambuco, Carlos Veras, discursou contra o golpe e seus desdobramentos. Durante sua fala na frente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), ele aproveitou para chamar a atenção dos trabalhadores e das trabalhadoras a respeito da intenção do governo Temer de fundir o BNB a Sudene. Para o sindicalista, a fusão colocaria em risco programas como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e ameaçaria o emprego de muitos trabalhadores.

“Esse momento da caravana é muito importante, principalmente por estarmos ao lado da agência do Banco do Nordeste. A proposta do governo é de fundir o Banco do Brasil com a Caixa Econômica e de fundir o Banco do Nordeste com a Sudene. Com isso, eles querem acabar com o Pronaf e com o Garantia-Safra. Querem acabar com os créditos emergenciais e demitir muitos trabalhadores bancários desses bancos públicos. Querem fazer com que a burguesia e os latifundiários e grandes empresários, inclusive de multinacionais, tomem conta do Estado, reduzindo o papel do Estado Brasileiro. Por isso, temos que continuar firme nessa vigília”, convocou o presidente da CUT Pernambuco.

Comparando o momento atual vivido pela Presidenta Dilma Rousseff com o que aconteceu a Miguel Arraes em 1964, quando o então governador de Pernambuco foi preso por não renunciar como desejavam os militares, Carlos Veras enfatizou o oportunismo do Governo Temer. Destacando os retrocessos nos direitos sociais que os apoiadores do golpe têm sugerido na Câmara dos Deputados, em Brasília, o presidente da CUT PE disse que os deputados querem “rasgar a CLT”.

“Não podemos deixar de fazer essa reflexão sobre quem são os que estão a favor da democracia e os que estão atacando a democracia. Porque esse golpe foi tramado e forjado com dois intuitos. O primeiro foi para livrar os corruptos do processo de investigação por corrupção. E isso ficou claro com as gravações e com a delação de Sérgio Machado. E o segundo é o ataque às conquistas da classe trabalhadora. Não é à toa que eles estão propondo a reforma da previdência, que vão elevar a idade mínima para os trabalhadores e as trabalhadoras se aposentarem. Os deputados estão querendo acabar com o FGTS, com o 13 salário, com as férias, querem rasgar a CLT”, disse Carlos Veras.

Antes de participar do ato em Ouricuri, a CUT PE também marcou presença no início da caravana popular em Petrolina. Na abertura do evento, na Universidade Federal do Vale do São Francisco, foi debatida a necessidade de pautar a reforma do Sistema Político. Posteriormente, foi realizado um ato público de denúncia do golpe. O trabalho em defesa da democracia continuará ao longo desta e da próxima semana. Nesta quarta-feira, é a vez da cidade de Salgueiro receber o evento. Confira abaixo o calendário da caravana:

04/07 – Petrolina
05/07 – Ouricuri
06/07 – Salgueiro
07/07 – Petrolândia
08/07 – Serra Talhada
09/07 – Afogados da Ingazeira
10/07 – Arcoverde
11/07 – Garanhuns e Petrolina (Ato Semiárido contra o Golpe)
12/07 – Surubim e Palmares
13/07 – Caruaru
13/07 – Recife

Fonte - Tempus Comunicação

Foto - Reprodução 
nternet

Nenhum comentário: