ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PERNAMBUCO

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

segunda-feira, 13 de junho de 2016

O QUE É PÚBLICO É DO POVO, A CAIXA É DO POVO - O ARARIPE REALIZA ATO CONTRA O GOLPE


Mais um dia de luta vivenciado no território do Araripe, no dia 10 de Junho (sexta feira), aconteceram manifestações em todo o País em Defesa da democracia e em repúdio ao governo Temer. 

No território do Araripe foi realizado ato em Ouricuri pelos movimentos que compõem a Frente Brasil Popular, como Fórum de mulheres do Araripe, MPA, MST, MTST, CAATINGA, CHAPADA, Sindsep (Sindicato dos Servidores Públicos de Ouricuri), SINTEPE (Sindicatos dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco), SINTRAF (Sindicatos dos Trabalhadores na agricultura familiar), Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Ouricuri, e com a participação de professores e alunos da rede estadual de ensino, agricultores/as da região.

O ato iniciado na Praça Frei Damião com musicas, palavras de ordem, poesia e batucada promovida por jovens de escolas estaduais dirigiu - se a agencia da Caixa Econômica Federal, onde foram feitas várias falas em defesa da democracia, refletindo os direitos adquiridos no governo do Partido dos Trabalhadores- PT, percebendo as dificuldades e retrocessos causados e alguns já anunciados pelo governo interino entre esses se destacaram a extinção do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), o qual operacionalizava programas direcionados a agricultura familiar e camponesa em todo o País, bem como as perdas vividas na educação: O fim do FIES, PROUNI e o anuncio de privatização da educação.

Outro ponto de destaque durante as falas do evento foram as perdas de ministérios que operacionalizavam políticas públicas direcionadas as mulheres, jovens, índios, comunidades remanescentes de quilombos e negros. Para José Miguel militante do Movimento sem teto, estamos vivenciando um momento muito tenso onde se perde diversos direitos adquiridos durante os governos do Partido dos Trabalhadores-PT, o mesmo diz “Antes negros só tinha direito a chibatadas no Brasil, hoje os negros e pobres estão nas universidades, mas estamos prestes a perder todos esses direitos e voltar para o tronco” Destaca o militante.
Após falas emocionadas de diversas lideranças presentes, os manifestantes adentraram a agencia da Caixa com muita música, batucada, danças, poesias e palavras de ordem. Dentro da agencia houve falas em repudio a postura “Entreguista” do governo golpista, Temer, que anunciou a privatização de órgãos públicos como a caixa, lembrando a importância da mesma na execução de programas sociais.

O ato foi encerrado com tom de animação e chamamento para continuar a luta em defesa da democracia e dos direitos da população pobre do País.

A Frente Brasil Popular, organizadora do evento anunciou que continuará em luta, e já tem uma agenda com os próximos eventos destacando a caravana da democracia que percorrerá os estados e estará em Ouricuri dia 29 de Junho.

Vani Souza- MPA

Nenhum comentário: