ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

sexta-feira, 13 de maio de 2016

EDUCAÇÃO - MENDONÇA AFIRMA QUE MANTERÁ PROGRAMAS COMO O FIES E PROUNI

Líder de oposição na Câmara, durante o processo de construção do impeachment, da presidente Dilma Rousseff (PT), o deputado federal Mendonça Filho (DEM) assumiu nesta quinta-feira o Ministério da Educação e Cultura. "O desafio é trabalhar em dois anos o equivalente a quatro anos", disse ressaltando que pasta é uma espécie de dois em um, uma vez que toda a estrutura de Cultura, que tinha status de ministério, foi integrada à Educação. Logo após à posse foi direto para o gabinete e nesta sexta-feira se apresenta formalmente à equipe, promovendo as primeiras mudanças. 

Mendonça não quis falar sobre ajustes orçamentários em programas vitrines do PT como Prouni, nem quais serão as prioridades neste primeiro momento. Fez questão de ressaltar porém, que recebeu orientação para que todos os programas fossem mantidos. "Terei o compromisso de preservação de todas as políticas públicas de impacto social na área de educação e cultura como o Pronatec, o Fies e o Prouni. Nos próximos dias vou ver os projetos e a partir daí ter uma visão geral sobre e vamos ter oportunidade de apresentar o andamento ao longo desses cinco meses", completou. 

Ele pontuou, ainda, que uma das preocupações será promover o diálogo entre as duas áreas - educação e cultura - antes separadas e trazer para o diálogo gestores municipais e estaduais, bem como os professores. "Nenhuma nação do mundo pode prosperar se não tiver a educação e a cultura como algo importante. Vamos mobilizar todos e ter trabalho, diálogo e parceria". A pasta de Cultura era almejada pelo presidente do PPS, Roberto Freire. Com a reorganização, haverá um secretário executivo destinado à ações antes ligadas ao antigo ministério. O nome de Freire, porém, saiu de cena porque, caso quisesse o cargo, teria que renunciar ao mandato de deputado federal. 

Natural de Belo Jardim, Mendonça Filho foi governador de Pernambuco (2005 a 2006), quando substituiu Jarbas Vasconcelos no Palácio do Campo das Princesas. Candidatou-se à prefeitura do Recife por duas vezes, sendo a primeira em 2008, quando ficou em segundo lugar, e a segunda em 2014, ficando em quarto lugar. Como deputado federal foi autor da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reeleição para cargos executivos.

Do Diário de Pernambuco

Nenhum comentário: