ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

SQS

SQS

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

terça-feira, 24 de maio de 2016

ATUALIZAÇÃO - PERNAMBUCO TEM 359 CASOS DE MICROCEFALIA CONFIRMADOS

Pernambuco já tem 359 casos de microcefalia confirmados até 21 de maio deste ano. O número foi divulgado nesta terça-feira pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Ainda de acordo com o boletim divulgado hoje, 42% dos 1.968 casos notificados atendem aos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) para microcefalia.

O documento também revela que 33 casos de bebês natimortos e 28 que vieram a óbito logo após o nascimento foram registrados, mas afirma que nenhum dos casos teve microcefalia como causa básica da morte. 

Desde que a notificação de casos foi tornada obrigatória, de dois de dezembro de 2015 a 21 de maio de 2016, foram notificados 4.244 casos de gestantes com exantemas. Dentre elas, 25 possuem detecção de microcefalia intra útero. A SES esclarece que a notificação das mulheres com exantema não significa, necessariamente, que elas são casos suspeitos de dengue, chikungunya ou zika, já que outros fatores podem ocasionar manchas vermelhas, como rubéola, intoxicação, alergia e outras viroses. O exantema também não é indicativo que a mulher terá um bebê com microcefalia. 

Entre os dias 3 de janeiro e 21 de maio, foram notificados 75.997 casos de dengue (15.768 confirmados e 18.023 descartados), distribuídos nos 184 municípios e no distrito de Fernando de Noronha. No mesmo período, houve 30.684 notioficações para chikungunya em 178 municípios e no distrito de Fernando de Noronha. Desses, 6.342 foram confirmados e 8.093 descartados. Também neste intervalo de tempo foram notificados 9.852 casos suspeitos em 146 municípios e no distrito de Fernando Federal. Desses, 23 foram confirmados e 171 descartados.

Até agora 226 óbitos suspeitos pelas arboviroses foram notificados. Desse total, 22 tiveram resultado laboratorial com a presença de chikungunya. Há ainda seus óbitos com resultado laboratorial positivo para dengue e uma morte descartada para as arboviroses. Em 2015, no mesmo período, foram 38 óbitos suspeitos de dengue e 14 com resultado laboratorial positivo para dengue.

Até o momento, em Pernambuco, o Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães/Fiocruz e o Instituto Evandro Chagas já confirmaram 154 casos de microcefalia relacionados ao vírus zika por detecção laboratorial. Outros 94 casos deram negativos e 03 inconclusivos, totalizando 251 testes realizados.

Fonte - Diário de Pernambuco

Nenhum comentário: