ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PERNAMBUCO

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

terça-feira, 5 de abril de 2016

ARARIPINA – VILA SERRÂNEA-II – DONA DE CASA E AGREDIDA A FACA PELO COMPANHEIRO

A Patrulha do Bairro da Polícia Militar foi solicitada pelo Hospital Santa Maria por volta das 18:30 de ontem, segunda-feira 04/03, onde a informação dava conta que uma mulher de 23 anos havia dado entrada com lesões no braço direito causado por arma branca, faca peixeira.

No loca, ao ser indagada pela PM a vítima confessou que estava com seu companheiro e o mesmo a trancou dentro de casa, na Travessa Leste da Vila Serrânea-II, zona rural do município, e começou a agredi-la sem motivos aparente. 

Segundo a polícia a vítima conseguiu fugir do local e foi socorrida por populares, logo em seguida o companheiro dela identificado por José Fernandes de Souza Silva, de 26 anos, fugiu tomando destino ignorado.

A polícia militar realizou várias diligências como intuito de encontrar o agressor, mas ele não foi localizado. A vítima foi orientada a registrar um Boletim de Ocorrência na DPC local.

OUTROS CASOS EM ARARIPINA

Às 17:00 de ontem, segunda-feira 04/04, a vítima, uma agricultora de 46 anos, compareceu na sede da 2ª CPM, informando que foi agredida pelo seu ex-companheiro no Sítio Morada Nova, zona rural do município. Ainda segundo a vítima, o seu companheiro identificado por Juarez Delmondes de Souza, idade ignorada, havia lhe agredido fisicamente e a ameaçado de morte. A vítima informou que o motivo das agressões seria pelo fato da inconformidade do término do relacionamento. Ela disse estar sendo ameaçada constantemente pelo acusado. O policiamento realizou diligências em busca do agressor, mas não conseguiu localizá-lo, sendo o caso registrado na DPC como violência doméstica e ameaça.

Às 19:40 do dia 24/03, o policiamento foi solicitado pela vítima, uma mulher de 24 anos, residente na Rua Santa Luzia, Bairro Zé Martins, narrando que seu companheiro identificado por Marcos Damião Dias de Andrade, de 35 anos, vendedor, teria lhe espancado e ameaçado de morte, tendo quebrado vários utensílios domésticos da residência. O efetivo ao chegar ao local, constatou os objetos avariados e realizaram diligências em busca do acusado, mas ele não foi localizado. A vítima foi orientada a prestar queixa na DPC local.

OUTROS CASOS NA REGIÃO DO ARARIPE

EXU

Por volta das 20:20 de sábado 02/04, a vítima solicitou a polícia informando que havia sido agredida por seu companheiro, identificado por Juciê Paulino da Silva, de 42 anos, servente, residente na Rua Vicente Ulisses de Carvalho, Vila Nossa Senhora Aparecida. Após diligências a guarnição localizou o servente no Sítio União, zona rural do município. Ele foi conduzido à DPC de plantão em Ouricuri e autuado por violência doméstica.

Por volta das 21:50 do dia 24/03, policiais militares realizavam rondas pela cidade quando foi solicitados para comparecer à Rua João Geraldo, no Bairro Asa Branca, onde a vítima, um aposentado de 75 anos, informou ter sido agredido pelo seu filho, o metalúrgico Flávio Alves dos Santos, de 28 anos. Ainda segundo a polícia a vítima foi conduzida para o hospital local sofrendo uma crise epiléptica. Diligências foram feitas no Bairro Asa Branca e nas localidades vizinhas com o intuito de encontrar o acusado, obtendo-se êxito. Ele foi conduzido a DPC de plantão e Ouricuri e autuado em flagrante por violência doméstica e agressão.

Por voltadas 16:30 do dia 25/03, a PM foi solicitada para averiguar uma ocorrência de ameaça no Sítio Ingá, zona rural do município. No local foi constatada a veracidade do fato em que a acusada Maria de Lourdes Bezerra Silva, de 28 anos, estava de posse de uma foice ameaçando a vítima verbalmente, uma agricultora de 29 anos. As partes foram conduzidas para a DPC de plantão em Ouricuri para que as medidas cabíveis fossem tomadas.

BODOCÓ

Às 08:00 da manhã de domingo 03/04, a polícia militar foi solicitada para fazer um deslocamento até a Rua Projetada, na Cohab-I, onde a vítima informou que estava trabalhando na festividade local e ao chegar em casa o seu companheiro identificado por Tarcizio Peixoto Tenório, de 22 anos, autônomo, quebrou o seu celular e a agrediu fisicamente com um soco no rosto. Todos os envolvidos foram encaminhados a DPC local para serem tomadas as providencias cabíveis e ele autuado por violência doméstica.

Às 11:55 da manhã do dia 31/03, a polícia militar foi solicitado através de uma ligação telefônica para comparecer à Rua Maria dos Santos Coelho, na Cohab-II, onde a informação dava conta que um indivíduo estava ameaçando a vitima, uma agricultora, com uma faca peixeira. O policiamento ao chegar e abordou o suspeito identificado por Gilberto Florêncio de Souza, de 63 anos, e encontrou com o mesmo uma faca. As partes foram conduzidas à DPC local para medidas legais cabíveis.

Às 02:10 da madrugada do dia 24/03, a polícia militar tomou conhecimento pela vítima, uma agricultora de 31 anos, relatando que o seu namorado, com visível sintomas de embriaguez teria lhe agredido com socos na altura da cabeça e tapas no rosto, com palavras de baixo calão e ameaça de morte, fato ocorrido na Avenida Castelo Branco, no Centro. Durante diligências o mesmo foi localizado, detido e encaminhado a DPC local, sendo autuado por ameaça, lesão corporal e violência doméstica.

Por volta das 03:00 da madrugada do dia 25/03, um caso de violência doméstica foi registrado no Distrito de Feitoria, zona rural do município, tendo como vítima uma agricultora de 33 anos. No local a vítima relatou que seu companheiro, identificado por Francisco Cândido do Nascimento, de 47 anos, por motivos de ciúmes, passou a agredir a companheira das 03:00 da madrugada e que só pela manha ela conseguiu pedir ajuda. As partes foram conduzidas a DPC de plantão em Ouricuri para que os procedimentos cabíveis fossem tomados. 

IPUBÍ

Por volta das 07:00 da manhã de ontem, segunda-feira 04/04, a PM recebeu uma denúncia por telefone, informando uma ocorrência de violência doméstica na Rua do Quartel, Distrito de Serrolândia, zona rural do município. No local foi constatada a veracidade do fato, onde a vítima encontrava-se com sinais de agressão física oriundas de uma briga com seu esposo, o agricultor Renildo Vicente Ribeiro, de 35 anos. Após as agressões o acusado fugiu do local. O policiamento realizou diligências em busca dele, mas o mesmo não foi encontrado. A vítima foi conduzida ao hospital local para atendimento, sendo posteriormente encaminhada à delegacia de Ipubí para serem tomadas as medidas cabíveis mediante a formalização de sua queixa. 

OURICURI

Às 13:00 de domingo 03/04, a PM foi solicitada Central de Rádio do 7ºBPM informando uma ocorrência de violência doméstica no Sítio Encruzilhada, zona rural do município. Ao chegarem ao local informado os policiais constataram a veracidade da informação. A vítima foi agredida e ameaçada na sua residência pelo seu filho, o agricultor Isaac da Silva Araújo, de 19 anos, o qual fugiu do local após as agressões. O policiamento realizou diligências em busca do acusado, sendo ele localizado no Bar de Raimundo, no mesmo sítio. Ele foi encaminhado para a DPC local e autuado por violência doméstica e lesão corporal.

Por volta de 01:00 da madrugada do dia 26/03, ao efetuar rondas e abordagens pelo Bairro Nossa Senhora do Carmo, mais precisamente na Rua Padre Cícero, os policiais se depararam com a vítima, uma menor de 16 anos caída ao chão e um homem agredindo a mesma. A vítima ao visualizar a polícia gritou pedindo ajuda e de pronto o policiamento atendeu prendendo o agressor Gerson Reis Alves Barbosa, de 25 anos, solteiro, operador de máquinas. As partes foram conduzidas para a DPC local para que as medidas cabíveis fossem tomadas e ele autuado por agressão física e violência doméstica, pois a vítima sofreu um corte nos lábios.

Por volta das 14:30 do dia 30/03, um caso de violência doméstica foi registrado na Rua Alves de Alencar, no Bairro Capela de São Braz. Segundo a polícia a vítima, uma dona de casa de 43 anos, havia sido agredida fisicamente pelo seu companheiro, o pedreiro Braz de Melo Alencar, de 35 anos, com socos e tapas, estando ela com um hematoma visível no rosto. Após ser dada voz de prisão, o indivíduo com sinais de embriagues resistiu à prisão, sendo necessário o uso da força para contê-lo e conduzir à DPC local, onde ele foi autuado em flagrante por violência doméstica.

TRINDADE

Por volta das 06:00 da manhã de sexta-feira 01/04, a Patrulha do Bairro da Polícia Militar tomou conhecimento pela vítima relatando que seu companheiro, o ambulante Davi da Silva Barros, de 22 anos, teria lhe agredido a socos e pontapés por motivo fútil, fato ocorrido na Rua São Pedro, na Vila São Pedro. Ainda segundo a polícia o acusado queria que a vítima lhe desse dinheiro e após a agressão fugiu tomando destino ignorado. A guarnição efetuou diligências, porém o mesmo não foi localizado. A vítima foi orientada a prestar queixa na DPC local.

Por volta das 20:50 do dia 24/03, a PM foi solicitado para averiguar um ocorrência de agressão na Rua Tarcílio Leocardio da Silva, no Bairro São Geraldo. No local a polícia tomou conhecimento que na residência do plaqueiro Francisco Pereira, de 25 anos, estavam algumas pessoas bebendo, inclusive a vítima que é sua tia, uma mulher de 42 anos. Em determinado momento a vítima e o acusado começaram a discutir e entraram em vias de fato. O plaqueiro relatou que a sua tia estava com um punhal e o atacou, este por sua vez revidou jogando um pedaço de madeira na cabeça da vítima. A mulher foi socorrida ao hospital local com um corte na cabeça e o acusado tinha uma lesão no abdômen e algumas escoriações na cabeça. Ele foi conduzido para a DPC de plantão em Ouricuri para que as medidas cabíveis fossem tomadas, não sendo localizado o punhal utilizado pela mulher.

Fonte - Polícia Militar de Pernambuco

Reportagens/ Fotos - Fredson Paiva

Nenhum comentário: