ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

SQS

SQS

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

HMSM ARARIPINA – ANCIÃO ESQUECIDO PELA FAMÍLIA HÁ 20 DIAS FALECEU NA NOITE DE ONTEM

 
Há pelo menos 20 dias atrás um senhor de 71 anos, identificado por Antonio Pereira Neto, foi deixando não se sabe por quem na porta do Hospital e Maternidade Santa Maria. Outras informações dão conta que ele chegou só, mas o hospital o acolheu e internou em um dos leitos, pois estava fraco e desnutrido. Ele dizia ser do Sítio Cavaco, zona rural de Araripina e ao mesmo tempo dizia que morou em Ouricuri.

Ainda lúcido ele falou que seus pais chamavam-se Paulo Pereira de Lucena e Rosa Otília de Jesus. O ancião foi tratado, alimentado, medicado, mas durante esses 20 dias não apareceu nenhum parente e o mesmo começou a ficar nervoso, inquieto, arrancando o soro, tirando as roupas, e segundo o médico Divannágoras Holanda, o mesmo apresentava um quadro de agitação psicomotora e não queria mais se alimentar, gerando uma grande preocupação por parte dos funcionários.
Ontem pela manhã, quarta-feira 03/01, a nossa reportagem foi acionada e no hospital compareceu para colher mais detalhes sobre o ancião e através da Rádio Arari FM, tentar localizar algum parente do mesmo. A assistente social, Irmã Fátima Alencar, relatou que o Hospital Santa Maria Juntamente com o CREAS e o Conselho do Idoso, estavam tentando um abrigo para o ancião e o caso já havia sido comunicado através de ofício para a Promotoria de Justiça, no intuito de conseguir um abrigo para o senhor Antonio Pereira.

Ontem à tarde, durante o programa Rota 903 na Ronda Policial, na Rádio Arari FM, o caso foi tornado público através do repórter Fredson Paiva, o qual fez um apelo para a família do idoso comparecer ao hospital e no começo da noite dois primos do mesmo foram lá para pega-lo, mas momentos depois o ancião faleceu em um dos leitos daquele hospital e o corpo foi levado pelos parentes.
Casos como este estão virando freqüência no Hospital Santa Maria, onde muitas vezes o paciente chega acometido de algum problema, é internado, tratado, medicado e ao receber alta a família não vai buscar, sendo preciso o hospital recorrer aos meios de comunicação para pedir a família que venha buscar o paciente.

Nos próximos dias a Irmã Fátima Alencar irá conceder uma entrevista ao repórter Fredson Paiva, na Arari FM, para falar desses e de outros casos de abandono por parte da família de pacientes no Hospital Santa Maria, uma vez que o hospital está sobrecarregado de pacientes, muitos deles com sintomas da dengue.
Reportagem/ Fotos – Fredson Paiva

Nenhum comentário: