ARARIPINA

ARARIPINA

GOVERNO PE

FLOCÃO NOVO MILHO

ALIANÇA

SQS

SQS

BANNER DAVID

BANNER DAVID

HMSM 50 ANOS

HMSM 50 ANOS

O BLOG NO FACEBOOK

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

ITAMARACÁ - ESTADO AINDA CONTABILIZA NÚMERO DE PRESOS EM FUGA DE PENITENCIÁRIA

Nos últimos seis meses, a Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, no litoral norte do estado, registrou três fugas de presos. Nos episódios de novembro do ano passado e da noite da quarta-feira (20), um fato em comum, o uso de explosivos, levanta a suspeita de que possa existir facilitação de funcionários da unidade. 

Na manhã seguinte à fuga em massa de 20 detentos, de acordo com informação extraoficial, o buraco havia sido refeito por tijolos e no entorno da Barreto Campelo o clima era de tranquilidade. 

Na busca por fugitivos, a Polícia Militar que monitora o acesso e os rios da Ilha de Itamaracá recapturou dois reeducandos e quatro homens suspeitos de participarem da operação de resgate, que foram presos.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, reconheceu a fragilidade da unidade que hoje possui um número cinco vezes maior de presos do que a capacidade e anunciou medidas urgentes. “Nós vamos fazer uma muralha e no entorno de toda a muralha existente, nós vamos fazer um reforço em concreto armado, que vem da base e sobe dois metros em concreto armado. O concreto tem 15 de espessura na parte de cima”, disse o secretário, afirmando que o governador autorizou a relação do processo licitatório. 

Para melhorar a posição de quarta maior população de encarcerados, com 31.200 homens, o estado corre contra o tempo para lançar edital para construção de um presídio com 2.400 vagas e Araçoiaba e extinguir um contrato de parceria público privada de construção de uma unidade em Itaquitinga, com 60 % de obras finalizadas e com capacidade para 3600 reeducandos.
Foto: Divulgação

Sobre a segurança nos muros e arredores da Barreto Campelo, o secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, defendeu o policiamento e confessou preciso tirar policiais da rua é preciso ser feito.
Polícia faz a seguranças dos acessos à ilha
Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal

Com uma ação na justiça desde 2004, pedindo a saída das três unidades prisionais instaladas na Ilha de Itamaracá, o advogado do município, Ricardo Cabral previa essa situação. “Em novembro o Tribunal de Justiça julgou essa apelação que foi feita pelo estado e disse que Itamaracá tem razão, porém o estado não tem onde botar os presos de Itamaracá. Porém, estamos anunciando, que terá um fuga em massa”, denunciou.

Fonte - RádioJornal

Nenhum comentário: