ARARIPINA

ARARIPINA

CÂMARA MUNICIPAL DE ARARIPINA

VAQUEJADA 2014 ARARIPINA

VAQUEJADA 2014 ARARIPINA

terça-feira, 13 de novembro de 2012

ENCONTRO - MANDATO DA COORDENAÇÃO DA ASA PERNAMBUCO É RENOVADO

A Articulação no Semiárido pernambucano (ASA-PE) é um fórum composto por mais de 250 entidades da sociedade civil de Pernambuco, entre elas, organizações não governamentais (ONGs), sindicatos, pastorais, igrejas, associações e cooperativas.

Uma rede que se articula na perspectiva de elaborar, executar e monitorar as políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar de base agroecológica no estado, a partir da adoção de estratégias e proposições de convivência com o Semiárido pernambucano.

Atualmente a coordenação estadual da ASA-PE é formada por 17 instituições, sendo que duas dessas organizações integram a coordenação executiva da ASA Brasil. Há quase dois anos, essa representação é constituída pela Diocese de Pesqueira, através de Neilda Pereira, e pelo Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor), através de Manoel Barbosa. Na última quinta-feira (08/11), foi realizada a reunião mensal da coordenação estadual na cidade de Serra Talhada, Sertão do Pajeú.

Na oportunidade, os representantes das organizações que compõem a coordenação estadual puderam discutir sobre os processos políticos e operacionais da ASA-PE, a partir dos programas, dos projetos e da estrutura interna da rede.

Com o objetivo de deliberar e direcionar os próximos passos da articulação estadual, uma das questões debatidas na reunião foi o mandato da coordenação executiva. Na ocasião, as organizações colocaram os avanços e as fragilidades da articulação, e legitimaram a Diocese de Pesqueira e o Cecor por um período de dois anos.

“A coordenação estadual da ASA-PE conseguiu fazer uma reflexão sobre as questões políticas da rede, em um momento em que reafirmamos a importância da continuidade da coordenação executiva. Estamos numa fase de ampliação das parcerias, e a atual gestão tem contribuído para fortalecer o debate com as famílias e com os governos”, avalia o coordenador geral do Núcleo de Educadores Populares do Sertão (Neps), Manoel Ireno.

Mariana Landim/ASCOM ASA-PE/Blog do Fredson/Portal Araripina

Nenhum comentário: